Saltar para o conteúdo

Artigos

7+: Planos Sequência - Parte 1

Tecnicamente, o plano-sequência é a filmagem de toda uma ação contínua, através de um único e longo take, sem cortes, em pelo menos dois ambientes distintos.

Na prática, é aquela cena em que ficamos de boca aberta ao vermos a câmera serpenteando por entre os personagens e cenários, e que sempre nos obriga a perguntar: “mas como o diretor fez isso?”

Obviamente não há imagens capazes para captar a força e o significado dos planos-sequência.

7. Boogie Nights - Prazer Sem Limites (1997), de Paul Thomas Anderson

6. A Fogueira das Vaidades (1990), de Brian De Palma

5. Os Bons Companheiros (1990), de Martin Scorsese

4. Profissão: Repórter (1975), de Michelangelo Antonioni

3. O Prazer (1952), de Max Ophüls

2. A Marca da Maldade (1958), de Orson Welles

1. Sou Cuba (1964), de Mikhail Kalatozov

Comentários (73)

Heitor Romero | segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012 - 09:57

Vestida para Matar tem uns planos legais, em especial aqueles da galeria de arte.

Seja Lá Quem Tiver Sido | terça-feira, 31 de Janeiro de 2012 - 18:30

Tem tb aquele plano sequência impressionante de "O Protetor" que o Tony Jaa vai subindo uma escadaria e dando porrada em um monte de gente durante 4 minutos, mesmo quem não gosta desse tipo de filme tem que admitir que essa cena é espetacular.

Heitor Romero | quarta-feira, 01 de Fevereiro de 2012 - 09:37

tem um bem legal tbm em Notting Hill, em que Grant vai caminhando por uma avenida movimentada enquanto as estações do ano vão passando.

Faça login para comentar.