Saltar para o conteúdo
4,5
Cineplayers
4 votos
6,0
Usuários
65 votos
?
Sua nota
Direção
Greg Berlanti
Roteiro:
Elizabeth Berger, Isaac Aptaker, Becky Albertalli (romance)
Gênero:
Drama
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
05/04/2018
Duração:
109 minutos

Simon não revelou a ninguém ainda sobre sua sexualidade e ao mesmo tempo tem de lidar com um colega de escola anônimo pelo qual se apaixonou pela internet.

Elenco

Nick Robinson
Simon Spier
Josh Duhamel
Jack Spier
Talitha Eliana Bateman
Nora Spier
Jennifer Garner
Emily Spier
Katherine Langford
Leah Burke
Keiynan Lonsdale
Bram Greenfeld
Alexandra Shipp
Abby Suso
Miles Heizer
Cal
Logan Miller
Martin Addison
Tony Hale
Sr. Worth
Mackenzie Lintz
Taylor
Alex Sgambati
Claire
Jorge Lendeborg Jr.
Nick Eisner
Nancy De Mayo
Sra. Eisner
Cassady McClincy
Jackie
Natasha Rothwell
Srta. Albright
Tyler Chase
Aaron
Joshua Mikel
operador da montanha-russa

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Um divertido jogo de máscaras e amores fabricados, que conduz a um hall de descobrimento de si e dos outros. A tumblrização excessiva fornece ao filme uma beleza cafona e cenas açucaradas e terríveis como a da roda-gigante.

  • Segue a formula 13 Reasons Why mas com uma propaganda que é okay ser gay, desde que seja recatado e do lar. Tudo bem que é para os jovens, mas pareceu querer agradar mais os pais.

  • Saudades do querido Lionel, de 'Dear White People'.

  • Recheado de afofuramentos e tendências urgentes para capturar seu público alvo, Love Simon tem basicamente nada de subversivo para ser o tal ícone gay que tanto proclamam, numa Sessão da Tarde limitada, apesar de boas intenções.

  • Qual é a novidade, então? Bem, trata-se da primeira vez que um grande estúdio de Hollywood –no caso, a Fox– produz uma comédia romântica voltada para o público adolescente em que o foco se concentra em uma história de amor homossexual. Não é pouco.

  • Pueril, raso e sem emoção. Muito aquém do que se espera de um cinema como instrumento de dialogo e compreensão. Uma decepção total

  • Problematizações (justas) à parte, a trama (super) romantizada de Simon consegue convencer pela força de seu protagonista e por se mostrar regularmente divertida. Não há uma grande discussão social ou uma abordagem realista ao extrema, há a idealização.

  • O filme não é ruim,mas é uma comédia/drama/romance bem leve,clichê e muito piegas.

  • Lado positivo? Levar o tema a um público-alvo bem mais jovem. Lados negativos? Não há nenhuma naturalidade e é ultrarromântico e quadrado demais (até para o padrão de filmes do tipo). O protagonista é desinteressante, tal qual sua "jornada" previsível.

  • Irreal e péssima construção de personagens. Uma pena , pois os garotos são demais carismáticos, e se esforçam em seus papéis e em tornar todo o maniqueísmo do roteiro mais palatável.

Comentários (0)

Faça login para comentar.