Saltar para o conteúdo
Ação Aventura Fantasia

Dungeons & Dragons: Honra entre Rebeldes

(Dungeons & Dragons: Honor Among Thieves, 2023)
?
Sua nota
Direção
John Francis Daley, Jonathan Goldstein
Roteiro:
John Francis Daley, Jonathan Goldstein, Michael Gilio, Chris McKay
Gênero:
Ação, Aventura, Fantasia
Origem:
Estados Unidos, Canadá
Estreia:
13/04/2023
Duração:
134 minutos

Filmes Relacionados

Um charmoso ladrão e um improvável bando de aventureiros embarcam em uma jornada épica para recuperar uma relíquia perdida, mas as coisas dão errado quando entram em conflito com as pessoas erradas.

Elenco

Chris Pine
Edgin
Michelle Rodriguez
Holga
Regé-Jean Page
Xenk
Justice Smith
Simon
Sophia Lillis
Doric
Hugh Grant
Forge
Jason Wong
Dralas
Sophia Eleni
Valxina Tabaxi
Bryan Larkin
Chanceler Norixius
Kenneth Collard
Din Caldwell
Appy Pratt
Ishira
Laura Przybilla
Thayan Mom
Rylan Jackson
ator
Georgia Landers
Zia
Shota Kakibata
civil
Clayton Grover
Jarnathan
Natali Servat
prisioneiro
Tom Mason Duffy
Ramsay Windfall
Kyle Hixon
guarda
Aidan Rhys
civil
Chloe Coleman
Daisy Head
Nicholas Blane
Alexis Rodney
Dan Poole
Daniel Campbell
Adrian Christopher
Edgar Abram
Barry O'Connor
Mark Epstein

Notas e Lupas

Sem nota dos editores

Lupas mais recentes dos leitores

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

Comentários (3)

Jonas BSJ | segunda-feira, 08 de Maio de 2023 - 01:19

Uma adaptação pra lá de heterodoxa de D&D...Assim como quase todo filme atual,eles aderem à agenda moderna da grande mídia,de inserir pautas de ativismos e elenco forçadamente diverso,essa é uma forma das empresas fazerem publicidade positiva,parecendo "conscientes"...Mas o filme até que é divertido e eficiente dentro das suas limitações,tem uma trama redonda e personagens carismáticos o suficiente pra gerar identificação,é um bom entretenimento.Num universo de bombas,pelo menos um filminho bom.

Jules F. Melo Borges | sexta-feira, 12 de Janeiro de 2024 - 21:59

"elenco forçadamente diverso" é uma queixa que não fará sentido daqui a alguns anos.

Raphael da Silveira Leite Miguel | segunda-feira, 15 de Janeiro de 2024 - 20:27

O problema é quando mudam etnias de personagens, acredito que foi ai que ele quis dizer com ser forçado. Para esse filme em específico, não incomodou, apesar de eu também perceber claramente o atendimento à uma agenda.

Mas tem filmes que forçam mesmo, exemplo daquela série da Velma.

Jonas BSJ | quinta-feira, 18 de Janeiro de 2024 - 14:58

A série da Velma leva isso à patamares surreais que não fazem sentido nem dentro da própria proposta de ''humor subversivo'' que eles tentaram emplacar.

Faça login para comentar.