Saltar para o conteúdo
7,3
Cineplayers
10 votos
7,3
Usuários
167 votos
?
Sua nota
Direção
Alexander Payne
Roteiro:
Tom Perrotta (romance), Alexander Payne (roteiro), Jim Taylor (roteiro)
Gênero:
Comédia
Origem:
Estados Unidos
Duração:
103 minutos
Prêmios:
72° Oscar - 2000, 57° Globo de Ouro - 2000

O professor Jim McAllister faz parte do conselho estudantil da escola George Washington Carver High, e recebeu três prêmios de "Professor do Ano" durante os doze anos de trabalho na escola. Tracy Flick (Reese Whiterspoon) é a ambiciosa aluna que quer a presidência do Conselho, mesmo tendo que passar por cima dos outros candidatos. Paul Metzler (Chris Klein) é um popular jogador de futebol que teve a perna fraturada em uma competição, e está na candidatura com o apoio do renomado professor. A competição para a candidatura cresce quando a irmã de Paul, Tammy, entra na disputa apenas para se vingar do irmão, atingindo, assim, sua vida dentro e fora do colégio.

Elenco

Matthew Broderick
Jim McAllister
Reese Witherspoon
Tracy Flick
Chris Klein
Paul Metzler
Phil Reeves
Walt Hendricks
Jessica Campbell
Tammy Metzler
Molly Hagan
Diane McAllister
Delaney Driscoll
Linda Novotny
Mark Harelik
Dave Novotny
Colleen Camp
Judith R. Flick
Frankie Ingrassia
Lisa Flanagan
Matt Malloy
Vice-Principal Ron Bell
Jeanine Jackson
Jo Metzler
Holmes Osborne
Dick Metzler
James Devney
Recepcionista do motel
Marilyn Tipp
Secretária

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Uma comédia teen acima de qualquer besteirol, muito granças a um roteiro afiadíssimo e a uma das melhores atuações de Witherspoon.

  • Retrato do colegial americano? Ah, o filme vai muito além disso: hipocrisia, insatisfação pessoal e profissional, ganância, artifícios para criar um ambiente que satisfaça os próprios desejos. Tudo embalado em um belo humor ácido.

  • Que sorte descobrir este filme do nada. Tinha tudo pra dar errado mas acaba sendo MUITO interessante. Uma pérola (no bom sentido do termo).

  • Payne não passa a mão na cabeça do seus personagens,e isso faz a diferença nessa coméda.

  • Payne é um cineasta muito melhor que Todd Field, tanto que consegue extrair um grande filme do material de Tom Perrotta até cerca de 70 minutos, depois o fatalismo cínico deste mostra sua graça e quase estraga tudo.

  • Payne demonstraria mais maturidade alguns anos depois, e o que há de bem sacado aqui é a narração compartilhada dos protagonistas, à volta com seus universos de problemas. Foi como Tracy que Whiterspoon fez por onde ser premiada.

  • Ótima sátira sobre títulos e representações estudantis, movidos por motivos pessoais, aparência e jogos de interesses, combinando com eleições fraudosas e de efetivação questionável, além do retrato do ambiente hostil e competitivo colegial.

  • Os bons diálogos e as tiradas sarcásticas de rivalidade dão o tom dessa comédia ácida. É um dos melhores de Payne.

  • o que torna essa sátira dos filmes estudantis tão boa é que ela desglamouriza e mostra que nunca realmente saímos do colegial, amadurecimento e mudança são ilusões, para o bem e para o mal, continuamos os mesmos. melhor filme de Alexander Payne.

  • Melhor do Payne, justamente por ser o que tem menos a sua cara.

Comentários (0)

Faça login para comentar.