FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

O Grande Circo Místico

(O Grande Circo Místico, 2018)
Por Heitor Romero Avaliação:             6.0
A magia saturada.
imagem de O Grande Circo Místico
Carlos Diegues é um dos diretores ao mesmo tempo mais importantes e menos reconhecidos do cinema brasileiro. Títulos como Bye Bye Brasil (idem, 1979), Xica da Silva (idem 1976) e Ganga Zumba (idem, 1963) são essenciais para pensar o novo cinema brasileiro e a própria identidade, cultura e história do nosso povo, enquanto Deus é Brasileiro (idem, 2003) e O Maior Amor do Mundo (idem, 2006) não passam nem perto de apresentar qualquer relevância para o cinema contemporâneo. Há mais de dez anos afastado da direção de ficções, mas ainda ativo como produtor e documentarista, ele agora retorna com O Grande Circo Místico (idem, 2017), o representante brasileiro que disputa uma vaga para melhor filme estrangeiro na próxima edição do Oscar. 

A expectativa para seu novo trabalho era grande devido ao hiato do cineasta, mas principalmente pela ousadia do tema e pela pomposa produção e direção de arte. Acostumado a usar personagens comuns e dramas ordinários enquanto traça o retrato de uma época, Cacá volta a fazer o mesmo através da trajetória de diversas gerações de uma família austríaca, dona de um circo no Brasil, por meio da qual explora um pouco do país durante o século XX. A inspiração é um poema dos anos 1930, de Jorge de Lima, que por sua vez também inspirou o disco de Chico Buarque e Edu Lobo usado na trilha. 

A mágica e o quê lúdico do poema tentam ser reproduzidos por Diegues em uma suntuosa produção, com direito a cores fortes, luzes abundantes, figurinos exuberantes e atores no limite da caricatura circense, mas todo esse pacote não encontra respaldo em uma história minimamente interessante. O barroco permitido pela trilha e pelos exageros próprios do tema caminha para algo mais artificial do que propriamente decadente e nostálgico pretendido pela história. 

A ideia principal parece o interesse de Cacá em mostrar a autonomia feminina ao longo das gerações do século XX, além da predominância da arte mesmo sob diversas mudanças nos cenários políticos, econômicos e sociais. O personagem de Jesuíta Barbosa, curiosamente a melhor coisa do filme e não presente no poema original, reforça a ideia de atemporalidade do circo e suas mágicas, encantos e magias. 

Nunca assumindo totalmente a fantasia do enredo e por vezes se voltando ao naturalismo e à dramaturgia contida, o diretor parece indeciso sobre que abordagem utilizar para explorar mais a fundo a solidão dos personagens, de modo que nem o próprio elenco consegue achar um tom certo para adotar. O francês Vicent Cassel, entusiasta de nosso cinema, é desperdiçado nesses momentos de indecisão e tem seu personagem quase anulado, enquanto Bruna Linzmeyer faz o que pode para conferir sentimento e emoção em suas performances no circo, já que fora do picadeiro o texto não colabora muito. 
Se existe qualquer magia em O Grande Circo Místico, ela ainda se encontra na simplicidade poética da obra de Jorge de Lima ou nos versos musicais de Chico Buarque e Edu Lobo. Enquanto cinema parece uma colcha de retalhos de clichês fellinianos, sempre muito visual e colorido, mas nunca de fato engraçado, sentimental e emocionante quanto se espera de uma sessão de circo.
Por Heitor Romero, em 17/11/2018
Avaliação:             6.0
Notas - Equipe
• Heitor Romero 6.0
•  Média 6.0
Notas - Usuários
4.2/10 (3 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (1)
Por CitizenKadu, em 17/11/2018 | 18:59:10 h
Grande Jorge de Lima
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Grande Circo Místico, O
(O Grande Circo Místico, 2018)
• Direção:
- Carlos Diegues
• Elenco Principal:
- Vincent Cassel
- Jesuita Barbosa
- Bruna Linzmeyer
• Sinopse: Acompanha um século da vida dos Knieps, uma família austríaca que é dona de um circo.
 FILMES RELACIONADOS
• Bye Bye Brasil
• Deus é Brasileiro
• Ganga Zumba
• O Maior Amor do Mundo
• Xica da Silva
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2018) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2018)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE