FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
OPINIÕES
Ninfomaníaca - Volume 1
(Nymphomaniac: Volume 1, 2013)

6.9
(367 votos)


Editores (6)

20/04/2014
"Ninfomaníaca é estranhamente menos orgânico do que a obra de Trier - soa mais gratuito e episódico - e até menos ousado do que se poderia esperar. Ainda assim, o diretor expõe como poucos verdades que muitos não teriam coragem de colocar na tela."

Alexandre Koball

7.0

29/12/2014
"É um filme pesado que certamente não funciona sozinho (e nem foi pensado como tal), mas até aqui soou gratuito, raso demais no tema principal (e complexo em devaneios) e com Uma Thurman roubando a cena. Até o sexo, que é o real foco, é decepcionante."

Rodrigo Cunha

6.0

10/12/2014
"Mais convencional do que aparenta, Trier troca o grafismo, a polêmica, e a perversão, por muita teoria, filosofia, e transforma a discussão do conflito entre sexo x prazer x culpa numa espécie de filme-tese. Inconclusivo, mas ainda assim interessante."

Régis Trigo

6.0

07/05/2014
"Bastante irregular, flertando com o pretensiosismo nas chatíssimas digressões metafóricas de Seligman, mas ainda assim ousado e filmado com habilidade por Von Trier. Parece uma obra incompleta, que necessita do segundo volume."

Silvio Pilau

6.0

20/12/2014
"O cineasta sempre forçou a barra, mesmo em seus melhores trabalhos, mas aqui suas reflexões carregam uma filosofia vazia de didatismo excruciante, que as vezes esquece que é cinema, que faz rir involuntariamente."

Gabriel Papaléo

3.5

20/03/2017
"A divisão certamente prejudicou o aproveitamento desta primeira parte da suposta obra ousada de Von Trier, que de ousadia tem pouco, e que se ainda levanta questões pertinentes sobre a sociedade, não se esclarece e deixa suas ideias soltas."

Rafael W. Oliveira

6.0
Usuários (62)

10/10/2016
"O corte final não lhe fez muito bem. Apesar do ótima sequência na qual Uma Thurman aparece, falta o impacto tão alarmado por seu criador em suas cenas."

André Oliveira de Araujo Ferreira

6.0

13/06/2016
"Com estilo e até certo conteúdo, Trier discorre acerca do surgimento de um vício. É uma pena que, vez ou outra, acabe divagando (como nos pretensiosos monólogos de Seligman). Ainda assim, o saldo final da obra é positivo. Destaque para Martin e Thurman."

Diego de Mendonça Costa

6.5

30/12/2015
"Experiência bastante interessante. Prende do início ao fim e não fica monótono, mesmo com 2:30 de duração (versão sem cortes). Stacy Martin e Uma Thurman (quase irreconhecível) são a alma desse 1º volume."

Leandro Moura Lima

8.0

29/06/2015
"Menos ousado do que, a princípio, parecia, mas um filme com uma abordagem psíquica aprofundada. Memórias em um divã."

Patrícia R. F. Lazzarini

8.0

04/02/2015
"Metaforeando pra cacete em mil analogias,Trier como sempre faz um conto único sobre o sofrimento aceitado. Mais lindo visual dos seus. Admirável colocar o sexo explícito (ousado e impressionante,muito bem usado) como elemento natural,apenas parte do tod"

Adriano Augusto dos Santos

8.5

20/01/2015
"Há muito metaforismo barato e algumas passagens risíveis (a sequencia com Uma Thurman). Os traços de Trier continuam, principalmente seus longos planos contemplativos e sua auto-promoção, que vendeu bem. A versão sem cortes é um softporn transgressor sim."

Marques Chery M.K

5.0

16/01/2015
"Bem cansativo.. e arrumaram uma mulher horrorosa"

Leandro Mesquita

5.0

20/12/2014
"A primeira parte da história de Joe é bem mais interessante q a segunda, é mais leve e bem humorada e conta com uma convincente atuação da atriz q interpreta a personagem na juventude. Apesar disso, ironicamente, se mostra frígido na maior parte do tempo"

Caio Santos

6.0

11/09/2015
"Bem fotografado, bem interpretado, mas vazio demais em se tratando de Trier. Talvez ao ver o volume 2 o conjunto aumente a qualidade desse aqui."

Conde Fouá Anderaos

0.0

18/11/2014
"Exagerado, irregular e apelativo! Esse é o cinema de Trier, nada agradável!"

Robson Filho

5.0

04/11/2014
"A sensação do incompleto atrapalha uma 'digestão' apropriada acerca da moralidade da protagonista e suas ações, necessitando obviamente da conclusiva parte II. Mas algo é evidente: a comédia nos diálogos de Seligman e o capítulo de Uma Thurman são demais."

Daniel Borges

5.0

24/10/2014
"Estudo sobre sexualidade, aliado a comportamento existencial. Muito erotismo, porém, bastante natural, em se tratando de filme, belga-dinamarques."

ADEMAR FERREIRA BESSA

4.0

12/10/2014
"Mais depressivo do que o esperado. Um filme maduro."

Pedro Luis Santos Miranda

8.0

12/09/2014
"Nem é pra tanto.."

Pedro Henrique Gutterres

6.5

13/06/2015
"O projeto narrativo mais convencional do diretor, mas ainda assim inteligente, honesto e relevante. A análise freudiana sobre os relacionamentos humanos também é bastante interessante e Trier dá um tapa na cara da hipocrisia da sociedade atual."

Luiz Fernando de Freitas

7.5

21/08/2014
"É uma introdução interessante e só. Não me provocou reação alguma, o que é estranho, pois o que menos espero após uma sessão do Trier é terminar sem um momento que provoque alguma reação, seja ela qual for."

Ícaro Santana

6.5

18/08/2014
"Irônico e pretensioso demais, mas não deixa de ser poderoso! A estética é linda, a narrativa é interessante e as digressões de Seligman são muito inteligentes e complexas! Impossível terminar e não sentir vontade de saber como termina a jornada de Joe!"

João Ferreira

8.0

05/08/2014
"O que uma ninfoman¨ªaca tem a contar? Lars Von Trier consegue o suspense e o interesse pelo assunto (sexo) que ainda ¨¦ e sempre ser¨¢ um grande tabu para a sociedade."

Edinbergh C. de Oliveira jr

8.0

20/07/2014
"Os melhores momentos do filme se passam com a Uma Thruman."

Pedro Degobbi

7.5

30/06/2014
"Von Trier conseguiu o que queria. (Ok, talvez não com aqueles que procuravam apenas por putaria ou alguma história redentora genérica.) Ninfomaníaca incomoda. Para o bem e para o mal. Não há muletas morais. Por mais distantes que queiramos nos manter, por"

Vinícius de Castro

7.0

30/05/2014
"♥"

Leandro Albano Marchette

8.0

17/05/2014
"O primeiro trecho é bastante contido e até o momento sem propósito. A estrutura em capítulos de Trier já começa a ficar intragável muito embora seu estilo narrativo seja atamente sofisticado."

Eliezer Lugarini

6.5

16/04/2014
"Menos ousado do que parecia. Seria melhor sem os tiques anormais de Trier cheio de divagações e metáforas de quinta q a cada situação compara sexo e a natureza humana com as mais pobres fontes, o que o torna ambicioso demais. Mas agrada, de modo geral"

Anderson de Souza

6.5

15/04/2014
"Um drama que supera a pornografia: relatos que transmitem emoção... quem disse que sexo é vulgar?"

Francisco César Costa Lins

8.0

31/03/2014
"Tem suas engenhosidades e simbolismos interessantes que dão intensidade a história, mas falta alguma coisa, um motivo maior pra mostrar a que veio, fator que evidencia a necessidade da segunda parte ou mesmo a duração um pouco desnecessária."

Guilherme Algon

6.5

30/03/2014
"Como uma grande introdução do tema, repleto de metáforas, comparações e muito do papo-cabeça presunçoso de Trier, o roteiro só "chove no molhado", sem objetivo claro, que sinalize algo coerente na trama (aparentemente, apenas sensacionalismo pedante)."

