Saltar para o conteúdo
6,3
Cineplayers
6 votos
6,9
Usuários
253 votos
?
Sua nota
Direção
James Gunn (II)
Roteiro:
James Gunn (II) (roteiro), Dan Abnett (quadrinhos), Andy Lanning (quadrinhos)
Gênero:
Ficção Científica, Aventura, Ação
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
27/04/2017
Duração:
137 minutos
Prêmios:
90° Oscar - 2018

Filmes Relacionados

Com a ‘Awesome Mixtape #2’ como pano de fundo, Guardiões da Galáxia Vol. 2 continua as aventuras da equipe ao passo que eles atravessam os confins do cosmo. Os Guardiões devem lutar para manter sua nova família unida enquanto desvendam o mistério por trás do verdadeiro parentesco de Peter Quill. Velhos inimigos se tornam novos aliados e personagens favoritos dos fãs vêm dos quadrinhos para ajudar os heróis no Universo Cinematográfico Marvel.

Elenco

Chris Pratt
Peter Quill / Senhor das Estrelas
Zoe Saldana
Gamora
Dave Bautista
Drax, O Destruidor
Bradley Cooper
Rocket Raccoon (voz)
Vin Diesel
Groot (voz)
Michael Rooker
Yondu Udonta
Kurt Russell
Ego
Pom Klementieff
Mantis
Karen Gillan
Nebula
Sean Gunn
Kraglin
Elizabeth Debicki
Ayesha
Sylvester Stallone
Stakar Ogord
Chris Sullivan
Taserface
Tommy Flanagan
Tullk
Evan Jones (II)
Retch
Steve Agee
Gef
Laura Haddock
Meredith Quill
Seth Green
Howard, o Pato (voz)
Ving Rhames
Charlie-27
Michelle Yeoh
Aleta Ogord

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Pelo menos os videogames são interativos (e alguns deles possuem histórias mais ricas). É divertido (quando não é uma chatice só) e some da cabeça com a primeira brisa.

  • Gosto do universo criado para esses super-heróis, abraçando de vez a comédia e o absurdo, mas a história ficou muito feijão com arroz. Merecia algo ainda mais porra louca; só dimensão não faz uma sequência necessariamente maior.

  • De tudo o que procura recriar dos anos 80 - da trilha sonora nostálgica ao multicolorido universo em neon kitsch -, nada é tão fiel quanto o humor bobinho e a afetação geek, fora Kurt Russell e sua presença naturalmente oitentista.

  • Ainda mais assolado por exageros que o original, em um caos visual que mais parece um videogame, pela falta de emoção. Para piorar, o humor que antes funcionava agora é bobo e infantil. Um tédio. A fórmula cansou já no segundo capítulo.

Comentários (0)

Faça login para comentar.