Saltar para o conteúdo
6,9
Cineplayers
12 votos
7,7
Usuários
527 votos
?
Sua nota
Direção
Alfonso Cuarón
Roteiro:
Alfonso Cuarón (roteiro), Timothy J. Sexton (roteiro), David Arata (roteiro), Mark Fergus (roteiro), Hawk Ostby (roteiro), P.D. James (romance)
Gênero:
Ficção Científica, Drama, Suspense
Origem:
Estados Unidos, Japão, Reino Unido
Duração:
114 minutos
Prêmios:
79° Oscar - 2007

Em 2027, em um mundo caótico onde o homem já não pode mais procriar, um antigo ativista concorda em ajudar a transportar uma mulher milagrosamente grávida a um santuário no mar. O nascimento dessa criança poderá ajudar os cientistas a salvar a humanidade.

Elenco

Clive Owen
Theodore Faron
Julianne Moore
Julian Taylor
Claire-Hope Ashitey
Kee
Michael Caine
Jasper Palmer
Chiwetel Ejiofor
Luke
Pam Ferris
Miriam
Charlie Hunnam
Patric
Jacek Koman
Tomasz
Phaldut Sharma
Ian
Peter Mullan
Syd
Danny Huston
Nigel
Ed Westwick
Alex
Oana Pellea
Marichka
Faruk Pruti
Sirdjan
Philippa Urquhart
Janice Palmer
Michael Klesic
Rado
Denise Mack
Emily
Tehmina Sunny
Zara
Somi De Souza
Somi
Nabil Shaban
Refugiado em Bexhill

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Vibrante na ação. As sequências em planos longos, jogadas repentinamente na tela, com momentos inesperados são incríveis. Deixam a tensão lá no alto, a empolgação nunca cai. Termina triste, mas com a sensação de missão cumprida. Um momento pra descansar.

  • Uma ideia com potencial incrível a ser explorado ganha um longa que traz uma visão instigante do futuro, porém com um terço final insosso e resumido a um filme de guerra convencional (apesar de tecnicamente diferenciado).

  • Uma aula de como estragar um belo argumento como um roteiro que enfia um monte lugares comuns goela abaixo no espectador e uma direção que utiliza diversos recursos técnicos inapropriadamente... Apenas na parte final há boas cenas.

  • Um filme de direção impecável, roteiro original e bastante intrigante! A frieza com que trata os acontecimentos é a maior virtude e o maior defeito do filme!

  • Um filme cheio de altos e baixos, em que o roteiro é o grande problema. Cuarón cria alguns momentos genias (como os belos planos-sequência), mas desperdiça grande parte do potencial da obra. Apenas acima da média.

  • Um dos filmes mais bem dirigidos que já vi. Os longos planos-sequência são impressionantes, de tirar o fôlego;

  • Um bebê para a guerra, não uma coisa simbólica mas real mesmo, ali no meio da ação. Bonito isso. O filme tem uma estrutura de videogame, o que é até legal as vezes. Tem que ser visto como divertida ficção cientifica que é.

  • Tenso..., e muito!

  • Tem uns belos movimentos de câmera, esperar mais que isso é tipo abrir um kinder-ovo esperando algo sensacional. Raso.

  • Soa artificial o tempo todo, apesar de algumas boas técnicas. Para quem não percebeu, o roteiro é POLÍTICO, o que já estraga o filme. Na história esdrúxula, o diretor - imigrante nos EUA - faz um protesto à favor dos imigrantes ilegais na Europa. 03-17NOW

Comentários (0)

Faça login para comentar.