FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

A Vizinhança do Tigre

(Vizinhança do Tigre, A, 2014)
Por Daniel Dalpizzolo Avaliação:               7.5
Imersão condicional.

A imersão é condição fundamental em A Vizinhança do Tigre, a começar por seu processo de produção: o corte final compreende 94 minutos selecionados em mais de 130 horas de material, registradas ao longo de quatro anos em uma aproximação autoral estabelecida pelo cineasta Affonso Uchoa com quatro jovens moradores do bairro Nacional, em Contagem, cidade periférica da grande Belo Horizonte. Mas não é a imersão do cineasta neste ambiente – anterior ao processo de filmagem - que realmente atinge reverberação em tela, no que o filme apresenta através da sua narrativa - pois, ao contrário do que se pode imaginar, este processo da realização não é ressaltado pelas imagens ou pela montagem. A imersão proposta, como consequência deste processo, é propriamente a imersão do olhar, da relação entre objeto – os jovens que habitam periferias das grandes cidades – e espectador, em um ambiente constituído lentamente através de ações cotidianas próprias àquele local, condicionado por uma violência que jamais emergirá em tela, mas que circunda todos os corpos e espaços.

Com esta proposta, A Vizinhança do Tigre parece desviar da catalogação híbrida entre documentário e ficção que dialoga diretamente com tantos outros filmes da cinematografia brasileira recente, e que se propõem a observar o cotidiano com mediação discreta da câmera e da composição visual. A combinação de olhares de Uchoa e dos garotos ocorre no processo de produção e não será exposta novamente em tela. Ao contrário: deste processo, restará um exercício de representação pelo qual estes jovens reescreverão sua realidade para conceder a ela uma possibilidade de leitura, apostando na caracterização das próprias idiossincrasias. É da força deste exercício que nascem os principais méritos do filme, em especial a sustentação do tempo e sua dilatação para representar o contato destes personagens, inserindo-se no cotidiano dos jovens com uma completa anulação do extra-campo, pouco evocando o que orbita em torno da periferia (ou melhor, o espaço em torno do qual ela orbita).

Se algo chama atenção nestas opções, é principalmente a maneira com a qual a miséria é trabalhada pelo filme sem precisar ressaltar contrastes evidentes  – e, ao menos até seu fragmento final, também sem apontar pontos de fuga como prováveis soluções para a problemática -, preferindo agir especialmente sobre uma ideia de desejo material pelo que, nas condições dispostas, jamais será permitido ao filme projetar em tela. Há alguns momentos simbólicos neste sentido, que evidenciam a situação de pobreza filmada com o peso representativo do vazio, principalmente durante as dinâmicas e brincadeiras estabelecidas entre os garotos, nas quais reinventam brinquedos com outros objetos, acompanham músicas ensaiando com instrumentos simulados no ar e maquiam uns aos outros com liquid paper; um desejo latente pelo que escapa às possibilidades daquele espaço, mas que habita o imaginário destes jovens, restando ao filme menos lamentar as ausências que registrar como os personagens lidam com elas – e com os desejos projetados a partir delas.

Em tempos de fortes discussões sobre as condições da juventude nas periferias brasileiras, de manifestações e quebra de tabus sobre a compreensão do desejo de reinserção destes jovens, é intrigante deparar-se com um filme como A Vizinhança do Tigre. Ao mesmo tempo em que a representação deste cotidiano estimula a reflexão sobre a relação entre homem e meio, comportamento e condição, também conflita estereotipias e convicções das leituras produzidas de fora destes ambientes. Pela riqueza e natural complexidade do tema, o material carrega um peso que ao final parece difícil de ser plenamente expressado ou resolvido pelo filme – e o ponto de fuga que se estabelece além do horizonte para o jovem que resolve resistir à violência da realidade gera um desconforto, uma sensação de insuficiência no que se conclui da montagem geral destes conflitos. Nas imagens que encerram o longa, porém, com um grupo de jovens transitando sobre skates por uma ladeira asfaltada, a cidade que antes não víamos passa a crescer em representatividade no quadro e provocar um atrito que não apresenta outros rumos à discussão, mas nos retira do transe proposto pela imersão para nos conduzir de volta à tensão entre corpos e espaços que acompanhamos diariamente nos telejornais.

Visto durante a 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes 

Por Daniel Dalpizzolo, em 29/01/2014
Avaliação:               7.5
Notas - Equipe
• Daniel Dalpizzolo 7.5
• Pedro Tavares 7.0
•  Média 7.3
Notas - Usuários
7.4/10 (21 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (9)
Por Lucas Maciel, em 05/02/2014 | 14:40:27 h
Thiago sabe muito de cinema, boa sorte pra ele nessa empreitada.
Por Vinícius Aranha, em 05/02/2014 | 14:04:59 h
http://divirta-se.uai.com.br/app/noticia/cinema/2014/01/30/noticia_cinema,150971/thiago-macedo-correa-destaca-se-pela-quantidade-de-obras-com-sua-assin.shtml
Por Vinícius Aranha, em 05/02/2014 | 14:04:06 h
Ele produziu sete do festival.
Por Ravel Macedo, em 05/02/2014 | 12:50:48 h
parece que ele produziu vários filmes que tiveram em Tiradentes
Por Daniel Dalpizzolo, em 05/02/2014 | 10:18:13 h
macedão é o novo rei do cinema mineiro.
Por Francisco Bandeira, em 05/02/2014 | 09:41:03 h
Caramba, que bela notícia hein Cunha!? Parabéns ao Thiago!
Por Rodrigo Cunha, em 05/02/2014 | 08:50:15 h
Para quem não sabe, a produção desse filme é do Thiago Macêdo Correia. :)
Por Chcot Daeiou, em 30/01/2014 | 09:16:24 h
kkk... esse citzen kadu também fez uma análise da situação em scene... kkk... estude que vc também chega lá.

o texto me deixou interessado em ver o filme.
Por Francisco Bandeira, em 29/01/2014 | 17:10:31 h
Bem interessante a crítica.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#69 Indicados ao Oscar 2019
#68 Creed II
#67 Vidro
#66 Homem-Aranha no Aranhaverso
#65 WiFi Ralph e O Retorno de Mary Poppins
#64 Melhores Filmes de 2018
#63 Duro de Matar
#62 Roma
#61 O Senhor dos Anéis
#60 Scarface
#59 Infiltrado na Klan
#58 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
#57 O Legado de Stan Lee
#56 O Roteiro de Cinema
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Vizinhança do Tigre, A
(Vizinhança do Tigre, A, 2014)
• Direção:
- Affonso Uchoa
• Elenco Principal:
- Aristides de Sousa
- Maurício Chagas
- Wederson Patrício
• Sinopse: Juninho, Menor, Neguinho, Adilson e Eldo são jovens moradores do bairro Nacional, periferia de Contagem. Divididos entre o trabalho e a diversão, o crime e a esperança, cada um deles terá de encontrar modos de superar as dificuldades e domar o tigre ...
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE
Apoiadores
Promobit: O site para encontrar aquela promoção imperdível