FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
COMENTÁRIO

Dude - A Vida é Assim

(Dude, 2018)
Por Victor Mendonça Avaliação:             6.0
Este comentário é recomendado pela equipe Cineplayers.

A chegada da maioridade, bem como o amadurecimento dos jovens que estão passando pela fase de saída da adolescência, é tema recorrente no cinema. O aumento de produções com essa temática ocorreu por volta dos anos 80 e 90, décadas que nos apresentaram a filmes como As Patricinhas de Bervely Hills (Clueless, 1995). São obras que podem até parecer datadas para as plateias de hoje, mas que, além de ainda terem seu valor técnico e artístico preservado, tornaram-se clássicos por representarem um registro dos sentimentos e anseios comuns aos jovens dessa época.

Dude - A Vida é Assim (Dude, 2018), uma produção original da Netflix, é o mais novo longa-metragem a se enquadrar neste seguimento voltado ao público jovem adulto. Na trama, após os intensos anos do ensino médio, um grupo de amigas precisará lidar com as desvantagens, responsabilidades, problemas e desafios da vida como jovens adultas. Por um lado, o filme parece um tanto quanto datado, e exceto pela excelente interpretação de Lucy Hale (da série Pretty Little Liars) não apresenta grandes diferenciais que o destaquem em um filão já muito visto e refilmado. Embora seja muito bem realizado e consiga manter o espectador pelos 90 minutos de duração, o projeto não apresenta novidades e parece ter sido lançado com certo atraso no tempo, soando como uma produção que já nasceu com o prazo de validade esgotado.

Isto não significa, de forma alguma, que Dude seja ruim. Na verdade, ele passa longe de desapontar o espectador. A única grande frustração presente no trabalho da cineasta Olivia Miltch é confiar demais no potencial de suas atrizes (que realmente cumprem bem seus papéis) e deixar de lado um maior cuidado com o roteiro (também de sua autoria), que surge como um amontoado de clichês há muito revisitados, tão óbvios quanto os palavrões que não saem da boca dos personagens ou as inúmeras referências ao uso de drogas.

Apesar deste problema, Dude vai crescendo ao longo da projeção e se revela uma produção interessante que aborda as frustrações vindas como consequência das primeiras perdas da vida de quem acabou de passar para a fase adulta. O sentimento de luto está presente de forma incômoda durante toda a projeção, o que é coerente com os objetivos da obra de provocar no público o mesmo desconforto vivido pela protagonista. Da mesma forma, as decepções de Lily (Lucy Hale) com o grupo de amigas também é um ponto interessante e bem trabalhado, mostrando as expectativas que cultivamos na tenra idade da saída do Ensino Médio e que, na verdade, revelam mais sobre nós que sobre as outras pessoas.

Por outro lado, os conflitos com os pais acabam ficando de lado em vários momentos da obra, que, por ser muito curta, acaba oscilando entre o profundo e o superficial e acaba deixando a sensação de que poderia ter um tempo maior de projeção para dar mais atenção aos personagens. Mérito para um elenco firme e bem dirigido. Mesmo com atores em sua maioria bastante jovens, a diretora Olivia Miltch conseguiu arrancar interpretações sempre maduras e consistentes, que nos levam a nos importam com o destino de cada uma dessas pessoas a que acompanhamos na tela. Este é um dos maiores acertos do longa-metragem.

Outro trunfo da produção é a interpretação de Lucy Hale, que merece um destaque especial com sua complexa Lily. A atriz consegue abordar os defeitos da personagem, que apresenta uma postura meio arrogante, de uma forma que não a torne antipática. Pelo contrário, é esse tom na interpretação que garante que percebamos a humanidade da protagonista, a qual se torna uma personagem tridimensional em seu amor pelas amigas e também em suas fragilidades. Hale também tem a chance de mostrar seu talento como atriz dramática em vários momentos do ato final. Assim, Dude pode até não reinventar a roda, mas consegue cativar o espectador.

Para ver a crítica em vídeo, acesse o seguinte link: https://www.youtube.com/watch?v=VcMB6xrKNmA

Gostou da análise? Concorda? Discorda? Deixe seu comentário!

Para mais informações sobre cinema e outros assuntos, siga-me nas redes sociais:

https://www.youtube.com/channel/UCkx65gs-TSUKuKkFfN48-fw - canal sobre cinema

www.mundoasperger.com.br

https://www.youtube.com/channel/UCqF3BLbPXpNGNgsV3oJvDlw/featured

https://www.facebook.com/victormendoncaoficial/

https://www.instagram.com/victormendoncaoficial/

Por Victor Mendonça, em 26/04/2018 Avaliação:             6.0
Notas - Equipe
•  Média -
Notas - Usuários
6.3/10 (6 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Cineplayers não se responsabiliza pelo conteúdo deste comentário. Ajude-nos a manter a integridade do conteúdo. Se você tiver provas de cópia ou plágio do texto, entre em contato conosco, denunciando (passe o link do material original).
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Dude - A Vida é Assim
(Dude, 2018)
 MAIS COMENTÁRIOS
• Ladrões de Bicicleta (1948), por André Oliveira de Araujo Ferreira
• O Príncipe do Natal (2017), por Victor Mendonça
• O Grande Truque (2006), por Matheus Darswik
• Venom (2018), por Sergio Gregorio Araujo Silva
• O Segredo dos Seus Olhos (2009), por Matheus Darswik
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2018) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2018)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE