Saltar para o conteúdo
6,8
Cineplayers
9 votos
6,5
Usuários
110 votos
?
Sua nota
Direção
Christopher Landon
Roteiro:
Scott Lobdell (escrito por)
Gênero:
Suspense, Terror
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
12/10/2017
Duração:
93 minutos

Filmes Relacionados

A garota Tree Gelbman deve reviver o mesmo dia indefinidamente até descobrir quem e por que estão tentando matá-la.

Elenco

Jessica Rothe
Tree Gelbman
Israel Broussard
Carter Davis
Ruby Modine
Lori
Rachel Matthews
Danielle
Charles Aitken
Gregory
Jason Bayle
David
Phi Vu
Ryan Phan
Donna Duplantier
Enfermeira Deena
Rob Mello
Joseph Tombs
Cariella Smith
Becky
Billy Slaughter
Winter
Blaine Kern III
Nick Sims
Pamela Kay
Mãe de Tree
Emily LaGroue
Monica
Ramsey Anderson
Keith
Caleb Spillyards
Tim Bauer

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Único terror americano possível desde o Corrente do Mal, ao menos pelo choque de desfibrilador no gênero: camadas de breguice, melodrama e caricaturização de uma juventude americana, tudo atravessado por uma heroína que tem de reencenar a própria morte.

  • Gosto de clones de Feitiço do Tempo, mas aqui há pouca inspiração, a brincadeira logo cansa e o fator suspense é fraquíssimo.

  • Feitiço do Tempo + o prólogo de Pânico 4. Tem seu carisma usando o slasher como mola para comentar os gêneros cinematográficos atuais, mas acaba se levando muito a sério lá para o final. Primo pobre de Janela Indiscreta.

  • Este híbrido entre 'Feitiço do Tempo' e 'slasher movie' erra mais do que acerta (as surpresas do roteiro são bobas e se leva um pouco a sério demais), mas a premissa é bacana e, em certos momentos, até bem explorada. Não passa vergonha, o que já é algo.

  • Em um filme com essa estrutura narrativa cíclica, o timing precisa ser perfeito, ou então a fórmula se esgota e perde a graça. O grande acerto de Happy Death Day é justamente o ritmo certeiro, além de um elenco carismático e um argumento divertido.

  • Wes Craven deve estar feliz onde é que esteja.

  • Uma das maiores surpresas do ano, amei assistir esse filme as 3 vezes! Suspense com humor negro altamente tenso e envolvente.

  • Surpreende pela evolução da história, nunca optando pelo óbvio. E QUE atriz é Jessica Rothe!

  • Sim, é a reciclagem de ideias de muitos outros trabalhos, principalmente Feitiço do Tempo e Pânico, mas uma reciclagem bem feita, nivelada em sua veia cômica que não deixa o ritmo cair em momento algum. Jessica Rothe aproveita todas as oportunidades aqui.

  • Quando parece que é um filme que vai subverter certas formulas ele se volta completamente para elas. Carismático e breguissimo.

  • Premissa bem interessante, mas perigosa, se não tratada com habilidade pela direção, podendo se tornar repetitivo e até maçante. Mas as surpresas e reviravoltas na trama me deixaram intrigado até o fim, além de divertir bastante.

  • Outro filme simpático dessa safra pós-2000 de slashers revisionistas, brincando com a narrativa e convenções de gênero mesmo que siga pelo previsível quase sempre, emplacando mais pelo apelo jovem e das suas referências do que por vigor próprio.

  • Ótimas idéias recicladas de outros filmes (bem explícitas aliás), para um terror adolescente anti climático, de atores inexpressivos e tensão nula.

  • Os desdobramentos são bem elaborados nessa história que consegue sustentar seu absurdo mágico sem ofender a inteligência do espectador. Pelo contrário. Conquista a plateia.

  • O final é absolutamente previsível, mas parece uma injeção de originalidade, com bastante bom humor, em um gênero combalido. Boa surpresa neste fim de ano.

Comentários (0)

Faça login para comentar.