FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
ARTIGO

Filmes direto em DVD. Por quê?

Categoria: Geral
Por Demetrius Caesar
Má vontade das distribuidoras, tamanho reduzido do mercado, incompetência gerencial ou o quê?

São vários os motivos.
 
Um deles é que o mercado de cinema no Brasil é pequeno. Nos Estados Unidos existem mais de 50 mil cinemas, enquanto no Brasil pouco mais de 1,5 mil. Mesmo se comparado a outros países, como Argentina, México, Espanha, a média de cinemas no Brasil é muito baixa. E o que é pior: está concentrada nas grandes cidades, capitais e shoppings (que cobram mais caro, restringindo o acesso da população com menos poder aquisitivo, a maioria no Brasil).
 
Assim, quando um "Homem-Aranha 3" estréia nos Estados Unidos em 4,2 mil cinemas, ocupa uma pequena parte do circuito. Já no Brasil o mesmo filme estreou em 630 cinemas, o que significa aproximadamente a metade do circuito. Para uma estréia desse tamanho, vários filmes que estavam em cartaz tiveram que sair e muitos que estavam na fila para entrar não entrarão mais.
 
Além disso, as distribuidoras compram muito mais filmes do que têm capacidade de lançar, com medo de que o produto caia na mão dos concorrentes. Daí se vai acumulando filmes e a única saída para não perder dinheiro é lançar em DVD diretamente. Alguns acordos também obrigam a isso, por exemplo, para ter direito ao novo "Harry Potter", a distribuidora é obrigada a comprar mais uns cinco filmes menores. Sem espaço para lançá-los na tela grande, a mesma distribuidora joga tudo nas videolocadoras.
 
E, por fim, o principal dos motivos: o mercado de DVD é, hoje, em qualquer lugar do mundo, maior do que o de cinema. Hoje as empresas de cinema ganham mais dinheiro com o DVD do que com a exibição em salas (o melhor exemplo é o primeiro "Homem-Aranha", que fez extraordinários US$ 403 milhões de bilheteria nos Estados Unidos e mais de US$ 1 bilhão em vendas do DVD, mais do dobro). Ou seja, é preciso mais filmes serem lançados em DVD do que nos cinemas. Assim as distribuidoras escolhem os que têm maior potencial para a tela grande e deixam os considerados de "interesse restrito" para o DVD (quem escolhe é o departamento de marketing e os critérios nem sempre levam em consideração o gosto do público).
 
Se um filme for mal de bilheteria no país de origem, é possível que saia no Brasil só em DVD. Se a taxa de exibição cobrada for muito alta (geralmente acontece com filmes premiados), também só sai em DVD, que tem uma taxa bem menor (por isso vários filmes famosos não chegam aos cinemas brasileiros, como alguns filmes do Woody Allen).
 
Enfim, poderia continuar a escrever páginas aqui, mas eu acho que já deu para entender. É uma mistura de má vontade das distribuidoras, tamanho reduzido do mercado, incompetência gerencial (algumas vezes), birra pessoal do dono (menos) e falta de visão (mais).

Por Demetrius Caesar, em 10/05/2007
Comente no Cineplayers (1)
Por Seu Madruga, em 01/10/2014 | 19:22:04 h
Me lembro da época que este texto foi escrito. 2007 era o auge dos DVDs, que logo seriam impiedosamente engolidos pela praticidade dos hoje famosos torrents. Locadoras estão falindo; o Blu-Ray não emplacou. Assistir filmes através de discos é um ato que encontra-se em rápido processo de sepultamento.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#69 Indicados ao Oscar 2019
#68 Creed II
#67 Vidro
#66 Homem-Aranha no Aranhaverso
#65 WiFi Ralph e O Retorno de Mary Poppins
#64 Melhores Filmes de 2018
#63 Duro de Matar
#62 Roma
#61 O Senhor dos Anéis
#60 Scarface
#59 Infiltrado na Klan
#58 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
#57 O Legado de Stan Lee
#56 O Roteiro de Cinema
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE
Apoiadores
Promobit: O site para encontrar aquela promoção imperdível