FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
COMENTÁRIO

Piquenique na Montanha Misteriosa

(Picnic at Hanging Rock, 1975)
Por Cleber Eldridge Avaliação:             6.5
Este comentário é recomendado pela equipe Cineplayers.

Este comentário revela detalhes da história do filme.

O mistério do desaparecimento, como as pessoas desaparecem? O explicar de uma desaparição, como explicar um fato que não se tem explicação? O dia era 14 de novembro de 1900, Austrália, quando os colonizadores ainda estavam descobrindo um continente desconhecido, no interior do país, uma montanha Hanging Rock, próximo dali, uma escola particular só para meninas, um dia qualquer, a diretora autoriza que um grupo delas saia para um piquenique, no meio da tarde daquele mesmo dia quatro deles, simplesmente desaparecem, somem do mapa sem deixar qualquer vestígio. O desenrolar - ou não - dessa trama, é um dos mistérios, em um inquieto filme de um dos grandes diretores dos anos 80 e 90.

Os eventos narrados, não são reais como inicialmente parecem, tudo foi tirado de um romance, da autora Joan Lindsey, de 1967. O diretor Peter Weir encarou a obra com a mesma ambiguidade do original, a autora não dá respostas, o diretor segue o mesmo caminho, então se você leu a sinopse, se interessou e busca respostas, esqueça. O desaparecimento das três garotas e da professora, não tem explicação, não existem pistas de para onde foram, porque foram ou seja lá o que for, o foco do filme é a ausência, é se deixar imaginar, como um dos personagens disse: "algumas perguntas tem respostas e outras, não" o diretor pede que respeitemos o mistério, e deixemos nos levar pela imaginação, pode ter sido um evento sobrenatural, um sequestro, estupro, assassinato ou qualquer coisa coisa que permeiam nossa imaginação.

Os detetives somos nós, as pistas estão ali escancaradas, o que provavelmente será um problema, já que atualmente a platéia gosta de explicação e os filmes costumam atender a platéia e digerem o filme, o que em muitos casos acabam destruindo a obra, Weir fez um filme lento - até demais - não deixa se envolver, ainda assim, o clima tenso, o roteiro é redondo e ainda que as subtramas não sejam lá tão interessantes, a força do filme está no mistério insolúvel.

Por fim, pra quem está procurando uma história de detetive, vai quebrar a cara, talvez seja mesmo um suspense, as meninas subindo nas rochas, com uma trilha carregada de flauta, em transe e o desaparecimento delas, podem ser perturbador, para outros uma total bobagem sem respostas mas, como eu disse, vá sem procurar respostas e deixe se envolver, talvez no final do filme, você fique satisfeito.

Por Cleber Eldridge, em 28/09/2017 Avaliação:             6.5
Notas - Equipe
• Alexandre Koball 9.0
• Daniel Dalpizzolo 7.0
• Vlademir Lazo 7.5
• Heitor Romero 8.5
• Marcelo Leme 7.0
• Francisco Bandeira 8.0
• Felipe Leal 9.0
•  Média 8.0
Notas - Usuários
7.7/10 (81 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Cineplayers não se responsabiliza pelo conteúdo deste comentário. Ajude-nos a manter a integridade do conteúdo. Se você tiver provas de cópia ou plágio do texto, entre em contato conosco, denunciando (passe o link do material original).
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
• #003 Blade Runner / Blade Runner 2049
• #002 De Volta Para o Futuro
• #001 Os Goonies
• #000 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Piquenique na Montanha Misteriosa
(Picnic at Hanging Rock, 1975)
 MAIS COMENTÁRIOS
• Comentários deste filme
« anterior » todos (2) « próximo »
• Outros comentários
• Além da Morte (2017), por Fernando Ribeiro
• Jogo Perigoso (2017), por Kadu Mendez
• Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe (2017), por Kadu Mendez
• A Festa de Babette (1987), por Elvira Akchourin do Nascimento
• Doentes de Amor (2017), por Danilo Calazans
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE