FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
COMENTÁRIO

Prometheus

(Prometheus, 2012)
Por Luís Eduardo da Conceição Santos Avaliação:                 8.5
Este comentário é recomendado pela equipe Cineplayers.

Depois de dar a volta na cidade tentando chegar a um cinema com cópias legendadas do filme (tenho que conhecer melhor a cidade, o cinema fica perto da minha casa), finalmente vi o esperado filme. Eu estava mais do que ansioso para vê-lo, e, logo depois que eu vi, saí da sala com um enorme sorriso que ia de uma orelha a outra. Creio que esse pequeno resumo do meu dia explique se as minhas expectativas foram atingidas ou não.

Devo admitir que nunca gostei de nada que viesse explicar aquilo que não precisava de explicação. Algumas coisas funcionam pela falta de explicação, e “Alien” é uma delas. Porém fui surpreendido com o roteiro desse filme, que dá a explicação para alguns acontecimentos no início de Alien (não irei entrar em detalhes para não estragar a experiência de quem não viu) e cria alegorias e simbolismo fortes sobre existencialismo (que também não irei entrar em detalhes), mas nunca “explica de mais”, continuando a deixar aquele espírito de “perdido em algum lugar do espaço” presente no primeiro filme.

Este filme não tem “Alien” no título porque não é um “Alien”, não há a personagem título, porém, em sua estrutura, clima e qualidade, é sim o filme mais próximo de “Alien, O oitavo passageiro”. A tensão no filme é construída de maneira planejada e contínua. Ele balanceia essa construção de clima de maneira magnífica, indo do seu início lento, mas sempre com um ar de solidão envolvente, ao aumento da ação, sempre trazendo cenas e situações cada vez mais desesperantes e que causam apreensão incrível em quem assiste (fazia tempo que não me pegava sentado na ponta de uma cadeira desesperado pelos rumos de um filme).

O elenco não trás atuações grandiosas. Na verdade, ele traz a naturalidade presente no primeiro filme (Scott sabe qual a linha das atuações para a série), mas, infelizmente, já no nível das personagens, nem todas brilham; um ou outra ficando apenas como uma imagem nem sempre interessante- culpa da grande quantidade de gente no filme (agora são 17 personagens), então, enquanto algumas são excelentemente bem desenvolvidas (principalmente as personagens de Noomi Rapace e Michael Fassbender) e outras são interessantes, algumas estão mais para figurantes com falas. Vale atentar para Noomi Rapace, que faz quase uma nova “tenente Ripley”, até tendo certa semelhança física com Sigourney Weaver, mas, ainda assim, tendo uma personalidade própria (e a personagem do Fassbender também não deixa de ser interessante, entrando no velho caminha do robô em estado de humanização- seja isso bom ou ruim para as outras personagens).

E, batendo num ponto que todo já sabia que seria impecável, o lado técnico do filme é perfeito. Scott sempre teve um apreço técnico e com os seus diretores de arte que exalam, e, dentro do universo, a estética dele combina lindamente (não querendo desmerecer o Cameron, que fez um filme divertido, ainda que dentro de dentro da zona do “comum” para o gênero). Maquiagem, direção de arte, som, fotografia e efeitos especiais, tudo remete ao primeiro filme e, ainda assim, estão “atualizados” (um grandioso trabalho de todos para da direção de arte para dar esse efeito).

O som, mas uma vez, tem papel essencial no filme, utilizando de sons ambientes para maximizar a apreensão do público, e, por fim, os efeitos especiais mais do que magníficos. O filme foi rodado com um orçamento de cerca de 120 a 130 milhões, ainda que um filme caro, longe da marca dos 200 milhões atingidas por vários filmes ultimamente, porém, tanto em uso quanto em cuidado com as tomadas de efeito especiais, esse filme supera. É, talvez, o melhor trabalho utilizando computação gráfica já visto, nunca fica claro qual a técnica usada e, mesmo eu que odeio CGI em filmes de “terror”, nesse filme tudo é tão bem integrado e interage tão bem que a CGI apenas colabora.

Mas nem tudo são flores, na verdade, o roteiro tem umas grandes forçadas (só assistindo para entender); algumas coisas, se analisadas com o primeiro filme- com o qual ele faz ligação- ficam meio desconexas (a continuação deverá resolver essas coisas que mereciam melhor explicação) e não há uma noção do número de personagens que vão morrendo. São exatamente essas que me fez não achá-lo superior ao primeiro “Alien”, elas ofuscam um pouco o brilho restante (você não fica apenas se perguntando sobre a tensão “criador x criatura”, assim como procura algum sentido para as ligações com o primeiro filme da série), mas, quando esquecemos esses momentos, temos um filme, no mínimo, tão bom e eficiente quanto aquele que deu origem a série.

Por Luís Eduardo da Conceição Santos, em 16/06/2012 Avaliação:                 8.5
Notas - Equipe
• Alexandre Koball 8.0
• Rodrigo Cunha 8.0
• Silvio Pilau 7.0
• Heitor Romero 7.5
• Marcelo Leme 7.0
• Bernardo D.I. Brum 5.5
•  Média 7.2
Notas - Usuários
6.9 (488 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Cineplayers não se responsabiliza pelo conteúdo deste comentário. Ajude-nos a manter a integridade do conteúdo. Se você tiver provas de cópia ou plágio do texto, entre em contato conosco, denunciando (passe o link do material original).
 
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Prometheus
(Prometheus, 2012)
 MAIS COMENTÁRIOS
• Comentários deste filme
« anterior » todos (19) « próximo »
• Outros comentários
• A Montanha dos Sete Abutres (1951), por Rui Alves de Sousa
• Garota Exemplar (2014), por Diego de Mendonça Costa
• Trash: A Esperança Vem do Lixo (2014), por Diego de Mendonça Costa
• O Ciúme (2013), por Patrick Corrêa
• Lua de Fel (1992), por Mateus da Silva Frota
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2014) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
MAPA DO SITE
ANUNCIE CONOSCO