GILBERTO C. MESQUITA

2.5

03/04/2014
"Com o perdão do "trocadilho", o filme é uma suruba de ideias, conceitos, cenas, narrações, metáforas, mas sem formar um todo coeso ou tese central. A analogia à pescaria é ridícula, mas a comparação com a música é prova da genialidade irregular de Trier.."

Diego Henrique Silveira Dâmaso

6.0

25/03/2014
"Assim como em Anticristo e Melancolia, parece haver algo de irrecuperável no humano. A sexualidade, em Joe, não é angústia, felicidade, gozo. Não é nada, a rigor. É um ato desprovido de sentido, embora sempre em busca de sentido."

Edward Jagger DeLarge

10.0

29/12/2014
"O capítulo com Uma Thurman é sem dúvidas o melhor deste primeiro volume, que promete muito mas jamais atinge seu ápice."

Gustavo Coelho

6.0

15/11/2015
"Como uma sinfonia Von Trier vai construindo a personagem, uma bela e interessante sinfonia."

Luis Felipe

7.0

24/03/2014
"Bom"

André Felipe Cerezer

6.5

18/03/2014
"Von Trier abraçando suas limitações para não precisar abraçar o ilimitado (sub)mundo do sexo, neste primeiro volume. Graças a Deus."

Douglas Rodrigues de Oliveira

4.0

18/03/2014
"Por se tratar de um filme incompleto dilui um pouco a narrativa. Contudo, mostra a que veio. O sexo é tratado como frio e distante, não é erótico, traduzindo o vazio da vida da protagonista. Uma Thurman explode de talento. Resta agora o desfecho."

RAPHAEL ANTONIO MORAIS RUELA

8.0

16/03/2014
"Atuação estarrecedora de Uma T., e uma direção que grita de todos os cantos o nome de Lars Von T. - inconfundível. Na trilha sonora, o destaque vai para a música que abre o filme e destoa do conjunto de imagens."

CG.

7.0

15/03/2014
"Trier usa e abusa de metáforas, quando poderia se preocupar mais com o estudo da sua personagem, e quase prejudica a primeira parte de sua pretensiosa obra. Ganha qualidades pela boa performance de Stacy Martin e algumas reflexões sobre amor e sexo."

Paulo Matheus

6.5

14/03/2014
"O mais absurdo nessa 1ª parte é que, ao extremo contrário do que se esperava, é o filme mais leve e divertido do diretor, que utilizou macetes para dar fluidez ao pesadíssimo tema, aliado a um roteiro firme e atuações poderosas. Uma introdução magistral."

Gustavo Hackaq

9.0

20/02/2014
"Apesar das afetações de Lars Von Trier, é um filme que eu queria ter terminado de assistir."

Vítor Miranda

6.0

09/02/2014
"Stellan eu te amo, mas pelo amor de Deus, CALA A PORRA DA SUA BOCA"

Keila Gropelo Tanaka

7.0

03/02/2014
"Von Trier tem uma estética que prende a atenção, mas o estilo de narrativa empregada soa antiquada, indo de encontro com a modernidade que o mesmo emprega."

Daniel Oliveira

7.5

15/07/2016
"Visto no cinema em 02-02-2014 - Cinépolis Iguatemi."

Davi de Almeida Rezende

9.0

01/02/2014
"01/02/14"

Eduardo Scutari

8.0

07/05/2014
"3+4 = 7"

Luis Guilherme Oliveira Dantas

7.0

30/01/2014
"Eu gostaria que o cinema de Trier fosse mais sincero e menos movido por uma ânsia de chocar visivelmente imatura e ineficaz. Há pontos interessantes no filme que acabam se perdendo em meio a um arsenal de infantilidades. Mesmo assim, quero ver a parte 2."

Vanessa Soria

6.0

02/03/2016
"Hilário."

Nilmar Souza

6.0

14/04/2015
"Joe como um peixe desvenda o lado animal dos homens e aprende sobre a vida, encontra a sua polifonia de vida. E agora que ela nao consegue mais amar, o que vai acontecer?"

