Saltar para o conteúdo

Artigos

7+: Escravatur​a Negra

A despeito de contextos distintos, a escravidão nos Estados Unidos e no Brasil apresenta aspectos comuns além da exploração (e violação dos direitos humanos) de negros africanos, e nos cinemas norte-americano e tupiniquim tais similaridades, em obras importantes, contribuem para um melhor entendimento da história de cada país e por suscitar debates e reflexões pertinentes a questões raciais, sociais, até mesmo econômicas, no mundo contemporâneo. Abaixo, sete filmes sobre a escravatura negra nos países citados:

 

7. Quilombo (Idem, 1984)

 

6. Tempo de Glória (Glory, 1989), de Edward Zwick

 

5. Django Livre (Django Unchained, 2012), de Quentin Tarantino

 

4. A Cor Púrpura (The Color Purple, 1985), de Steven Spielberg

 

3. Quanto Vale ou e por Quilo (Idem, 2005), de Sergio Bianchi

 

2. Manderlay (Idem, 2005), de Lars Von Trier

 

1. Xica da Silva (Idem, 1976), de Carlos Diegues

Comentários (21)

Rodrigo Torres | sábado, 08 de Junho de 2013 - 00:02

Conheço Amazing Grace, Douglas, mas nunca vi. 😕

Bem Amada eu não conhecia. Vou pegar os dois pra ver.

E gostei do teu comentário, Demetrio. Vi alguns, outros não. E sim, Madame Satã é ótimo! Quanto a Django Livre, recomendo que busque o texto da Kênia no Multiplot! Ela expõe com muita habilidade seus argumentos para defender a reflexão sobre a condição negra no filme de Tarantino.

Marcelo Mello | sábado, 08 de Junho de 2013 - 01:18

Rodrigo, o melhor é ler o livro "Amada", de Toni Morrison. Tem uma edição da Cia. das Letras traduzida ou então o original em inglês em qualquer site pirata. O livro inspirou o filme "Bem Amada" (como eu disse, bem inferior à obra literária) e sua leitura muda a vida da gente. Mesmo.

Rodrigo Torres | sábado, 08 de Junho de 2013 - 08:52

Wow! Vou procurar, com certeza.

Faça login para comentar.