FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
COMENTÁRIO

12 Homens e uma Sentença

(12 Angry Men, 1957)
Por Pedro Degobbi Avaliação:                     10.0
Este comentário é recomendado pela equipe Cineplayers.

Sidney Lumet já estreia de forma magnífica no cinema. 12 Homens e Uma Sentença (1957) é um trabalho aparentemente simples: rodado em apenas um cenário com poucos personagens e sem um roteiro que apresenta muitas reviravoltas. No entanto, ao longo da história, o suposto "simples roteiro" torna-se algo grandioso e brilhante, superando todas as expectativas.

O filme se apresenta com a seguinte proposta: um jovem porto-riquenho é acusado de ter assassinado seu próprio pai e 12 homens serão responsáveis pelo destino do réu. Caso haja qualquer mínima dúvida sobre o crime, o rapaz deverá ser julgado como inocente. Os jurados devem se reunir e chegar em uma decisão unanime. Assim, de uma forma nada complexa, inicia-se uma das maiores obras que o cinema já apreciou.

Deixando o preconceito falar mais alto, 11 dos 12 jurados declaram o jovem como culpado. Apenas o Jurado Nº 8, interpretado por Henry Fonda, vota na inocência do menino. Votar na inocência não significa ter certeza de que o crime não foi cometido por ele, significa que há uma dúvida, e, se há uma dúvida, não se pode julgá-lo culpado. Não querendo que a vida do garoto seja jogada sem ao menos um debate, o Jurado 8 propõe uma discussão para analisar os fatos.

Em poucos minutos de filme já podemos perceber características de cada um dos personagens. Há quem seja agressivo; tranquilo; ignorante; racional; confuso e há quem esteja lá com uma má vontade que não dá a mínima para o destino do porto-riquenho, só se importa em sair daquele local o quanto antes.

Gradativamente argumentos são expostos e geram uma dúvida sobre o assassinato. A determinação de Davis - Jurado 8 - é surpreendente. Sua preocupação em examinar os detalhes com cautela é uma atitude digna, afinal, é a vida de um pobre rapaz que está em jogo.

Abandonar estereótipos e julgar imparcialmente não é uma tarefa fácil. Associar um jovem porto-riquenho como alguém violento é bem comum, ainda mais se este vier de um bairro pobre. Mesmo assim, sendo totalmente neutro à situação, o Jurado 8 tenta reunir provas de que esta generalização é imprópria.

Com um conjunto de argumentos excepcionais, fica difícil acreditar que o crime tenha sido cometido pelo garoto. Argumentos estes que não foram criados somente pelo N 8, e sim por outros jurados que também concordaram que havia algo de errado naquela história. Um por um vai percebendo que nem tudo se encaixa e logo são obrigados a deixarem o preconceito de lado (por mais difícil que seja).

12 Homens e Uma Sentença é um filme que reúne uma sequência de diálogos marcantes, argumentos convincentes (como por exemplo a cena de Fonda fazendo a reconstituição dos passos de um velhinho que depôs contra o jovem), atuações incríveis e uma direção formidável.

Por esses e outros motivos, 12 Homens e Uma Sentença pode - e deve - ser facilmente classificado como uma das maiores obras de todos os tempos, além de servir como uma aula de relações humanas.

Como é impossível selecionar apenas uma frase durante os debates - visto que todas são de extrema importância -, decidi incluir as últimas falas do filme, onde os nomes de dois grandes heróis são revelados:

"Hey, what's your name?"
"Davis"
"My name's McCardle... Well, so long"
"So long"

Por Pedro Degobbi, em 30/11/2014 Avaliação:                     10.0
Notas - Equipe
• Alexandre Koball 10.0
• Daniel Dalpizzolo 8.0
• Rodrigo Cunha 10.0
• Régis Trigo 10.0
• Silvio Pilau 9.5
• Vlademir Lazo 8.5
• Heitor Romero 9.0
• Marcelo Leme 9.5
• Bernardo D.I. Brum 10.0
• Victor Ramos 9.5
• Léo Félix 9.0
• Francisco Bandeira 10.0
•  Média (Top Editores #6) 9.4
Notas - Usuários
9.0/10 (1124 votos)
Top Usuários #3
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (2)
Por Pedro Degobbi, em 13/12/2014 | 14:02:00 h
Agradeço o elogio! Acompanho seus textos, todos estão ótimos. Meus parabéns. Quanto ao filme, concordo em ser um dos melhores da história e o melhor de Lumet.
Por Lucas Souza, em 13/12/2014 | 11:11:17 h
O melhor filme do Lumet, um dos melhores da história! Belo texto meu caro!
Comente no Facebook
Cineplayers não se responsabiliza pelo conteúdo deste comentário. Ajude-nos a manter a integridade do conteúdo. Se você tiver provas de cópia ou plágio do texto, entre em contato conosco, denunciando (passe o link do material original).
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
• #002 De Volta Para o Futuro
• #001 Os Goonies
• #000 O Piloto
 LEIA TAMBÉM

 FICHA DO FILME

 12 Homens e uma Sentença
(12 Angry Men, 1957)
 MAIS COMENTÁRIOS
• Comentários deste filme
« anterior » todos (23) « próximo »
• Outros comentários
• Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017), por Pedro H. S. Lubschinski
• Voyage of Time (2016), por Mateus da Silva Frota
• Mãe! (2017), por Danilo Calazans
• À Procura da Felicidade (2006), por Armelindo Baião Fernando
• Aquário (2009), por Cleber Eldridge
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE