Saltar para o conteúdo
5,1
Usuários
212 votos
?
Sua nota
Direção
Noam Murro
Roteiro:
Frank Miller (II) (romance), Kurt Johnstad (roteiro), Zack Snyder (roteiro)
Gênero:
Guerra, Drama, Ação
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
07/03/2014
Duração:
102 minutos

Filmes Relacionados

A trama se passará durante os mesmos três dias da Batalha das Termópilas, mostrada no filme "300". O pano de fundo será a batalha de Artemísio e a história será centrada em um personagem chamado Temístocles, um democrata ateniense.

Elenco

Sullivan Stapleton
Themistocles
Eva Green
Artemisia
Rodrigo Santoro
Xerxes
Callan Mulvey
Scyllias
Lena Headey
Rainha Gorgo
Jack O'Connell (II)
Calisto
David Wenham
Dilios
Scott Burn
Guerreiro Espartano
Hans Matheson
Aesyklos
Andrew Tiernan
Ephialtes
Andrew Pleavin
Daxos
Igal Naor
Rei Darius
Ashraf Barhom
General Bandari
Atanas Srebrev
Ferreiro
Gregor Truter
Embaixador
Peter Ferdinando
Embaixador Grego
Anton Poriazov
Remador de Themistocles

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Vivendo sempre à sombra do longa de 2007 ele segue com a mesma estrutura: Batalhas desenfredas, frases motivacionais e muito slow motion. Um filme que foi eficiente em sua proposta.

  • Única coisa boa é a fotografia. Algumas Cenas desnecessárias. Muito pesado.

  • Um bom exemplo do que pode ser chamado de ''firula cinematográfica''!

  • Tem ação revigorante e litros de sangue jorrando, mas a impressão é que o primeiro é mais encorpado. Entretanto este tem Eva Green extraordinária

  • Sem seu lendário protagonista, perde a oportunidade de deixar Xerxes (e Santoro) brilharem ao introduzir Eva Green como a personagem principal. Apesar do esforço da ótima atriz, o filme não passa de uma banho de sangue desnecessário e mal feito.

  • Sem roteiro, o filme se resume a cenas repetitivas de luta (em câmara lenta abusiva), com muito sangue e corpos cortados [e um pequeno brinde, Eva Green (em atuação deplorável) seminua, ainda que desnecessariamente], sem consistência ou coerência.

  • Se por um lado a violência foi elevada e as frases de efeitos diminuídas (o que com certeza dividiu opiniões), a falta de qualquer impacto ou criatividade nas batalhas navais e de um roteiro com relevância, questionam a existência dessa sequência.

  • Se o primeiro foi bom, este é daqueles para refletir ''será mesmo que precisava?''

  • Salvo por Eva Green, aqui tivemos a ausência de Snyder na direção que fez muita falta, mas ainda tivemos o espetáculo visual e boas cenas de ação. Stapleton até tenta, mas o Leônidas de Butler é único.

  • Ritmo alucinante o tempo todo, ágil, visual estilizado e muito slow-motion, é uma ótima e digna continuação, quiçá mais que seu original. É entretenimento dos mais pipocas? Sim, sem dúvida. Mas diverte. É sua funcão. Ou alguém espera fidelidade histórica?

Comentários (0)

Faça login para comentar.