Saltar para o conteúdo

Artigos

7+: Geração X

A geração que sucedeu os Baby Boomers e alcançou a adolescência ou idade adulta no início dos anos noventa foram filhos de um contexto cultural confuso - o fim da Guerra Fria e da União Soviética, a queda do muro de Berlim, a Guera do Golfo, o grunge, o surgimento da world wide web, o aumento dos casos de AIDS, os videogames - o que refletiu em um espírito particular de uma época, o slackerism (o tédio e a apatia crônicos, a depressão e a insegurança) que geraram um sem número de obras que, cada uma à sua maneira em formas, gêneros e narrativas diferentes foram representativas do espírito de uma geração, criando ícones ambíguos e anacrônicos que ainda provocam curiosidade e estranhamento até hoje.

 

07. Trainspotting - Sem Limites (1996), de Danny Boyle

 

06. Vida Sem Destino (Gummo, 1997), de Harmony Korine

 

05. Garotos de Programa (1991), de Gus Van Sant

 

04. Jovens, Loucos e Rebeldes (1993), de Richard Linklater

 

03. Pelo Amor e Pela Morte (1994), Michele Soavi

 

02. Pulp Fiction - Tempo de Violência (1994), de Quentin Tarantino

 

01. O Grande Lebowski (1998), de Joel e Ethan Coen

Comentários (25)

Danilo Oliveira | segunda-feira, 12 de Agosto de 2013 - 09:27

Clerks
Kids ; Ken Park (ok...ja tem, gummo)
Juno (ok... esse é de 2007)
The Breakfast Club (nao obstante ser de 1985, tem seu lugar tbm)
BASKETBALL fucking DIARIES 😁
Boogie Nights
Beleza Americana

PS: "clube da luta" é um dos filmes mais fodas de todos os tempos mas acredito que nao se encaixa na "transiçao idade adolescente-adulta".

Francisco Bandeira | domingo, 18 de Agosto de 2013 - 11:01

Tem que fazer um post completo para falar da Geração X, pois Cusack e Hughes são obrigatórios em qualquer lista que abordem o tema!!! 😉

Luís F. Beloto Cabral | sexta-feira, 16 de Junho de 2017 - 01:29

Sabe, acho interessante pensar O Rei Leão nesse contexto. Enquanto todos esses filmes apresentam uma geração relativamente perdida ou insegura sobre o seu rumo, surge um desenho que prega a reconciliação com a figura paterna. A geração sexo, drogas e rock'n roll rompeu com esse pai e toda a tradição que ele representava, e nos anos 90, um dos lançamentos mais bem-sucedidos de Hollywood celebra o retorno do filho pródigo para casa.

Faça login para comentar.