Josiel Oliveira

10.0

25/12/2014
"É uma introdução, uma incompletude em si mesmo, evidentemente. É razoável não saber, ainda, o que é Ninfomaníaca, mas, por ora, posso dizer que este primeiro volume são duas horas de puro deleite - é Von Trier, nunca parando de surpreender. Incrível."

Matheus Castelo Branco

8.0

28/01/2014
"Belo filme sobre a degradação do ser humano, sexo casual, a relação com o amor!! Tudo isso num único e marcante personagem. A única ressalva eh o capitulo com o pai, mas o restante eh tudo perfeito!"

Alan Nina

9.0

23/01/2014
"O mau gosto e a grosseria imperam de tal forma que chega a parecer uma comédia às vezes. Trier consegue prender a atenção mas continua com uma concepção troncha de cinema e ser humano - personagens rasos, palavra e imagem extremamente redundantes."

Polastri

5.0

23/01/2014
"Trier tenta despudorar no cinema nossa sociedade recatada, e acaba com isso exagerando um pouco por puro fetiche, porém, a narrativa prende, faltou talvez ser mais atmosférico e menos frio, mas o resultado é positivo nessa primeira metade."

Bruno Ricardo de Souza Dias

7.0

21/01/2014
"O melhor ato é de Uma Thurman"

Mauricio Antunes

6.0

12/03/2014
"Lars Von Trier traz um interessante ponto de vista sobre a sexualidade, a obra vai melhorando a cada capítulo a mais até chegar a o ápice que é ultimo capitulo."

Caio Henrique

8.5

19/01/2014
"Atuações regulares das atrizes que interpretaram Joe. Boa direção de Von Trier, assim como o roteiro. Apresenta cenas bem eróticas, pautadas com reflexões e drama, e, pasmem, até mesmo cenas engraçadas (né Uma Thurman?). No mais, regular."

Kennedy

7.0

19/01/2014
"Como vários do Trier, parece mais uma grande brincadeira pretensiosa, de mau gosto, perversa, de alegorias explicadas, mas bom conteúdo a respeito da natureza humana, do corpo e alma, do ser e desejar, com atuações verossímeis e um final desesperador."

Bruno Kühl

7.0

18/01/2014
"Muita enrolação e lerdeza para tratar esse assunto, essa doença. Muita falta de objetividade e uma linguagem rebuscada para enganar uma suposta inteligencia nesse filme. Não recomendo, perca de tempo ..."

Badi Pezeshkzad

0.0

15/01/2014
"Filme interessante, apesar do erro de estar dividido em duas partes."

Evandro dos Santos

8.0

18/01/2014
"haaa lars!? uma historia pela metade. ricos produtores."

DIOGO HENRIQUE CABRAL LEITE

8.0

26/01/2017
"Incompleto, claro, mas ainda assim um ótimo filme. Uma Thurman em chamas."

Gabriel Frati

7.5

14/01/2014
"Filme adentra profundamente na possível explicação do caos que é a vida. Acaso? Lars von Trier enigmático e profundo. Bravo!"

Guilherme Saeger C. Albuquerque

8.5

14/01/2014
"Elenco afinado (destaque para a participação rápida, mas luminosa de Uma Thurman), uma direção de personalidade, um roteiro bem arquitetado e conteúdo sexual justificado forma uma interessante provocação sobre os males do sexo e do amor."

Eduardo Pepe

7.0

12/01/2014
"A direção precisa e experimental de Von Trier é algo que nunca irá desapontar, mas Nymphomaniac é puro marketing e esse cheiro (que fede muito) incomoda muito durante toda a sessão."

Wellington Junior

6.0

12/01/2014
"Tanta polêmica, tanta discussão, tanto marketing, e no fim é só mais um filme bobo e ruim do Lars von Trier. Se tem algo que se salva, é a passagem com Uma Thurman."

Douglas Braga

5.0

10/01/2014
"Espalhando deboche e provocando o espectador, Von Trier torna a enxergar o corpo humano como um campo de provas."

Patrick Corrêa

8.0
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2017)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE