FILMES CRÍTICAS NOTÍCIAS PERFIS TRILHAS TOPS PREMIAÇÕES ARTIGOS COMENTÁRIOS FÓRUNS   SÉRIES PUBLICIDADE
CENTRAL DE USUÁRIOS   |    CADASTRE-SE   |   ENTRAR
   
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS
TOPS
PREMIAÇÕES
ARTIGOS
COMENTÁRIOS
FÓRUNS

SÉRIES
CADASTRE-SE   |   ENTRAR
TÓPICO

Regras:
Obs. 1: o formulário de postagem está disponível apenas para usuários cadastrados e logados no sistema.
Obs. 2: evite brigas! Discussões tolas poderão ser deletadas sem prévio aviso.
Obs. 3: é proibido (sujeito ao trancamento do tópico, banimento do usuário, exclusão do tópico ou até mesmo exclusão do usuário em casos mais graves): spam e divulgação de links para download de filmes piratas.

Marighella e a Democracia

páginas: 1 2 [Próxima]

(#547766)
Por Bernardo D.I. Brum, em 22/01/2019 | 13:29:05 h
Kadu, você é da polícia política? Perguntando sinceramente. Que papo é esse de "mostre-se quem escreveu, vamos ver a máscara cair"? Tom de ameaça adolescente. E o que te legitima a chamar alguém que pensa diferente de você de iletrado?

Que bom pra você que você é de direita, mas não fica usando isso como aprovação para tudo que você faz não.
(#547773)
Por Bernardo D.I. Brum, em 22/01/2019 | 13:53:30 h
Beleza, a partir de hoje se o assunto for política a gente te encaminha para aprovação prévia.

Boa tarde!
(#547795)
Por Josiel Oliveira, em 22/01/2019 | 18:11:39 h
(#547800)
Por Daniel Mendes , em 22/01/2019 | 19:49:52 h
Prefiro considerar o Marighella como um filhote dos eventos políticos da época do que herói/vilão, mas se o debate cultural é vencido pela direita (conservadora ou reacionária) passam pano pro Ustra, se é vencido pela esquerda o viés muda (apoio ao Marrighella, Dilma heroína Coração Valente, etc) . Palhaçada pq o Brasil não tem heróis na sua narrativa histórica, daí tenta investir em pessoas aparentemente oprimidas ou moralizantes (Zumbis, Dilma, Lula, Ronaldo Fenômeno, Senna, agora Bolsonaro e até Pedro II pros monarquistas de plantão). Uma bosta.....não suporto as admoestações ao Gilberto Freyre, de repente colocaram palavras reacionárias ou hipócritas na boca dele simplesmente por não ter aderido a corrente posteriormente hegemônica e não ter aproveitado o material de pesquisa pra aprofundar a opressão materialista da época.
(#547825)
Por Júlio César, em 23/01/2019 | 14:56:45 h
É impressionante como o Kadu tem um talento espetacular postar merda sobre todos períodos históricos. Sério, vc tá de parabéns!

Mas vamos lá novamente: ô seu idiota hahahaha, vou tentar como funciona a produção do conhecimento históri:

A história é a ciênciaa do passado. Quando alguém começa dizendo "ah, se tivesse acontecido isso..." aí já não é mais história, e sim especulação. Nada contra, mas já não é mais história. Outra coisa: para se construir uma análise histórica confiável de determinado período é preciso se apoiar no cruzamento das mais variadas fontes, fontes essas que precisam passar por uma profunda análise: autoria, interesses, local, contexto e por aí vai. Então não bastar dizer: "x conhecia y, logo sabe a verdade", ou "z viveu no período, sabe mais do que qualquer um". Historiador nenhum se apoia somente em fontes orais.

Pois bem, Marighella passou basicamente por três fases na sua militância política: na juventude (década de 30) foi preso porque escreveu os poemas contra o interventor da Bahia durante a era Vargas. Depois entrou no PCB, que na época defendia a tese da revolução armada. A Intentona Comunista rola em 1935. Em 1936 é preso e torturado. É solto, mas seria preso e torturado novamente em 1939, no Estado Novo (ditadura varguista). Só seria liberado em 1945.

Aí começa a segunda fase: em 1945, o PCB abandona a tese revolucionária, e adota o reformismo. Com o partido legalizado, Marighella é eleito deputado federal. Participa da Assembléia Constituinte para criação da Constituição de 1946 de viés liberal. Defendem ideias reformistas como a reforma agrária e políticas sociais de combate a desigualdade. Mas em 1948 teve seu mandato cassado, pois o PCB tornou-se ilegal novamente. Já consequências da Guerra Fria.

Na sua última fase, na clandestinidade, volta a radicalização. Nos anos 50 passa um tempo na China Maoísta, mas é com a Revolução Cubana em 1959 e depois com o golpe de 1964 que Marighella entra de cabeça na luta armada. Rompe com PCB de viés reformista, e cria a Ação Libertadora Nacional (ALN). Seria assassinado em 1969 pela ditadura militar numa emboscada.

Então, esse são as fatos históricos. Marighella, como poucos, teve coragem de enfrentar duas ditaduras( varguista e militar). Foi brutalmente torturado e ainda assim não abandonou a luta. Chegou a acreditar por um tempo na democracia liberal, mas foi obrigado a voltar a clandestinidade. A partir disso, só via guerrilha como a única forma de derrubar a ditadura e criar um "sistema totalmente novo e uma estrutura revolucionária social e política, com as massas armadas no poder", como ele mesmo diz "No manual do guerrilheiro urbano".

Se Marighella tivesse derrubado os militares, o Brasil seria melhor?! Nunca saberemos. Provavelmente, não. Agora uma certeza: a Ditadura Militar foi uma desgraça para o país.
(#547829)
Por Júlio César, em 23/01/2019 | 15:42:22 h
"Tu tem que entender que esse "...e se tivesse acontecido.." ao qual tu se refere caiu por terra quando ex-guerrilheiros de esquerda mostraram qual era a real intenção."


Qual foi a parte que tu não entendeu que um historiador não se apoiar só em fontes testemunhais?! Que mostrar a complexidade de uma figura histórica não é romantizar? Eu chamei o cara de herói por acaso?!

Mermão, tu é burro pra carai!
(#547881)
Por Bernardo D.I. Brum, em 23/01/2019 | 18:54:54 h
Olha, a gente não viu o filme e estamos no escuro... Se é uma romantização ou um estudo de personagem, só o tempo dirá.

De qualquer forma, o Richard Fleischer e o Omar Shariff (em Causa Perdida), o Walter Salles e o Gael Garcia Bernal (em Diários de Motocicleta), o Steven Sodebergh e o Benicio Del Toro (Che) fizeram filmes sobre o Che Guevara, guerrilheiro que de fato derrubou um regime e instaurou outro, e os EUA não viraram os "Sovietes Unidos da América" por conta dessas obras por conta desses quatro filmes, todos produzidos/distribuídos por companhias privadas (Fox, Buena Vista e Wild Bunch).
(#547915)
Por Daniel Mendes , em 24/01/2019 | 15:16:05 h
Eu discordo do Júlio César Filho quando ele diz "ah, se tivesse acontecido isso...aí já não é mais história e sim especulação". Aí me parece que aqueles que são derrotados por regimes ruins sempre se tornam mártires (sem sabermos ao certo os resultado prático do projeto político que defendiam). O Kadu está usando um comparativo com outros regimes nos quais ativistas políticos conseguiram a tomada de poder, não é ciência exata, mas a partir do momento em que há um comparativo histórico não se trata de simples especulação. O grande liame do debate se encontra nos recursos usados (sequestro de civis, violência, tortura de aparatos do regime repressivo), nas meias verdades propagadas e nas eventuais consequências caso se tornassem situação. O simples fato de se revoltarem contra aparatos autoritários e poderosos não justifica homenagens exageradas e distorções históricas que influenciam o imaginário popular. Claro que não me sinto bem falando mal dele, do Lamarca, da Dilma e de outros, muito menos passando pano pros torturadores, mas tbm não sou ingênuo a ponto de aceitar englobar tudo no mesmo balaio. No Brasil há alguns governos influentes que acarretaram desenvolvimento fosse social/econômico como Vargas, Juscelino, Médici, Itamar, FHC (1°mandato) e Lula; do outro lado há aqueles que só fizeram bobagens como Dutra, Geisel, Figueiredo, Sarney, FHC (2° mandato) e agora Dilma. O importante é não passar pano somente pelo aspecto ideológico e nem utilizar o combate político repressivo ou denuncias de corrupção como justificativa pra desmerecer qualquer mérito econômico/social.
(#547916)
Por Daniel Mendes , em 24/01/2019 | 15:20:44 h
https://politica.estadao.com.br/blogs/marcos-guterman/carlos-marighella-heroi/ Aqui rola até uma opinião negativa do Florestan Fernandes sobre a influência do Marighella para a luta contra o regime.
(#547923)
Por Bernardo D.I. Brum, em 24/01/2019 | 17:44:59 h
Acontece, bicho. Você tem todo o direito de se irritar e achar vergonha, assim como nós não vamos proibir alguém de escrever nada que a Constituição não proíba.

