FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

O Caçador de Pipas

(Kite Runner, The, 2007)
Por Rodrigo Rosp Avaliação:         4.5
Sentimentalismo barato para as massas.

O Caçador de Pipas traz um enredo sem foco e óbvio, que apenas funciona para seduzir e entreter as massas com um ar de folhetim. Contando a história da amizade de dois garotos, separados por um ato de covardia, o filme tem dois momentos distintos. O primeiro é a construção da relação entre os meninos e a ambientação em um Afeganistão do fim dos anos 70. O outro é depois que um dos garotos foi para a América: sua vida por lá é mostrada até o momento em que ele tem de retornar.

O principal elemento negativo da produção é o roteiro: óbvio, ingênuo, pretensamente apelativo. Não consegue atingir o nível de comoção a que se propõe, não consegue fazer um retrato válido do Afeganistão em guerra, não consegue definir ao certo a história que quer contar. Além disso, há diálogos que assustam pela pobreza e pelo excesso de clichês. Isso se dá, por exemplo, em várias falas do pai de Amir (“Os talibãs são tão maus quanto falam?”). 

Do ponto de vista ideológico, o filme também peca: dá a entender que o Afeganistão era um paraíso antes da invasão russa (e, claro, do domínio dos talibãs), com crianças felizes brincando de pipas e pouca ou nenhuma tensão política. Depois, o paraíso é a América, onde o personagem vive feliz e em harmonia com os seus, sem sofrer qualquer forma de preconceito, sem se sentir deslocado em uma cultura tão diferente da sua. No filme, os Estados Unidos são como se fosse um Afeganistão sem talibãs. Até a brincadeira de pipas é mostrada da mesma forma, tentando fazer um paralelo e colocando similaridade em passar a infância nos dois países. 

O elenco é outro ponto que compromete. Talvez seja possível dizer que, de todos que aparecem na tela, o único que se salva é o jovem Hassan, num excelente desempenho infantil. A outra criança (Amir) é pouco expressiva, quem o representa mais velho também o é, mas o pior é seu pai, pouquíssimo à vontade na tela, que não passa emoção mesmo nos momentos em que se apela a isso. Para funcionar um filme que só tem como objetivo fazer a platéia chorar com um melodrama pouco criativo, seria fundamental apoiar-se em um elenco caprichado, que pudesse ao menos maquiar as fraquezas da história e dar mais intensidade aos momentos dramáticos. No entanto, a falta de vigor dramático é constante; em algumas situações, apenas por aliviar a tensão, demonstrando falta de coragem (como no ato de violência contra o menino). Em outras, por soar tão artificial e asséptico que é impossível se compadecer do sofrimento dos personagens (como na cena do resgate no Afeganistão).

Aí vem mais uma questão pertinente: o filme sofre da falta de foco. Talvez, se ele se assumisse claramente folhetinesco, pudesse ter mais qualidade fazendo melodrama para valer. Mas parece querer ser filme sério, pretensioso, e os momentos “novela mexicana” só podem ser interpretados como escorregões da produção, tese comprovada pelo final ultrafeliz e artificial ao extremo. Tudo que um filme desse gênero não poderia ter se quisesse ser autêntico: um final em que tudo fica bem e o personagem, aparentemente, livra-se de toda a culpa e a dor pelo que passou – “é possível ser bom outra vez”. Mas, na verdade, parece que aquilo tudo nunca o tocou mesmo. 

É preciso dizer, no entanto, que nem tudo são chagas em O Caçador de Pipas. A primeira parte do filme tem bons momentos, e a construção da amizade dos garotos é bem articulada. Além disso, a composição visual é muito bem feita – talvez demais até, o que deixa o filme “limpo” e “claro”, quando o ideal seria ter um tom mais escuro para intensificar o drama, o medo, a culpa. É essa indecisão conceitual que permeia a produção; e o que sobra, assim, é apenas sentimentalismo barato para as massas.

Por Rodrigo Rosp, em 22/01/2008
Avaliação:         4.5
Notas - Equipe
• Alexandre Koball 5.0
• Rodrigo Cunha 5.0
• Régis Trigo 5.0
• Silvio Pilau 8.0
• Heitor Romero 3.0
• Marcelo Leme 6.5
•  Média 5.4
Notas - Usuários
6.5/10 (486 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#69 Indicados ao Oscar 2019
#68 Creed II
#67 Vidro
#66 Homem-Aranha no Aranhaverso
#65 WiFi Ralph e O Retorno de Mary Poppins
#64 Melhores Filmes de 2018
#63 Duro de Matar
#62 Roma
#61 O Senhor dos Anéis
#60 Scarface
#59 Infiltrado na Klan
#58 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
#57 O Legado de Stan Lee
#56 O Roteiro de Cinema
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Caçador de Pipas, O
(Kite Runner, The, 2007)
• Direção:
- Marc Forster
• Elenco Principal:
- Khalid Abdalla
- Atossa Leoni
- Homayoun Ershadi
• Sinopse: Em um país dividido e à beira da guerra, dois amigos de infância, Amir e Hassan, estão prestes a se separarem para sempre. É uma gloriosa tarde em Kabul e os céus explodem com a alegria contagiante de um torneio de pipas. Mas, depois da vitória daque...
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE
Apoiadores
Promobit: O site para encontrar aquela promoção imperdível