Saltar para o conteúdo
7,8
Cineplayers
6 votos
8,2
Usuários
117 votos
?
Sua nota
Direção
John Ford
Roteiro:
Samuel G. Engel (roteiro), Winston Miller (roteiro), Sam Hellman (história), Stuart N. Lake (romance)
Gênero:
Faroeste
Origem:
Estados Unidos
Duração:
97 minutos

Wyatt Earp (Henry Fonda) é o lendário xerife de Dodge City, mas hoje ele se limita a viajar com seus irmãos carregando gado. Em uma das viagens, ele deixa seu irmãos mais novo tomando conta do rebanho enquanto vai ao saloon. Quando volta, encontra o pequeno morto e decide aceitar trabalhar no cargo de xerife da cidade, tentando trazer a justiça ao local.

Elenco

Henry Fonda
Wyatt Earp
Linda Darnell
Chihuahua
Victor Mature
Dr. John 'Doc' Holliday
Cathy Downs
Clementine Carter
Walter Brennan
Clanton
Tim Holt
Tim Holt
Ward Bond
Morgan Earp
Russell Simpson
John Simpson
Alan Mowbray
Granville Thorndike
Grant Withers
Ike Clanton
Earle Foxe
Jogador
Francis Ford
Pai - velho soldado
Jack Curtis
Vendeiro
Roy Roberts
Prefeito

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • tema recorrente no cinema de John Ford, o papel da lei e da honra através da construção dos Eua e a jornada do homem que mantém esses princípios em frente a violência de seu meio, grande Henry Fonda.

  • Tem lá uma narrativa antiquada, mas também toda aquela 'coisa' especial dos Westerns da época.

  • Nada de muito novo em seu gênero, mesmo para a época, mas cativante e bem conduzido, com o selo Ford de qualidade. O conflito entre a lei e o crime sempre pode render bem em mãos hábeis, e ainda sobra espaço para um ensaio de romance nada meloso.

  • My Darling Clementine é o tipo de filme que não importa quantas vezes seja revisto, ou a que época pertença. Pois é impossível não ficar fascinado por tamanha grandeza de imagens!

  • Mesmo não tendo me convencido como deveria ou eu não estava no clima, é um bom filme.

  • Ford retoma temas recorrentes de sua filmografia nesse western ("raiz" na temática, mas com influências de outros gêneros), escolhendo a coesão e a pungência visual para segurar sua trama. No entanto, falta memorabilidade aos seus personagens.

  • Conciso, bem escrito, bem dirigido, ótima trilha musical, e uma fotografia de tirar o folego, em PRETO/BRANCO.

  • Como todos de John Ford, é filme sobre tradições, a América que expulsa os índios, instala sua moral e igreja e resolve seus problemas a bala. Técnica perfeita, fotograficamente é um western noir, belíssimo, os atores também ótimos.

  • Apesar de algumas "licenças poéticas" (vida dos personagens e tempo) na versão histórica mais provável de "OK Curral" e de certo melodrama na vida de Doc, o filme se mantém sóbrio, graças à boa montagem e direção, além da trilha sonora adequada.

  • 24/08/08

Comentários (0)

Faça login para comentar.