Saltar para o conteúdo
7,6
Cineplayers
9 votos
7,6
Usuários
84 votos
?
Sua nota
Direção
Takashi Miike
Roteiro:
Kaneo Ikegami (baseado no roteiro de), Daisuke Tengan (roteiro)
Gênero:
Drama, Aventura, Ação
Origem:
Japão, Reino Unido
Estreia:
20/07/2012
Duração:
141 minutos

Filmes Relacionados

Um grupo de assassinos se reúne para uma missão suicida em que devem matar um lorde.

Elenco

Kôji Yakusho
Shinzaemon Shimada
Takayuki Yamada
Shinrouko
Yusuke Iseya
Koyata
Goro Inagaki
Lorde Naritsugu Matsudaira
Masachika Ichimura
Hanbei Kitou
Mikijiro Hira
Sir Doi
Hiroki Matsukata
Kuranaga
Ikki Sawamura
Mitsuhashi
Arata Furuta
Sahara
Tsuyoshi Ihara
Hirayama
Masataka Kubota
Ogura
Sosuke Takaoka
Hioki
Seiji Rokkaku
Otake
Yûma Ishigaki
Higuchi
Kôen Kondô
Horii
Ikki Namioka
Ishizuka
Shinnosuke Abe
Genshiro Deguchi
Ittoku Kishibe
Ancião da vila
Ken Mitsuishi
Judayu Asakawa
Takumi Saitô
Uneme Makino

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Uma ótima odisseia anistórica moderna, com ecos positivos do passado. Excesso de informação/imprecisão compensado com boas cenas de ação, onde é mostrado o potencial técnico do filme. Saber contar uma história em meio a ação é um dom muito respeitável.

  • Um embate moral, e uma dança/jogo de dados com a morte. É 'Os Sete Samurais' reimaginado por Miike.

  • Tem que ter uma memória de ferro para guardar os nomes e rostos dos 13 samurais. É o melhor do Miike, apesar de vergonhosa-mente "chupinhado" de os 7 Samurais. Só de comparar com o original, dá vontade de baixar a nota ainda mais...

  • Seria melhor se soubéssemos mais sobre cada assassino, para que ao final cada perda fosse sentida. Mas todo o clímax é excelente e mesmo o começo devagar prepara bem o que estava por vir. Não tão bom quanto 'Herói', mas é um grande filme oriental.

  • O testamento samurai com a marca de Miike, reverenciando grandes clássicos . O clímax é arrebatador.

  • O leão, a serpente e a morte, tudo em um proverbio mal explorado, mas com um filme digno.

  • O início pausado,difícil e muito bem trabalhado apresenta personagens,situações e mostra que Miike está ali.Daí vem o contraste com a imensa batalha,de ação impecável,emocionante,de valores e sangue banhando a tela. Sobra ainda homenmagem à Kurosawa !

  • O fim de uma era encarada por diferentes olhos. O "honrado", o homem simples, o lorde falso e o homem da floresta.

  • O épico samurai de Miike, talvez seja seu mais apurado filme. De uma construção meticulosa e paciente, sempre modulando o trajeto para o aguardado banho de sangue final. Além de uma das mais completas discussões sobre o tempo e as tradições de um povo.

  • Épico de Takashi Miike, que apresenta o diretor mais compenetrado em sua função e serve como testamento indubitável de suas habilidades. Homenageia os mestres do gênero sem deixar de lado a própria personalidade, o que o torna este um clássico moderno.

Comentários (0)

Faça login para comentar.