FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
COMENTÁRIO

Poderia me Perdoar?

(Can You Ever Forgive Me?, 2018)
Por Victor Mendonça Avaliação:             6.0
Este comentário é recomendado pela equipe Cineplayers.

Baseado na vida da escritora Lee Israel, "Poderia me Perdoar?" é um filme limitado, de ritmo por vezes arrastado e que não apresenta nenhuma grande ambição a não ser a de fazer um estudo aprofundado da protagonista. Felizmente, ele se sai muito bem neste propósito. Grande parte do mérito vem do desempenho de Melissa McCarthy, atriz mais conhecida como comediante (à exemplo de "A Espiã que Sabia de Menos", "Missão Madrinha de Casamento" e "Caça Fantasmas") e que aqui mostra todo o seu potencial dramático em um papel sério.

Passando por problemas financeiros, a jornalista Lee Israel decide forjar e vender cartas de personalidades já falecidas, um negócio criminoso que dá muito certo. Quando as primeiras suspeitas começam, para não parar de lucrar, ela modifica o esquema e passa a roubar os textos originais de arquivos e bibliotecas.

Melissa McCarthy está muito bem como uma mulher talentosa, mas que perdeu o emprego e as perspectivas de carreira à medida que envelhecia, revelando-se profundamente frustrada consigo mesma e com baixa autoestima. Dona de uma personalidade forte, Lee é uma mulher solitária que "gosta mais de gatos que de pessoas." Ela é encarnada por McCarthy sempre com uma postura desconfortável, distante e pouco emotiva. Apesar disto, a atriz não cai na armadilha de torná-la uma personagem puramente decadente, amargurada e unidimensional . Para evitar que isso aconteça, ela aproveita-se do sarcasmo e de algumas tiradas espirituosas do roteiro.

Contudo, o que há de mais impressionante na performance de Melissa McCarthy é a maneira como ela consegue despertar empatia por uma personagem antipática e mesmo inescrupulosa. Isso porque, graças ao trabalho da atriz, entendemos de onde tudo aquilo veio, da luta (mesmo com fraquezas), da depressão e do sentimento de frustração.

A cineasta Marielle Heller faz um trabalho sensível e realista ao explorar a solidão e a melancolia da personagem. É interessante, por exemplo, como as livrarias se revelam lugares incômodos, com muitos livros e poucas pessoas. Além disso, a fotografia e a trilha sonora constroem um tom de agorafobia que casa muito bem com a composição de Melissa McCarthy.

Vale destacar positivamente a relação da protagonista com o amigo interpretado pelo carismático Richard E. Grant, ambos indicados ao Oscar pelo trabalho neste filme. Grant sabe lidar com os conflitos do personagem, que apresentam-se muito similares aos de Lee, tanto na forma como se apresentam quanto na maneira como ambos lidam com eles, utilizando-se, por vezes, do sarcasmo. Apesar da tristeza, há um tom de ternura e afeto que beneficia o resultado final do longa-metragem.

É uma pena, portanto, que a produção não tenha grandes ambições e não vá muito além do estudo de sua protagonista. Desta forma, Melissa McCarthy revela-se melhor do que a obra como um todo. "Poderia me Perdoar?" é um filme unicamente para que entendamos a personalidade de Lee Israel, mas a sensação final é a de que isto é pouco para que justifique seu sucesso como obra cinematográfica.

Siga-me nas redes sociais:

http://www.mundoasperger.com.br/

https://www.facebook.com/victormendoncaoficial/

https://www.instagram.com/victormendoncaoficial/

Por Victor Mendonça, em 19/02/2019 Avaliação:             6.0
Notas - Equipe
• Silvio Pilau 7.0
• Rodrigo Torres 7.5
• Francisco Carbone 7.5
• Rafael W. Oliveira 8.0
•  Média 7.5
Notas - Usuários
7.1/10 (40 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Cineplayers não se responsabiliza pelo conteúdo deste comentário. Ajude-nos a manter a integridade do conteúdo. Se você tiver provas de cópia ou plágio do texto, entre em contato conosco, denunciando (passe o link do material original).
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#69 Indicados ao Oscar 2019
#68 Creed II
#67 Vidro
#66 Homem-Aranha no Aranhaverso
#65 WiFi Ralph e O Retorno de Mary Poppins
#64 Melhores Filmes de 2018
#63 Duro de Matar
#62 Roma
#61 O Senhor dos Anéis
#60 Scarface
#59 Infiltrado na Klan
#58 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
#57 O Legado de Stan Lee
#56 O Roteiro de Cinema
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Poderia me Perdoar?
(Can You Ever Forgive Me?, 2018)
 MAIS COMENTÁRIOS
• Simplesmente Amor (2003), por Bersilionin Gonçalves Costa Junior
• Deixe-me Entrar (2010), por Bersilionin Gonçalves Costa Junior
• Inimigo do Estado (1998), por Bersilionin Gonçalves Costa Junior
• Buscando... (2018), por Bersilionin Gonçalves Costa Junior
• Sin City 2 - A Dama Fatal (2014), por Bersilionin Gonçalves Costa Junior
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE
Apoiadores
Promobit: O site para encontrar aquela promoção imperdível