Da mesma forma que tem uma prévia positiva do filme do Marighella tem texto elogiando positivamente o filme do Olavo de Carvalho aqui no site. Tem texto elogiando Clint Eastwood e texto elogiando Ken Loach...

Obrigado por expressar sua insatisfação com isso, mas se a opinião não é tolhida pela lei (como defender o nazismo, por exemplo) a gente não pode realmente impedir a pessoa de opinar.

páginas: 1 2 [Próxima]
Cineplayers não se responsabiliza pelas postagens deste fórum. Ajude-nos a manter a integridade do conteúdo, caso veja algum abuso ou comentário ofensivo, entre em contato conosco, denunciando (passe o link do material original).

 CINEPLAYERS CAST
CP Cast
#69 Indicados ao Oscar 2019
#68 Creed II
#67 Vidro
#66 Homem-Aranha no Aranhaverso
#65 WiFi Ralph e O Retorno de Mary Poppins
#64 Melhores Filmes de 2018
#63 Duro de Matar
#62 Roma
#61 O Senhor dos Anéis
#60 Scarface
#59 Infiltrado na Klan
#58 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
#57 O Legado de Stan Lee
#56 O Roteiro de Cinema
#55 Halloween (2018)
#54 O Primeiro Homem
#53 Nasce Uma Estrela
#52 Musicais no Século XXI
#51 70 anos de John Carpenter
#50 Breaking Bad - 10 Anos
#49 Neorrealismo Italiano
#48 O Exorcista
#47 Wall-E
#46 The Last of Us
#45 60 anos de Tim Burton
#44 Meu Amigo Totoro
#43 Missão: Impossível - Efeito Fallout
#42 Filmes da Sessão da Tarde
#41 Batman: O Cavaleiro das Trevas
#40 100 anos de Ingmar Bergman
#39 Os Incríveis 2
#38 Era Uma Vez no Oeste
#37 Jurassic Park e Jurassic World
#36 O Bebê de Rosemary
#35 A Noite dos Mortos-Vivos e Despertar dos Mortos
#34 Han Solo: Uma História Star Wars
#33 Deadpool 2
#32 Um Corpo que Cai
#31 Stephen King no Cinema
#30 Vingadores: Guerra Infinita
#29 A Franquia 007
#28 Um Lugar Silencioso
#27 2001: Uma Odisseia no Espaço
#26 Jogador Nº1
#25 Planeta dos Macacos
#24 Quentin Tarantino
#23 75 anos de David Cronenberg
#22 Projeto Flórida
#21 Trama Fantasma
#20 Três Anúncios Para um Crime e Lady Bird
#19 Oito e Meio de Fellini
#18 A Forma da Água
#17 The Post e os filmes de Jornalismo
#16 Indicados ao Oscar 2018!
#15 20 Anos de Titanic
#14 Nostalgia Cinéfila - Especial 15 Anos!
#13 Melhores de 2017
#12 Star Wars: Episódio VIII - Os Últimos Jedi
#11 Especial Natalino
#10 Assassinato no Expresso Oriente
#9 Onde os Fracos Não Têm Vez
#8 Liga da Justiça
#7 Stranger Things
#6 45 anos de O Poderoso Chefão
#5 Branca de Neve e os Sete Anões
#4 Halloween
#3 Blade Runner / Blade Runner 2049
#2 De Volta Para o Futuro
#1 Os Goonies
#0 O Piloto
 LEIA TAMBÉM
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

CENTRAL DE USUÁRIOS
FILMES
CRÍTICAS
NOTÍCIAS
PERFIS
TRILHAS SONORAS
HOME CINEMA
TOPS
COMENTÁRIOS
ARTIGOS
PREMIAÇÕES
JOGOS
FÓRUNS
PAPÉIS DE PAREDE
MAIS ASSISTIDOS
EQUIPE
NOSSA HISTÓRIA
CONTATO
PERGUNTAS FREQUENTES
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
ESPECIAL A NOVA HOLLYWOOD
ESPECIAL WES CRAVEN
CHAT
MAPA DO SITE
API CINEPLAYERS
ANUNCIE CONOSCO
         
CINEPLAYERS LTDA. (2003 - 2019)

           
 USUÁRIOS
 + ASSISTIDOS
 EQUIPE
 HISTÓRIA
CONTATO
FAQ
PROMOÇÕES
ESTATÍSTICAS
WES CRAVEN
MAPA DO SITE
API
ANUNCIE
Apoiadores
Promobit: O site para encontrar aquela promoção imperdível