FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

Império do Crime

(Big Combo, The, 1955)
Por Daniel Dalpizzolo Avaliação:                   9.0
A obra-prima de Joseph Lewis é o menos romântico dos noirs da velha Hollywood.

Império do Crime pode ser encaixado sem maiores dificuldades na interminável lista de obras-primas deste espetacular gênero cinematográfico, porém talvez seja o filme que mais divirja do classicismo típico do submundo de corrupção moral que substancia o universo do filme de crime norte-americano. Ritmo lento, direção carregadíssima, narrativa cíclica e sem quaisquer momentos de clímax – com exceção do final, ainda que nem mesmo este se esforçe pra ganhar notoriedade em meio ao conjunto de ações que estruturam a trama. Todos elementos desprezados pela cartilha de características básicas do noir e que juntos dão o atípico e instigante tom deste filme de Joseph H. Lewis.

Pode-se teoricamente considerar The Big Combo uma espécie de anti-noir, mas na prática esta obra-prima de Lewis (diretor de outros extraordinários filmes esquecidos como Reinado do Terror e Mortalmente Perigosa) revela-se um dos momentos mais brilhantes do movimento. É um filme genial. Intrincado, sem qualquer esforço de fluidez entre as sequências, recheado de personagens fechados em seus próprios interesses e estruturado sobre uma subversiva e inteligentíssima troca de identidades: se o protagonista, a principio, é o policial obcecado por desmascarar o atual homem mais poderoso do império criminoso de uma metrópole, no fim o verdadeiro cerne de toda a estória acaba transportado justamente para o vilão, interpretado com uma frieza impressionante por Richard Conte.

O filme pode ter sua temática rasgada em duas metades: é um grande estudo sobre o poder, personificado no personagem de Conte [‘first is first, second is nobody’, é o seu bordão], mas também uma intersecção entre a inveja e o amor como formas de justificar a dedicação obsessiva do policial ao seu trabalho – num caso que custou à corporação mais de 18 mil dólares e não trouxe sequer um indício de possíveis resultados, somente a aproximação dele de seu objeto de desejo. E é no balanço entre as duas faces da moeda que gira todo o universo de The Big Combo. Uma disputa de personalidades conduzida com frieza e distanciamento, o que gera um conflito radical e inesquecível dentro daquela habitual máxima do noir.

É impressionante como o filme consegue se manter na defensiva durante o tempo todo e mesmo assim ser palco de pelo menos umas dez sequências marcantes, daquelas para serem lembradas sempre, ou enquanto o Cinema ainda existir ou ter a capacidade de recordar seus grandes feitos. Desde a tortura aplicada pelo big boss ao policial, uma das primeiras seqüências de confronto físico entre ambos, até o momento em que o canalha apronta-se para assassinar seu ex-colega – e atual algoz – e decide dar a ele a chance de “não ouvir os disparos”, Império do Crime é arquitetado com uma impressionante sensibilidade plano sobre plano - mesmo que Lewis continue mantendo a unidade impecável que o transforma em um dos grandes exemplos acadêmicos de cadência rítmica.

É interessante observar como a audácia de Lewis permite ao diretor transformar seu filme em um produto de anti-diversão, bem diferente de praticamente todos os noir do mesmo período, que normalmente apresentavam tramas policiais milimetricamente arquitetadas com o único propósito de mexer com as emoções – e os nervos – de quem tanto curtia o gênero. É um trabalho aparentemente mal resolvido, sem grandes surpresas de trama, lento, exaustivo, pesado e tão obscuro quanto os cenários embebidos por uma indescritível negritude pelos quais passeiam os personagens, mas que ainda assim – ou justamente por isso – exibe uma força impressionante, com um impacto extraordinário extraído da secura da mise-en-scène e da negação à manipulação de superfície.

Para tanto, Lewis tem a seu favor um impecável jogo técnico de estudo de luzes, sombras e penumbras. É praticamente uma covardia comparar outros trabalhos de fotografia realizados no cinema com essa overdose de escuridão capturada pelas lentes vampirescas de John Alton. Mais um pouco, e o filme seria apenas uma imagem escura projetada na tela tendo sua estaticidade rompida por diálogos fantasmagóricos surgidos hora ou outra. Não se pode dizer nem mesmo que existe o tão famoso contraste acentuado dos noir, é preto no preto e os atores atirados em meio à penumbra em pelo menos 70% das cenas. Já nos outros 30%, mais parece que a celulóide tragou uns dois maços de cigarro do mais vagabundo e baforou em direção aos olhos do espectador. O apuro visual é maravilhoso, e combina perfeitamente com a dureza emocional do Cinema de Lewis.


Contando ainda com um desfecho cenograficamente inspirado na clássica seqüência final de Casablanca, esta pequena e atípica aventura sobre o sindicato do crime norte-americano merece lugar de destaque entre os grandes momentos obscuros do Cinema da clássica Hollywood. É bastante diferente de tudo o que foi feito até aquele momento em matéria de noir, apesar de levemente inspirado no excepcional Os Corruptos, de Fritz Lang - principalmente no que diz respeito à busca por um maior realismo na abordagem da corporação policial, potencializada pelo filme do alemão. Mas The Big Combo é muito mais audacioso e esquisito do que qualquer outro noir, especialmente por tratar de um gênero plenamente comercial da forma mais anticomercial possível. O menos romântico e ao mesmo tempo um dos mais apaixonantes filmes do movimento.

Por Daniel Dalpizzolo, em 07/04/2009
Avaliação:                   9.0
Notas - Equipe
• Daniel Dalpizzolo 9.0
• Régis Trigo 6.0
• Heitor Romero 8.0
•  Média 7.7
Notas - Usuários
8.3/10 (44 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Império do Crime
(Big Combo, The, 1955)
• Direção:
- Joseph H. Lewis
• Elenco Principal:
- Cornel Wilde
- Richard Conte
- Brian Donlevy
• Sinopse: Tenente recebe ordens para interromper a excessivamente custosa investigação sobre um criminoso, pelo qual está obcecado. Numa última tentativa de capturar o bandido ele se aproxima de sua namorada.
 FILMES RELACIONADOS
• Casablanca
• Mortalmente Perigosa
• Os Corruptos
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2018) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2018)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE