Saltar para o conteúdo

Artigos

The Worst Movie Ever! - Entrevista com o Diretor

The Worst Movie EVER! estreou dia 19 de agosto de 2011 nos Estados Unidos e bateu um recorde inusitado nas bilheterias norte-americanas: o de pior arrecadação de todos os tempos no primeiro fim de semana. UMA pessoa foi assistir ao filme, gerando o valor de R$ 11.

O fato logo tomou as manchetes do mundo todo, sendo noticiado inclusive aqui, no Cineplayers. Conseguimos uma entrevista exclusiva com o diretor Glenn Berggoetz, que se dispôs a explicar para gente como seu filme conseguiu tal façanha. Leia a história completa logo abaixo.

Por Glenn Berggoetz.

Aqui está o que aconteceu para que nós fizéssemos US$ 11 nas bilheterias na primeira semana de lançamento de “The Worst Movie EVER!”.

Greg Laemmle, o gerente do cinema Laemmle Sunset 5, na West Hollywood (bem na borda de Los Angeles), onde o filme rodou, estava considerando exibi-lo em algum momento. Ele achou que “The Worst Movie EVER!” se daria bem na sessão da meia-noite. Inicialmente, ele achou que o Sunset 5 iria mostrar o trailer do filme por uns dois meses antes das sessões da meia-noite de “The Room”, que eles mantinham no último fim de semana de cada mês, para ver qual seria a reação a respeito do trailer. Depois, Greg achou que deveríamos, talvez, ir direto ao ponto e exibir o filme aquele fim de semana porque ele pensou que poderiam passar “The Worst Movie EVER!” no terceiro fim de semana de cada mês e “The Room” continuaria com o último fim de semana. Dia 14 de agosto recebi a confirmação de que o filme estaria sendo exibido na sexta-feira e no sábado, dias 19 e 20 de agosto.

Quando Greg questionou se deveríamos aguardar até o próximo mês para passar o filme, disse a ele que pensei que na semana passada estaria tudo bem. Imaginei promovendo ele como havia feito com meu filme anterior que recebeu lançamento nos cinemas, “To Die is Hard” – fazer um punhado de contatos através de email e Facebook, e falar com a mídia local para conseguir entrevistas e críticas. Eu estava ocupado o dia todo na segunda-feira, dia 15 de agosto, em viagem, então na terça-feira, dia 16, comecei contatando os meios de comunicação na região de Los Angeles e enviando e-mails e postagens. Conforme a semana avançava, notei duas coisas – todos os meus contatos em Los Angeles estavam ou ocupados para o fim de semana ou fora da cidade, e ninguém estava me retornando. Comecei a me preocupar.

Mas a preocupação veio de verdade quando, no sábado, durante todo o dia, não havia ouvido absolutamente nada sobre a estréia da sexta-feira à noite. E nada no domingo sobre a exibição de sábado. Sabia que não era um bom sinal. Mais tarde, no domingo, enviei e-mail aos meus contatos no Sunset 5, e na segunda-feira pela manhã eles informaram que ninguém havia ido à sessão de sexta-feira, e que uma única pessoa pagou US$ 11 para assistir ao filme no sábado.

Inicialmente, tive várias reações. Eu estava espantado com o número e pensei que aquilo não poderia estar correto. Logo passei a me sentir péssimo por ter deixado Greg e o Sunset 5 sem público naquelas sessões e por não ter trazido dinheiro a eles. Depois que o choque inicial amenizou, pensei, “Não seria irônico se ‘The Worst Movie EVER!’ fizesse a pior estréia nas bilheterias de todos os tempos?”. Ao mesmo tempo em que eu esperava que centenas de pessoas tivessem ido assistir ao filme, a ironia era boa demais para ser verdade. Além disso, eu ficaria maravilhado para conhecer quem foi a única pessoa a pagar para ver o filme, para que pusesse seu nome em meu testamento.

Contemplei não reportar os US$ 11 da bilheteria, mas prometi a Ray Subers, do site Boxofficemojo que eu lhe passaria os números que tivesse. Ele chegou a checar comigo duas vezes para saber se os US$ 11 eram corretos, e quando fiz isso, ele publicou os números. Dentro das próximas 24 horas, nosso novo recorde estava por toda a Internet, e estávamos recebendo visualizações do trailer e emails de todo o mundo. A resposta ao redor do planeta tem sido incrível!

Estamos agora esperançosos com o futuro do filme. Ele rodou na quarta-feira, dia 31 de agosto, às 23:10 h no cinema Alamo Drafthouse, em Winchester, Virgínia. Um mês antes do que aconteceu em Los Angeles já estávamos esperando por essa exibição. Doze pessoas acabaram assistindo ao filme naquela noite, e mesmo que o público tenha sido pequeno, o gerente do cinema disse que todas elas amaram o filme e se divertiram muito, de forma que ele o exibirá novamente em 22 de outubro, esperando uma grande audiência. Ele também está recomendando o filme para outros cinemas, então esperamos ter algum sucesso daqui pra frente. O filme está para passar em cinemas no Texas, Indiana e Washington DC. “The Worst Movie EVER!” também conseguiu acordos para passar na televisão em alguns meses aqui nos Estados Unidos, e nos dias 30 de setembro e 01 de outubro, Greg e o Sunset 5 nos darão outra chance, à meia-noite em ambos os dias. Com as centenas de artigos na Internet que foram escritos sobre nós, ele está esperando um público grande.

Com relação a outros países, temos recebido muito interesse de distribuidoras do Japão e esperamos ter fechado acordo nas próximas semanas para conseguir exibir o filme por lá. Também estamos conversando com algumas empresas européias. E eu adoraria conversar com distribuidoras brasileiras e argentinas, pois temos recebido muito interesse de fãs desses países.

Enquanto isso, preparamos uma página no Facebook (clique aqui) onde os fãs do filme podem se tornar “fãs oficiais” e verem nossas atualizações; e o trailer, que está se aproximando de 300 mil visualizações (veja abaixo).

Gleen complementa convidando os distribuidores do país:

Se algum distribuidor estiver interessado em nos contactar para negociar os direitos de exibição no país, basta enviar um e-mail para [email protected].

Comentários (16)

Camila C | sábado, 24 de Setembro de 2011 - 20:52 | Responder

esse trailer é uma pérola, muito engraçado!!

Rodrigo Torres | segunda-feira, 26 de Setembro de 2011 - 05:24 | Responder

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

(Agora eu tô rindo do trailer! rsss)

Faça login para comentar.