Saltar para o conteúdo
5,8
Cineplayers
9 votos
6,5
Usuários
304 votos
?
Sua nota
Direção
Josh Boone
Roteiro:
John Green (romance), Scott Neustadter (roteiro), Michael H. Weber (roteiro)
Gênero:
Romance, Drama
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
05/06/2014
Duração:
125 minutos

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Elenco

Shailene Woodley
Hazel Grace Lancaster
Ansel Elgort
Augustus Waters
Laura Dern
Frannie Lancaster
Sam Trammell
Michael Lancaster
Nat Wolff
Isaac
Willem Dafoe
Peter Van Houten
Lotte Verbeek
Lidewij Vliegenthart
Mike Birbiglia
Patrick
David Whalen
Sr. Waters
Milica Govich
Sra. Waters
Emily Peachey
Monica
Ana Dela Cruz
Dra. Maria
Randy Kovitz
Dr. Simmons
Emily Bach
Mãe de Monica
Toni Saladna
Aeromoça
Silvio Wolf Busch
Homem em Amsterdã
John Green
Homem no aeroporto
Allegra Carpenter
Recepcionista
Daniel Booko
(voz)

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Vou assistir com minha namorada. Quando eu tiver uma. Cativante e bonito, não deixa de querer ser filosófico a todo instante mas não atrapalha muito. A química dos atores é ótima.Se não tivesse a marca do Açúcar União seria melhor, pela beleza da história

  • Uma história consistente, com um jovem casal, muito bem interpretados, que passam credibilidade. Drama, sem cair no melodramatico. A doença vista, como deve ser encarada.

  • Uma das melhores adaptações literárias de uns tempos pra cá, tradicionalmente reduzindo a profundidade e sarcasmo do livro, mas mantendo a delicadeza e o timing narrativo da história, nos entregando aquela boa e velha melancolia das tragédias amorosas.

  • Um pouco melhor que o livro, isso é um ponto positivo.

  • Surpreendentemente, oferece mais do que a aparente vitrine de clichês. Tocante na essência, traz dois protagonistas com personalidades bem construídas e, particularmente, até me fez sentir identificado por diversos momentos. Ótimo filme.

  • Só por ser best-seller adolescente muita gente torceu o nariz, mas a verdade é que é sim um ótimo filme, com atuações tocantes de Woodley e Elgort, e ainda uma pitada de comédia com o apoio de Wolff. Uma grande lição de vida, natural e emocionante.

  • Sentimentos plastificados e enlatados, aparentemente deve ter sido escrito por um adolescente qualquer que não tem o mínimo entendimento do que significa um relacionamento amoroso, o amor aqui é tratado como uma avalanche de fantasia e irrealidade.

  • Sem pressa e natural. Talvez os criadores de histórias românticas para adolescentes deveriam ter mais desse toque. O câncer de ambos os personagens é tocante.

  • Quase impossível entender tamanho sucesso.

  • Primeiro ato muito bom, mas da metade em diante caiu de mais o drama.

Comentários (0)

Faça login para comentar.