FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

A Marcha dos Pingüins

(Marche de l'empereur, La, 2005)
Por Rodrigo Cunha Avaliação:               7.0
Um documentário sobre a reprodução sofrida destas aves tão maravilhosas: os pingüins.

Pensar em passar uma hora e meia em um cinema gelado para ver pingüins se reproduzirem pode parecer, à primeira vista, uma loucura. E de certo modo é, mas uma loucura deliciosamente artística, prazerosa de se acompanhar. O diretor estreante Luc Jacquet aproveitou sua experiência com as aves e fez um documentário bastante divertido em seu filme de estréia, informativo, bonito, mas só para aqueles que já tem certa afeição pelo animal. Isso porque, com a maior sinceridade do mundo, apesar do imenso esforço que os pingüins fazem para se reproduzir, digamos que tudo não seja lá muito interessante.

O grande mérito, em ser interessante o filme, é do diretor. Captando com uma sensibilidade incrível todo o processo de marchas dos pingüins, que vai desde sua reunião para uma gigantesca caminhada em conjunto (nesse momento, destaque para o movimento de câmera panorâmico, que dá dimensão à ocasião) até o retorno ao mar, com os filhotes já crescidos e se aquecendo por si sós, tudo fica mais interessante e cativante devido ao preciso trabalho técnico da equipe.

Digo isso em um importante âmbito geral, uma vez que as precisas imagens nos ajudam a apaixonarmos por um dos piores lugares do mundo. Elas captam detalhes impressionantes, como os pequenos gestos, praticamente despercebidos por olhos comuns, e que têm o mérito de serem filmados de modo perfeito, no momento certo. O diretor sempre está presente nesses momentos, não os deixando escaparem ou ficarem mal-feitos – uma qualidade importantíssima para que o seu filme funcione. É impressionante como nos divertimos com as quedas dos pingüins, como torcemos por seu sucesso, como ficamos emocionados quando algo de ruim acontece; e por aí vai, em uma infinidade de sentimentos que o trabalho consegue nos causar.

O som é outro ponto especialíssimo para o bom-funcionamento geral. A qualidade com que sons quase mudos são captados em meio a uma sujeira sonora é impressionante: mesmo com o vento, a nevasca, diversos gritos, tudo o que o diretor quer nos mostrar está em alto e bom som no filme. A edição também tem um papel especial, uma vez que o lento processo tem que ser acelerado de maneira considerável para caber em um filme sem parecer chato (já disse, o processo, por si só, é um porre; a equipe é que tem méritos por tornar tudo interessante).

Agora a narração, muito elogiada por muitos, é que ficou incrivelmente ruim. Tentando deixar tudo mais dramático, o texto até que é bom, mas tem uns pontos desnecessários, que ficaram ainda piores nas vozes dos atores brasileiros (Antônio Fagundes e Patrícia Pillar). A passagem de tempo, por exemplo, quando um repete a frase do outro, é quase motivo de risos. Chega quase a ser uma ofensa perante às belas imagens e sons que o filme apresenta, uma vez que tentam adivinhar o que os pingüins estão pensando, romantizando tudo. O processo, por si só, já é belo. Ver o que os pais fazem pela vida não precisava de uma narrativa à lá National Geographic para tentar deixar tudo melhor. Há algumas frases boas (como as dos pingüins jovens), mas são poucos momentos perto de todo o texto apresentado.

Agora, depois de se assistir ao filme e ver o que os pais passam por instinto para dar continuidade à vida, e pensar que esse mesmo processo se repete por milênios, sempre com a mesma precisão, sempre no mesmo lugar, isso sim é uma mágica. E aí não poderia deixar de concordar mais com a narração do trabalho, afinal, é exatamente isso que parece ao pensarmos mais a fundo sobre o processo. O filme irá crescer dentro de você com o tempo, acredite em mim.

Obs: é impressionante o número de pessoas que levaram seus filhos à sessão. Acredito que ele tenha sido vendido um pouco errado para as pessoas, uma vez que elas devem ter ido, inclusive, achando tratar de uma animação, filme infantil ou algo parecido. É apenas uma curiosidade que gostaria de compartilhar com nossos leitores. Se você é um desses pais, aviso: não leve o seu filho à sessão. Ele vai te agradecer sem ao menos saber o porquê.

Por Rodrigo Cunha, em 23/01/2006
Avaliação:               7.0
Notas - Equipe
• Alexandre Koball 7.0
• Rodrigo Cunha 7.0
• Régis Trigo 5.0
• Silvio Pilau 8.0
• Marcelo Leme 8.5
•  Média 7.1
Notas - Usuários
7.3/10 (142 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
• #007 Stranger Things
• #006 45 anos de O Poderoso Chefão
• #005 Branca de Neve e os Sete Anões
• #004 Halloween
• #003 Blade Runner / Blade Runner 2049
• #002 De Volta Para o Futuro
• #001 Os Goonies
• #000 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Marcha dos Pingüins, A
(Marche de l'empereur, La, 2005)
• Direção:
- Luc Jacquet
• Elenco Principal:
- Morgan Freeman
- Charles Berling
- Romane Bohringer
• Sinopse: Há milhares de anos se repete uma bela e longa jornada ao interior da Antártica. Pingüins saem da segurança do oceano e vão de encontro ao deserto de gelo para a reprodução da espécie. As fêmeas ficam apenas o tempo necessário para a procriação, deix...
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE