Saltar para o conteúdo
5,9
Cineplayers
11 votos
6,9
Usuários
246 votos
?
Sua nota
Direção
Jon Watts
Roteiro:
John Francis Daley (roteiro), Jonathan M. Goldstein (roteiro), Jon Watts (roteiro), Christopher Ford (roteiro), Chris McKenna (roteiro), Erik Sommers (roteiro), Stan Lee (personagens), Steve Ditko (personagens)
Gênero:
Comédia, Aventura, Ação, Fantasia
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
06/07/2017
Duração:
133 minutos

Filmes Relacionados

Peter Parker tenta conciliar a vida de estudante do colegial com a de super-herói ao mesmo tempo, desde que Tony Stark pediu sua ajuda. Vigiado a distância por Happy Hogan, ele não deve agir demais e interferir tanto nos problemas da cidade. Mas quando Adrian Toomes resolve ganhar dinheiro vendendo sobras de armas alienígenas das lutas dos Vingadores, ele não consegue ficar parado.

Elenco

Tom Holland (II)
Peter Parker / Homem-Aranha
Michael Keaton
Adrian Toomes / Abutre
Robert Downey Jr.
Tony Stark / Homem de Ferro
Marisa Tomei
May Parker
Jon Favreau
Happy Hogan
Jacob Batalon
Ned
Laura Harrier
Liz
Zendaya
Michelle Jones
Tony Revolori
Flash Thompson
Jennifer Connelly
Karen (voz)
Gwyneth Paltrow
Pepper Potts
Donald Glover
Aaron Davis
Tyne Daly
Anne Marie Hoag
Bokeem Woodbine
Herman Schultz / Shocker #2
Logan Marshall-Green
Jackson Brice / Shocker #1
Michael Chernus
Phineas Mason / Consertador
Martin Starr
Sr. Harrington
Hannibal Buress
Treinador Wilson
Kenneth Choi
Diretor Morita
Garcelle Beauvais
Doris Toomes

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • O vilão é ótimo e sua motivação poderia ter sido melhor utilizada pela Marvel, mas é um filme bem ok. Nada demais, o que é péssimo perto do hype que se criou pela Sony liberar o personagem pra Marvel novamente.

  • O vilão é besta e o roteiro se apropria um tanto demais dos estereótipos de colegial, mas 'Homecoming' se beneficia muito de seu tom mais leve, das tiradas pontuais e do carisma de Tom Holland. Mas o aracnídeo pode mais.

  • O novo tom dado pelo roteiro e pela escalação do elenco oferece fôlego e justifica mais um reboot para o personagem e prova que talvez o Homem-Aranha funcione melhor como parte do universo dos Vingadores do que numa história à parte.

  • O filme é só mais uma prova de como a fórmula da Marvel se esgotou, sentimento potencializado por ser o enésimo filme do aracnídeo. As piadas são sem graça, não há suspense, drama ou emoção e o CGI é excessivo - o clímax no avião é incompreensível. Tédio.

  • Custa a começar, mas acerta o prumo quando o herói para de bajular o Iron Man e foca na própria jornada de passagem da adolescência pra fase adulta. Holland tem seu carisma e certas cenas, apesar do CGI, impressionam (ataque ao monumento de Washington).

  • Bem ambientado e divertido, resgata fórmulas com eficiência pra revitalizar a juventude do personagem e explorar seus contatos iniciais com as responsabilidades do mundo adulto - como homem ou como herói. Não é Raimi, mas superior à média Marvel/DC atual.

  • Ao adentrar o emaranhado de Os Vingadores, e ter as piadas mais sem graça, previsíveis e repetitivas de todo esse mundo cinematográfico, Homem-Aranha - como obra cinematográfica - perde a pouca identidade que lhe restava.

  • Tom Holland não desaponta, o cara está incrível, e Michael Keaton um ótimo vilão transbordando tensão e carisma, depois de tantos antagonistas fracos dos últimos filmes. As batalhas estão mais criativas, e o CGI não é cansativo. Ótima surpresa.

  • Tom Holland é um achado!

  • Tom Holland é o melhor Peter Parker até agora, mas não é tão difícil com todas as piadas no roteiro. Sem poderes alguns, esta versão do Homem-Aranha é outro projeto Avanger-Homem-de-Ferro que está longe demais das origens criadas por Stan Lee.

  • Tira o gosto ruim que havia ficado com os dois anteriores, mas o Aranha permanece há mais de uma década sem um filme realmente relevante a seu respeito – e, com sua diluição dentro do universo codependente da Marvel, tende a seguir assim por um bom tempo.

  • Sem qualquer fiapo de roteiro, o filme praticamente dá outra dimensão à saga do "cabeça-de-teia", de herói apenas teen, com mero intuito caça-níquel, infelizmente.

  • Se fosse mais "Homem-Aranha" e menos "Vingadores".. Vai precisar se modificar bastante se houver um segundo filme, pois se aqui o cômico e a ação ganharam um refresco no universo Marvel, não pode cair no conformismo, ou sua sequência será um fracasso.

  • Quando nem um personagem chato como o homem de ferro estraga algo que é salvo pelo carisma de Tom Holland

  • Por incrível que pareça, o humor cafona da Marvel funciona aqui, talvez por conta do personagem. O vilão é bem trabalhado também, com uma ótima performance de Keaton. Algumas gags não funcionam, como esperado, mas é um belo filme de desenvolvimento

  • Poderia ser muito mais do que realmente entrega! Supera um pouco a estreia da franquia anterior, mas ainda falta muito, Raimi ainda encabeça como melhor Spider.

  • Ótimo filme.

Comentários (0)

Faça login para comentar.