FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

Trágica Obsessão

(Obsession, 1976)
Por Daniel Dalpizzolo Avaliação:                   9.0
Brian De Palma e a arte do excesso.

Brian De Palma é um cineasta de excessos. Quem prima pela sutileza no cinema se transforma de imediato em um detrator de seu estilo, coisa que acontece com grande freqüência. E é até compreensível que, desta forma, filmes como Trágica Obsessão, uma de suas grandes obras-primas, permaneçam até hoje na penumbra da memória cinematográfica. O fato é que De Palma promove com o seu cinema uma espécie de ‘releitura’ do próprio cinema, em especial daquele que é tido como o grande influenciador do diretor e reconhecido como o ‘mestre do suspense’, Alfred Hitchcock, cujo estilo cinematográfico se fundava justamente pelo caminho contrário ao que ele trilha: a sugestão. Para Hitchcock, o clima de mistério é o principal de tudo. Para De Palma, as coisas nem sempre são assim.

Trágica Obsessão pode ser considerado uma releitura daquela que muitos apontam como a grande obra-prima de Hitchcock, uma história de amor construída em dois atos distintos e mergulhada em um tom inenarrável de remorso e obsessão – no filme do gordinho o personagem de Stewart se recupera do choque que é ver a mulher que ama se suicidar, quando encontra outra que se parece com ela e tenta reviver o romance. O filme em questão é Um Corpo Que Cai, clássico do suspense que praticamente resume a plotline de Obsession, que com algumas variações reencontra o tema romântico-obsessivo ao apresentar o retorno um empresário, que depois de mais de 20 anos ainda se culpa pela morte da mulher, ao local onde se conheceram - descobrindo que por lá encontra-se uma mulher de aparência física incrivelmente semelhante com a de sua falecida esposa.

A diferença entre o cinema de Hitchcock e o cinema de De Palma faz com que Trágica Obsessão eleve o espírito e a pretensão de Hitchcock à enésima potência, num surpreendente surto narrativo que explora com um preciosismo único as variações dramatúrgicas do roteiro original, investigando de forma ainda mais perturbadora e insana as condições psicológicas das peças que montam o denso quebra-cabeça desta dramática trama de obsessão. E é curioso como, mesmo sendo uma releitura, Trágica Obsessão termina por ser um filme absolutamente diferente de Vertigo. De Palma enrola e desenrola cada elemento do filme, inverte as posições dentro da estrutura narrativa, mexe aqui, torce ali, entorta lá e o resultado é simplesmente orgástico, surtante. Os primeiros vinte minutos, sem quaisquer cerimônias, vêm como um baque, um choque em quem aguarda o clímax inicial para lá pelos cinqüenta minutos de filme rodado.

E a partir daí, De Palma revela um novo filme. Menos tenso e eletrizante do que o começo, porém ainda mais sufocante, transformando seu aparente suspense em um carregado drama sobre a culpa, o remorso, sobre a torturante sobrevida que o protagonista, preso a um erro do passado, desenvolve a partir do momento em que precisa conviver diariamente com o fato de ter tido a vida das pessoas que mais ama em suas mãos – e as jogado fora. É um filme sobre a tão sonhada segunda chance. E poucos trabalhos de De Palma foram tão particulares sob o ponto de vista dramático – talvez apenas O Pagamento Final se assemelhe em dor e substância a Trágica Obsessão, que aliás tem em seu final alguns elementos bem notáveis daquilo que viria a ser desenvolvido mais tarde por De Palma nesta obra-prima do drama policial. É um trabalho bastante profundo, que desmente em absoluto a artificialidade comumente atribuída ao cinema do diretor.

E é no terço final que De Palma finalmente comprova o porquê de eu ter chamado-o de cineasta de excessos, brincando feito uma criança autista com sua própria criação ao filmar um desfecho absolutamente insano e perturbador para uma história tão bonita e profunda. Mas sejamos realistas: somente assim Trágica Obsessão poderia ser a obra-prima sincera e deslumbrante que é. Porque o cinema, acima de tudo, é baseado no poder de manipulação da imagem. E ninguém precisa avisar que este é exatamente o brinquedo preferido de De Palma.

Por Daniel Dalpizzolo, em 28/06/2010
Avaliação:                   9.0
Notas - Equipe
• Alexandre Koball 7.0
• Daniel Dalpizzolo 9.0
• Régis Trigo 6.5
• Vlademir Lazo 9.0
• Heitor Romero 9.0
• Rafael W. Oliveira 5.0
•  Média 7.6
Notas - Usuários
8.0/10 (118 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (1)
Por Marcos andré Pereira, em 21/10/2013 | 16:53:10 h
ótima crítica pra uma puta dum filme do caralho, fiquei surtado vendo este hoje, de palma é mesmo um mestre.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Trágica Obsessão
(Obsession, 1976)
• Direção:
- Brian De Palma
• Elenco Principal:
- John Lithgow
- Cliff Robertson
- J. Patrick McNamara
• Sinopse: Na tentativa de resgate de um sequestro, mulher e filha de um executivo de New Orleans são mortas. Anos depois, durante uma visita à Itália, ele se apaixonará por uma outra mulher, cuja aparência física o faz lembrar da sua esposa.
 FILMES RELACIONADOS
• O Pagamento Final
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2018) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2018)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE