FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

Alita: Anjo de combate

(Alita: Battle Angel, 2019)
Por Francisco Carbone Avaliação:               7.5
Mitologia sem perder a diversão.
imagem de Alita: Anjo de combate
Ao término do filme, os nomes de Robert Rodriguez e James Cameron aparecem neles, dando a certeza do que acabamos de ver, um híbrido entre os mundos de dois autores do cinema espetáculo. Aos poucos o cérebro vai apreendendo que sim, no produto que acabou de ser apresentado há elementos caros aos dois e que constituem uma certa mítica em cima de seus nomes. De um lado, a criação de um universo que possa ser expandido e aproveitado para uma saga de duração ampla e a observação da fábula/fantasia dentro desse escopo típicos do roteirista e produtor Cameron; do outro, o flerte com a violência, com uma abordagem suja do universo apresentado, e a suspensão da segurança naquele ambiente, tão próximos ao diretor Rodríguez. O ato de condensar essas duas visões é o um dos principais acertos de Alita: Anjo em Combate.

Baseado no mangá homônimo de Yukito Kishiro, o projeto é uma obsessão de Cameron há anos, que guarda elementos reconhecíveis do que o próprio conceberia em matéria de mitologia. Uma heroína que precisa se entender como tal vivendo num mundo que as abre aos poucos pra sua compreensão, de elementos pós-apocalípticos e mensagem de liderança e revanchismo contra os opressores da sociedade, são elementos que o cineasta conhece bem e desenvolve dentro de seu campo de interesses. Aqui ele tem a chance de mais uma vez revisitar essa 'jornada do heroi' sem o envolvimento absoluto que a cadeira de direção pede, mas ainda que homenageie os traços pré-existentes do mangá, ainda conta com sua imaginação para transpor aquela grandiosidade e as texturas futuristicas pro material filmico - e as inspirações para a Cidade de Ferro é assumidamente das comunidades brasileiras, no qual percebemos com alguma facilidade.

De posse dessa grandiloquência que o roteirista desenvolveu e o produtor abraçou, as pinceladas propostas pelo diretor Rodríguez tambem se percebem com facilidade, acrescentando à visão de Cameron um caráter dúbio e perigoso. Mesmo nos breves momentos de idilio parece haver uma hostilidade na atmosfera do filme, e isso é uma clara contribuição do maestro. Além disso, Rodríguez é afeito a composições de plano arriscados para trazer relevo a suas contribuições de inspiração fantástica. Por todo o longa eclodem aqui e ali novos elementos e figuras construídos nas raias do espetáculo, como a lutadora que se 'transforma' numa espécie de aranha estilizada, e o vilão do filme ser uma espécie de entidade incorporea, trazendo elementos de cinema de gênero para dentro de um blockbuster.

O veterano fotógrafo da trilogia Matrix Bill Pope tem a agilidade necessária para filmar o esporte praticado no filme, uma espécie de recauchutagem do 'rollerball' do clássico homônimo; de inegável agilidade, Pope cria camadas de luz para situar a personagem-título, e integrando a experiência visual a narrativa apresentada, indo da luz branca e aberta do início até o gradual escurecimento da sua paleta, como se indo do nascimento a maturidade da protagonista. O montador Stephen Rivkin (indicado ao Oscar por Avatar) vem da equipe do produtor e estabelece com competência essa mesma pegada que o roteiro concebe, indo além de um mero passatempo de fim de semana e estabelecendo visualmente uma coesão estética que tira o filme de um lugar raso do entretenimento.

Ainda que saibam fazê-lo como poucos e que esse seja o principal interesse, a equipe por trás de Alita não tem seu olhar em critérios descartáveis. Povoado pelos oscarizados Christoph Waltz, Mahershala Ali e Jennifer Connelly, o filme se pensa de maneira superior e está aí seu pecado. Apesar de sua trama não ter nada necessariamente de original e/ou inovadora (e seria ótimo perceber como a produção aceita isso e tenta tirar proveito dessa simplicidade com mais frequência do que aparenta), seus criadores não precisavam tentar criar um produto com pretensões tão elaboradas assim. Com pitadas de filosofia e um encaminhamento pendendo para o operístico, o filme poderia ser mais simples e acertaria seu alvo com igual precisão. Mas Alita ainda se encerra como um bem-vindo capítulo inicial de uma saga que nunca deixa de interessar.
Por Francisco Carbone, em 11/02/2019
Avaliação:               7.5
Notas - Equipe
• Silvio Pilau 5.5
• Francisco Carbone 7.5
• Felipe Leal 7.5
•  Média 6.8
Notas - Usuários
7.0/10 (27 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (6)
Por Robson Oliveira, em 26/02/2019 | 23:13:46 h
Acabei de assistir, que filme foda! Divertido até o talo, desenvolvimento bem entregue, não cansa em nenhum momento a trama futurista. Curti ainda mais que Jogador Nº 1, que aliás também gostei bastante.
Por Carlos Eduardo, em 21/02/2019 | 00:18:30 h
Não conheço a obra original (e pra mim nunca importa isso, o filme deve valer pelo filme) mas Alita é o melhor trabalho de Robert Rodriguez em muito tempo. Cinema de gênero perfeitamente fundido ao cinema arrasa quarteirão de Cameron. Pena que Cameron se meteu no roteiro, que é de onde vêm as maiores escorregadas, mas nada tira o brilho deste que é um ótimo exemplar de ação futurística distópica. Deixou Jogador N° 1 no chinelo.
Por Caique Nogueira, em 19/02/2019 | 22:46:53 h
O filme é interessante no quesito de transitar a ingenuidade inicial da protagonista em um universo que se mostra sombrio,feio,sujo e selvagem.Alguns personagens são dispensáveis,ou simplistas demais(inclusive os antagonistas),mas o filme é legal mesmo.
Por Bernardo D.I. Brum, em 18/02/2019 | 17:31:11 h
Sou desconfiado de adaptações ocidentais de mangá, mas vamos ver qual é desse
Por Felipe Mello , em 11/02/2019 | 14:40:13 h
O Mangá é somente ok, mas tinha um universo bastante interessante e cenas de ação com muita violência. Tenho medo se o PG-13 atrapalhe o filme.
Por Robson Oliveira, em 11/02/2019 | 14:10:25 h
Altas expectativas pra ver este filme! A crítica me animou ainda mais.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#69 Indicados ao Oscar 2019
#68 Creed II
#67 Vidro
#66 Homem-Aranha no Aranhaverso
#65 WiFi Ralph e O Retorno de Mary Poppins
#64 Melhores Filmes de 2018
#63 Duro de Matar
#62 Roma
#61 O Senhor dos Anéis
#60 Scarface
#59 Infiltrado na Klan
#58 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
#57 O Legado de Stan Lee
#56 O Roteiro de Cinema
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Alita: Anjo de combate
(Alita: Battle Angel, 2019)
• Direção:
- Robert Rodriguez
• Elenco Principal:
- Eiza González
- Jennifer Connelly
- Michelle Rodriguez
• Sinopse: No século XXVI, uma cyborg é regatada do ferro velho por um cientista brilhante.
 FILMES RELACIONADOS
• Avatar
• Matrix
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE
Apoiadores
Promobit: O site para encontrar aquela promoção imperdível