FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
COMENTÁRIO

Guardiões da Galáxia Vol. 2

(Guardians of the Galaxy Vol. 2, 2017)
Por Pedro H. S. Lubschinski Avaliação:               7.5
Este comentário é recomendado pela equipe Cineplayers.

Este comentário revela detalhes da história do filme.

É interessante assistir Guardiões da Galáxia Vol. 2 em sequência ao posterior Thor: Ragnarok. Quase nada entre os dois filmes indica fazerem eles parte de um mesmo universo cinematográfico e terem sido lançados com apenas alguns meses de distância nos cinemas. O terceiro filme do filho de Odin parece uma criança de cinco anos que ri de tudo enquanto a segunda aventura dos Guardiões pode ainda conservar o espírito juvenil que faz piadas muitas vezes fora de hora, mas já traz na bagagem uma maturidade emocional que as experiências de vida proporcionam.
Sim, toda a primeira hora é uma bagunça colorida que na pressa de empilhar piadas esquece de desenvolver uma ação minimamente interessante até mesmo visualmente, mas aí o personagem de Kurt Russell entra em cena e a parada volta a ser uma aventura sobre família - se no primeiro era a afinidade entre outsiders que os unia, aqui os laços de sangue ora separam, ora unem ainda mais forte. Uma evolução natural da temática e que, quando James Gunn, finalmente, acerta o timing entre humor/emoção, deixa claro que, surpreendentemente, os Guardiões da Galáxia podem proporcionar alguns dos melhores momentos do Universo Marvel.
E se em Doutor Estranho ou Thor: Ragnarok os homens tão parecidos com nós faziam piada na mesma cena em que perdiam figuras importantes em suas trajetórias, os seres estranhos aqui se dão a gestos que os aproximam de nós ao mesmo tempo em que os aproximam entre eles, seja uma homenagem póstuma merecida ou um abraço jamais antes dado entre irmãs.
Guardiões da Galáxia Vol. 2 assim, pode até ser uma grande bobagem, mas ao menos tem o coração no lugar e deixa claro que, quando equilibrar novamente o humor e o senso de clímax emocional que tinha em filmes anteriores, a Marvel ainda pode reinar mais tempo entre os blockbusters.

Por Pedro H. S. Lubschinski, em 30/10/2017 Avaliação:               7.5
Notas - Equipe
• Silvio Pilau 5.5
• Heitor Romero 6.0
• Marcelo Leme 7.5
•  Média 6.3
Notas - Usuários
7.0/10 (181 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Cineplayers não se responsabiliza pelo conteúdo deste comentário. Ajude-nos a manter a integridade do conteúdo. Se você tiver provas de cópia ou plágio do texto, entre em contato conosco, denunciando (passe o link do material original).
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE