Saltar para o conteúdo
8,8
Cineplayers
7 votos
8,0
Usuários
218 votos
?
Sua nota
Direção
George A. Romero
Roteiro:
George A. Romero
Gênero:
Comédia, Terror, Drama, Suspense
Origem:
Estados Unidos, Itália
Duração:
129 minutos

Filmes Relacionados

Em plena crise mundial provocada por um ataque de zumbis, um grupo de pessoas refugia-se em um grande shopping center, aproveitando-se das mercadorias das lojas ao mesmo tempo em que tentam permanecer vivos.

Elenco

Ken Foree
Peter Washington
Scott H. Reiniger
Roger DeMarco
David Emge
Stephen Andrews
Gaylen Ross
Francine Parker
David Crawford
Dr. James Foster
David Early
Sr. Sidney Berman
Daniel Dietrich
Dan Givens
Richard France
Dr. Millard Rausch
Howard Smith (II)
Comentarista na TV
Christine Forrest
Produtora de TV / Shopping (voz)
George A. Romero
Diretor de TV
Tom Savini
Motoqueiro / zumbis
Tony Buba
Motoqueiro
Taso N. Stavrakis
Motoqueiro / zumbis
James A. Baffico
Oficial Wooley
Fred Baker
Comandante da polícia
John Amplas
bandido no telhado
Joseph Pilato
oficial na doca
J. Clifford Forrest Jr.
zumbi velho
Sara Venable
zumbi

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • zzz...

  • Zombie-movie definitivo. Romero ainda mais provocador e ainda mais divertido do que em A Noite dos Mortos Vivos

  • Um dos filmes mais divertidos sobre zumbis que eu vi. Um shophing tomado por zumbis: engraçado e ironico.

  • Trash, gore e com bons momentos de tensão, "Despertar dos Mortos" é, sem dúvida, um marco nos filmes do gênero "zumbi" e ditou regra de muitas produções posteriores.

  • tão cheio de críticas afiadas quanto de erros de continuidade, um filme digno lotado de tosquices que só o deixam mais agradável de assistir

  • Simplesmente o filme de terror mais completo que existe. O drama de 4 pessoas isoladas num apocalipse desolador, cercadas por monstros de fome insaciável. Melhor trabalho de George Romero, uma lenda do cinema. Crítica social e gore em dosagens perfeitas.

  • Sem dúvida o melhor da trilogia, Romero faz uma crítica precisa e importante ao consumismo desenfreado que tanto cria desigualdades e nos fazem tornarmos verdadeiros zumbis. E claro, o sangue está presente como não poderia deixar de ser.

  • Romero retorna com a saga dos comedores de carne humana uma década depois e mostra que a terra esta sendo dominado por esses seres horripilantes, cenas grotescas e sanguinárias fazem deste clássico um marco no genêro. Imperdível !!!

  • Romero faz uso do horror - e do escracho - para atacar o consumismo e seu processo de decomposição social da massa alienada. É o filme enquanto produto cultural, filho da desordem; força e simbolismo para enfrentar a ruína da sociedade burguesa. Filmaço!

  • Romero experimentou todo tipo de ângulo de uma mesma situação na edição, num eletrizante jogo de gato e rato capaz de fazer roer as unhas tamanha tensão. Frenético, cômico e ácido na mensagem. A quem queremos enganar? Somos os verdadeiros zumbis.

Comentários (0)

Faça login para comentar.