FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

Dogville

(Dogville, 2003)
Por Andy Malafaya Avaliação:                   9.0
Uma obra-prima para quem gosta de cinema inteligente, que faz pensar. Elenco incrível.

Dogville é genial. Não consigo imaginar um outro adjetivo para definir esta mais nova obra do dinamarquês Lars von Trier, que já nos havia brindado com obras como Dançando No Escuro e Ondas do Destino. Um dos fundadores do Manifesto Dogma 95, junto com Thomas Vinterberg, no qual um conjunto de regras determinam a criação de um filme - a não-utilização de cenários, utilização de som natural, usar a câmera na mão sem qualquer tipo de suporte, entre outros paradigmas - Trier subverteu totalmente sua própria fórmula (bom dizer que ele jamais a seguiu fielmente) ao criar este que é o melhor filme da sua carreira: toda a ação ocorre em um grande tablado, onde os cenários não existem (são apenas riscas de giz determinando o cenário, e há apenas alguns objetos cenográficos no chão); a iluminação é totalmente artificial; inclusive, há até um diretor de fotografia - Anthony Dod Mantle - creditado. O filme chegou a concorrer no Festival de Cannes ano passado (era o grande favorito), mas acabou não levando prêmio algum.

A intenção do diretor é criar uma trilogia sobre os Estados Unidos, iniciando-se com esta primeira parte. A próxima já está em fase de pós-produção e se chama Manderlay. Curiosamente, o diretor jamais visitou o país pretensamente "homenageado" - ele costumeiramente é chamado de anti-americano e seus filmes jamais chegaram a fazer sucesso em solos ianques. Localizando sua história em um pequeno lugarejo nas Montanhas Rochosas - Dogville - durante a depressão ocorrida após a quebra da bolsa de valores de Nova York em 1929, o filme centra-se em Grace (a bela, talentosa e magnífica Nicole Kidman, que cada vez mais prova ser a grande estrela da atualidade, mesmo trabalhando intensamente e não mantendo um padrão de qualidade em seus filmes), uma assustada moça que chega à pequena cidade fugindo de gângsters.

Ela é recolhida e assistida por Tomas Edison Jr. (o sempre excelente Paul Bettany, o Dr. Stephen Maturin em Mestre dos Mares: O Lado Mais Distante do Mundo) e ambos acabam tendo uma relação conturbada. Grace, aliás, acaba sendo descoberta por todos os moradores do local e acaba tendo sua permanência submetida a uma votação local. Ela consegue a permissão para ficar, desde que passe a prestar serviços para todos os habitantes, e acaba sendo submetida em uma espécie de escravidão. Obviamente, esta tênue linha que move Grace acaba se rompendo e o desfecho será trágico. Com um roteiro extremamente bem desenvolvido, escrito pelo próprio Lars von Trier, o filme dá margens a diversos tipos de interpretação e não se permite deixar de fazer sequer uma crítica mordaz à sociedade americana. E vai além: ele consegue analisar, apropriadamente, o comportamento humano, deixando psicólogos e sociólogos perturbados com seus devaneios subliminares.

O grande e fantástico elenco de apoio é mais um trunfo, mas que acaba se tornando o grande revés do filme. Excetuando-se Paul Bettany e a ótima Patricia Clarkson (que acabou sendo descoberta ano passado quando foi indicada ao Oscar de coadjuvante por Do Jeito Que Ela É), é impossível não se ressentir com o mal aproveitamento da grande Lauren Bacall, por exemplo. E olha que o filme tem James Caan, Jeremy Davies (o louquinho de O Hotel de Um Milhão de Dólares), Philip Baker Hall, Chlöe Sevigny e Stellan Skarsgärd. Não deixando de lembrar que o filme é todo narrado por John Hurt.

Von Trier é um grande marqueteiro e pode ter uma legião de odiadores tão grande quanto o seu fã-clube, mas consegue, a cada obra realizada, uma grande façanha: a de manter nossas mentes ocupadas por um bom tempo após a subida dos créditos finais.

Por Andy Malafaya, em 02/08/2004
Avaliação:                   9.0
Notas - Equipe
• Alexandre Koball 10.0
• Daniel Dalpizzolo 5.0
• Rodrigo Cunha 9.0
• Josiane Ka 10.0
• Régis Trigo 6.0
• Silvio Pilau 9.0
• Heitor Romero 7.5
• Marcelo Leme 9.0
• Rafael W. Oliveira 10.0
• Victor Ramos 8.0
• Léo Félix 9.0
• Francisco Bandeira 9.0
•  Média 8.5
Notas - Usuários
8.6/10 (1091 votos)
Top Usuários #52
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (1)
Por Renan Fernandes, em 16/05/2013 | 12:43:31 h
está entre meus top 10.
FANTÁSTICO
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
• #007 Stranger Things
• #006 45 anos de O Poderoso Chefão
• #005 Branca de Neve e os Sete Anões
• #004 Halloween
• #003 Blade Runner / Blade Runner 2049
• #002 De Volta Para o Futuro
• #001 Os Goonies
• #000 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Dogville
(Dogville, 2003)
• Direção:
- Lars von Trier
• Elenco Principal:
- Nicole Kidman
- Ben Gazzara
- Jeremy Davies
• Sinopse: Durante a época da grande depressão, Grace (Nicole Kidman), uma fugitiva da máfia, encontra abrigo numa pacata cidadezinha chamada Dogville. Os habitantes no começo se mostram receptivos e bondosos com a nova moradora, mas aos poucos são reveladas as...
 FILMES RELACIONADOS
• Dançando No Escuro
• Do Jeito Que Ela É
• Mestre dos Mares: O Lado Mais Distante do Mundo
• O Hotel de Um Milhão de Dólares
• Ondas do Destino
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE