FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
COMENTÁRIO

Laços de Sangue

(Blood Ties, 2013)
Por Pedro H. S. Lubschinski Avaliação:                 8.0
Este comentário é recomendado pela equipe Cineplayers.

Este comentário revela detalhes da história do filme.

"Você quer mudar? Não me venha com essas merdas! Você não pode mudar! É lixo da cabeça aos pés!"

Se podia causar algum estranhamento o nome de James Gray na produção e no roteiro (escrito ao lado do diretor Guillaume Canet) desse Laços de Sangue (o título, bem direto, poderia evitar esse sentimento por si só), os primeiros momentos do filme, com irmãos em lados opostos da lei entrando em cena de maneiras tão opostas quanto - Frank, o policial de Billy Crudup, arrombando repentinamente a porta de um suspeito para entrar; Chris, o ex-prisioneiro de Clive Owen, saindo a passos lentos após aguardar a porta da penitenciária abrir - deve dissipar isso logo de cara. Ainda que com outro nome na direção (e a diferença do estilo de Gray e Canet é gritante), Laços de Sangue tem tanto de Gray e sua obsessão pela família, que não ficaria deslocado ao lado de Os Donos da Noite.

Existem dois sentimentos majoritários em Laços de sangue. O primeiro é ressentimento: os irmãos protagonistas ressentem algo em seu passado que só descobriremos no meio da narrativa e isso os deixa sempre desconfortáveis na presença um do outro, algo que impede até mesmo um abraço após o tempo que não se viam desde a prisão de Chris. O outro é a certeza de que é família acima de tudo, porque apenas ela estará lá por você no final (e ao final, quando o filme faz essa máxima valer literalmente, é o clímax emocional de uma narrativa que as vezes parece até tropeçar nas próprias pernas, mas que faz tudo valer a pena quando o caminho chega aí sem fim).

São fundamentais, então, as performances de Owen e Crudup, ótimos atores nem sempre valorizados (Crudup, principalmente, dono de um trabalho fantástico em Quase Famosos que deveria ser mais comentado). Quando se encontram já perto do fim, com a gangorra trazendo naquele momento Chris bem acima de Frank em algo que sabemos não durará, pois o destino desenha ambos se encontrando no chão quando o fim chegar, os rostos (e corpos, porque existe um momento físico importantíssimo ali) dos atores se confrontam de uma maneira que nos faz sentir o peso de tudo aquilo. São dois sujeitos que estão dispostos a entregar suas vidas pelo irmão (e de certo modo, seguidamente entregam), mas que ainda assim se negam a mascarar rusgas do passado e presente em prol de uma futura relação saudável.

E há todo o peso daquela ligação recebida enquanto se assistem filmes da infância, onde se ouvem só três batidas na mesa. Filmes inteiros poderiam ser feitos com o mundo de sentimentos dessa cena. Sério. Que cena.

Por Pedro H. S. Lubschinski, em 02/09/2017 Avaliação:                 8.0
Notas - Equipe
• Francisco Bandeira 8.0
•  Média 8.0
Notas - Usuários
7.2/10 (32 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Cineplayers não se responsabiliza pelo conteúdo deste comentário. Ajude-nos a manter a integridade do conteúdo. Se você tiver provas de cópia ou plágio do texto, entre em contato conosco, denunciando (passe o link do material original).
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE