FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

Seus Ossos e Seus Olhos

(Seus Ossos e Seus Olhos, 2019)
Por Francisco Carbone Avaliação:                   9.0
O desconforto como matéria-prima.
Caetano Gotardo tem um projeto de cinema em expansão. Algo nasceu em O Que Se Move e hoje cresceu e expandiu, ao passo que também ficou ainda mais íntimo. Íntimo também porque o corpo, o rosto, a própria pele dele tá exposta, toda impressa em seus trabalhos, toda feita de cinema e delicadeza. Seu cinema sempre foi o do desejo, o da liberdade, o da urgência, mas principalmente o da intimidade. Caetano agora versa sobre o desconforto que muitas vezes o lugar dessa intimidade traduz. Como é incômoda essa nossa relação com o que se deseja... Caetano quer mais e está muito maduro, para deixar claro o lugar onde se quer chegar.

Seu rosto abre o filme submerso na cólera, e dali vai amansando ao encontrar a amiga vivida por Malu Galli. Esse desconforto se declara na cena seguinte, onde o diretor não sabe se portar e passa por diversas tentativas de se manter firme. Várias outras cenas deixam essa situação explícita, como no primeiro encontro entre o casal de namorados; nenhuma dessas cenas tem o perfil de explicar essa alegoria do filme, que oferece muito mais do que essa questão apenas. João e Álvaro são esse casal, um diretor de cinema e um ator, ambos em dia com suas realizações profissionais, em uma relação amorosa aberta. Essa é a fina base do longa, que na verdade vai abrindo essa ideia de desconforto para lugares ainda mais complexos e urgentes, amplificando sua relevância.

Esse sonho com o confortável ou com a paz interior perpassa a vontade de reescrever nossas histórias de maneira contínua, até que sejam perfeitas. Ou próximas disso. O filme lida com essas questões no macro socialmente falando (com as revividas situações envolvendo pedintes nas ruas, onde João reage de maneiras distintas), e também no micro, com a intimidade das relações de João - sua amiga tem uma história da qual ela precisa se desapegar, ele mesmo parece querer mais de sua relação, ainda que não verbalize. Não apenas as histórias sejam reescritas, mas principalmente revividas mentalmente, até dar vazão a uma nova realidade.

Como dito, Caetano tem confiança no quer contar e não deixa praticamente nenhum tema de fora, com extrema atualidade. No meio de tudo isso, há um medo social que permeia a narrativa, sejam nas descrições de João ou quando ele é literalmente perseguido pelas ruas de São Paulo, uma cena angustiante pelo qual todos já passaram com toda certeza; "tem gente que sempre terá medo, por motivos maiores que você" é uma fala provocativa que coloca ao mesmo tempo a inevitabilidade do perigo hoje, assim como tira um pouco uma sensação de superioridade individual dos seres, em momento onde o egocentrismo deveria ser combatido.

As máscaras que parecem atribuir indefinição e as histórias que correm em círculos, sendo retrabalhadas sempre em registros repetidos mesmo com elementos que as torne diferentes, é uma sutil constatação da eterna busca pelo que já temos, vivemos e perseguimos, um 'looping' sentimental que Caetano corajosamente se encaixa. Em determinado momento, Álvaro ouve de João: "eu queria ser as pessoas que você ama, não tomar o lugar delas, mas sê-las", e esse é mais um aspecto do desconforto físico e emocional com a qual o diretor observa a sociedade hoje, com seus roteiro e direção requintados e ambiciosos. Todas as coisas podem gerar leituras novas e amadurecidas, sobre eventos de hoje ou de tempos atrás. Basta ter esse desconforto que nos obrigue a buscar além, e aceitar esse mesmo desconforto como mola propulsora do amor, da amizade e da arte, gerando artistas tão inquietos e delicados quanto Caetano.

Filme visto na Mostra de Cinema de Tiradentes 
Por Francisco Carbone, em 25/01/2019
Avaliação:                   9.0
Notas - Equipe
• Francisco Carbone 9.0
•  Média 9.0
Notas - Usuários
aguardando 3 votos
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#69 Indicados ao Oscar 2019
#68 Creed II
#67 Vidro
#66 Homem-Aranha no Aranhaverso
#65 WiFi Ralph e O Retorno de Mary Poppins
#64 Melhores Filmes de 2018
#63 Duro de Matar
#62 Roma
#61 O Senhor dos Anéis
#60 Scarface
#59 Infiltrado na Klan
#58 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
#57 O Legado de Stan Lee
#56 O Roteiro de Cinema
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Seus Ossos e Seus Olhos
(Seus Ossos e Seus Olhos, 2019)
• Direção:
- Caetano Gotardo
• Elenco Principal:
- Caetano Gotardo
- Malu Galli
- Vinicius Meloni
• Sinopse: Antônio, cineasta de classe média, passa por uma série de encontros com pessoas como Irene, sua amiga de longa data; Álvaro, seu namorado; Matias, um rapaz que vê no metrô e com quem se envolve sexualmente, entre outros conhecidos e desconhecidos. Es...
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE
Apoiadores
Promobit: O site para encontrar aquela promoção imperdível