FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
CRÍTICA

Velvet Buzzsaw

(Velvet Buzzsaw, 2019)
Por Bernardo D.I. Brum Avaliação:         4.5
Arte versus comércio.
imagem de Velvet Buzzsaw
Dan Gilroy apareceu para o mundo com o sombrio drama O Abutre, onde Jake Gyllenhall interpreta um jovem profissional do jornalismo que para conseguir emprego passa a vender imagens de acidentes graves para a mídia marrom. A espiral da loucura tocada em ritmo de filme policial fez do filme um dos mais comentados de 2014. Seu segundo filme, Roman J. Israel, Esq., foi pouco assistido e é até amargo dizer que se não fosse pela indicação de Denzel Washington a melhor ator em 2018, o filme teria passado em preto-e-branco. 

Agora, depois de fazer filmes sobre jornalismo e advocacia, mira em outro pilar social: Velvet Buzzsaw é um filme que se passa no mundo das artes plásticas, rodeado por pintores emergentes e veteranos, críticos de arte e comerciantes. Tocado inicialmente em tom de sátira, Gilroy logo apela para o gender bending (ou mescla de gêneros) e logo vai se transformando em um filme de terror.

A história de Josephina, agente de uma galerista que descobre que o seu vizinho suicida Ventril Dease era um pintor genial e que desobedecer as ordens expressas de destruir seus quadros após sua morte tem consequências sobrenaturalmente ruins, parece partir de uma certa insatisfação de Gilroy entre o encontro de algo subjetivo como a arte com um objeto concreto como o dinheiro. E é verdade: de acordo com entrevistas, Gilroy teria tido a ideia enquanto repousava em uma casa de praia após Superman Lives, filme de Tim Burton que teria se dedicado por mais de um ano, foi cancelado repentinamente pela Warner Bros.  

Bem, o ressentimento de Gilroy transformado em película não é completamente desprovido de valor. De início é divertido ver aquelas personagens cínicos e ridículos até a medula, com performances exageradas e nomes esdrúxulos como “Morf Vanderwalt”, “Rhodora” e “Jon Dondon”. Em sua segunda parceria com Gilroy, Jake Gyllenhaal diverte como o crítico de artes bissexual Morf, onde sua performance afetada e orgulhosa arranca riso e desconforto da plateia.

Mas aí, entra o terror. E como diria Rhodora, a feroz e implacável personagem de Rene Russo (Thomas Crown - A Arte do Crime), vender arte é menos sobre vender objetos realmente de valor e mais sobre vender objetos percebidos com valor agregado. A necessidade de comprar, vender e criticar arte no mundo elitista de Miami Beach é mais sobre status pessoal, menos sobre engrandecimento. 

Muito espertamente, o filme tem um ponto claro: nesse filme, a arte “prostituída” e reduzida a negócios (Rhodora chega a esconder grande parte das obras de Dease para poder vender mais em períodos de baixa) finalmente tem sua oportunidade de vingança, assassinando suas vítimas aparecendo em quadros, instalações e esculturas. E nessa crítica à altura cultura com seu verniz de sofisticação escondendo indivíduos profundamente desleais, elitistas, preconceituosos… Enfim, vazios.

Mas essa vingança que poupa os artistas esconde o tiro no pé: enchendo seus filmes com protagonistas como Gyllenhall, Russo, John Malkovich, Toni Collette, Gilroy cria uma espécie de Uma Noite Alucinante para quem jamais veria esse tipo de filme, não faz questão de ver esse tipo de filme e só verá Velvet Buzzsaw por causa do seu verniz de bom cinema, orçamento relativamente alto (21 milhões), vencedores de prêmios… Mas tudo isso disfarça um terror genérico e preguiçoso até dizer chega. 

Afora o súbito tom de sátira que toma seu terço inicial, o filme não segura o mesmo tom de sátira em seu terço de terror. O tom óbvio de deboche tem alguns elementos interessantes (todos os corpos sendo encontrados pela iniciante naquele mundo Coco, que vai subitamente se cansando de toda a sangueira) mas nas partes em que evoca o sobrenatural apenas faz repetir uma criação rasteira de jumpscares, música alta, personagens descrentes… Faltou, realmente, um Sam Raimi sabendo realmente implementar um “splatstick” (ou pastelão sangrento), construindo gags dentro do terror e não ao seu redor.

E nisso, olhando de esguelha para a alta cultura mas de nariz empinado para o terror - já que o comentário social sempre será mais importante e a lógica sobrenatural jamais se preocupa em ter qualquer coerência interna - o projeto do diretor que diz se inspirar em Robert Altman por usar recurso de múltiplas escolhas mais parece uma fileira de mortes encavaladas sem ter drama ou conflito nenhum.

No fim das contas, Velvet Buzzsaw não demonstra uma concepção realmente criativa para o gênero, seja para a tensão ou a sátira, constrói momentos extremamente previsíveis em seu desenrolar e é desnecessariamente longo após o ponto ser esclarecido, frequentemente ralentando o ritmo e a sensação de qualquer evento acontecendo. Decerto diverte em uma cena ou outra, mas o exorcismo verborrágico ficou pelo meio do caminho.
Por Bernardo D.I. Brum, em 08/02/2019
Avaliação:         4.5
Notas - Equipe
• Bernardo D.I. Brum 4.5
• Felipe Leal 4.5
•  Média 4.5
Notas - Usuários
5.3/10 (27 votos)
Minha nota:
0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 4.5 5.0 5.5 6.0 6.5 7.0 7.5 8.0 8.5 9.0 9.5 10.0
    --
• Todas as opiniões 
Comente no Cineplayers (0)
Não há opiniões dos usuários.
Comente no Facebook
Todas as informações aqui contidas são propriedades de seus respectivos produtores. Sugestões? Reclamações? Elogios? Faça valer sua opinião, escreva-nos!
 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#69 Indicados ao Oscar 2019
#68 Creed II
#67 Vidro
#66 Homem-Aranha no Aranhaverso
#65 WiFi Ralph e O Retorno de Mary Poppins
#64 Melhores Filmes de 2018
#63 Duro de Matar
#62 Roma
#61 O Senhor dos Anéis
#60 Scarface
#59 Infiltrado na Klan
#58 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
#57 O Legado de Stan Lee
#56 O Roteiro de Cinema
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
 FICHA DO FILME

 Velvet Buzzsaw
(Velvet Buzzsaw, 2019)
• Direção:
- Dan Gilroy
• Elenco Principal:
- Jake Gyllenhaal
- John Malkovich
- Billy Magnussen
• Sinopse: Depois que uma série de pinturas de um artista desconhecido é descoberta, uma força sobrenatural promete vingança contra aqueles que permitiram que sua ganância atrapalhasse a arte.
 FILMES RELACIONADOS
• O Abutre
• Roman J. Israel, Esq.
• Thomas Crown - A Arte do Crime
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE