Saltar para o conteúdo
6,1
Cineplayers
9 votos
6,8
Usuários
349 votos
?
Sua nota
Direção
Peyton Reed
Roteiro:
Edgar Wright (roteiro e argumento), Joe Cornish (roteiro e argumento), Adam McKay (roteiro), Paul Rudd (roteiro), Stan Lee (comic book), Larry Lieber (comic book), Jack Kirby (comic book)
Gênero:
Comédia, Ação, Ficção Científica
Origem:
Estados Unidos, Reino Unido
Estreia:
16/07/2015
Duração:
115 minutos

Filmes Relacionados

Dotado com a incrível capacidade de diminuir em escala mas crescer em força, após conseguir um traje altamente tecnológico, o vigarista Scott Lang (Paul Rudd) precisa assumir o lado heroico e ajudar seu mentor, Dr. Hank Pym (Michael Douglas), a proteger os segredos por trás do espetacular traje do Homem-Formiga de uma nova geração de ameaças. Contra obstáculos aparentemente intransponíveis, Lang e Pym precisam planejar e realizar um assalto que salvará o planeta.

Elenco

Paul Rudd
Scott Lang / Homem-Formiga
Michael Douglas
Hank Pym
Evangeline Lilly
Hope Van Dyne
Corey Stoll
Darren Cross / Jaqueta Amarela
Judy Greer
Maggie Lang
Abby Ryder Fortson
Cassie Lang
Bobby Cannavale
Paxton
Wood Harris
Gale
Michael Peña
Luis
T.I.
Dave
David Dastmalchian
Kurt
Anthony Mackie
Sam Wilson / Falcão
Martin Donovan (I)
Mitchell Carson
John Slattery
Howard Stark
Hayley Atwell
Peggy Carter
Gregg Turkington
Dale
Joe Chrest
Frank
Rod Hallett
Comprador - Hidra
Garrett Morris
Taxista
Stan Lee
Barman

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Uma pena que saiu das mãos de Edgar Wright, apesar de ainda possuir muitos traços dele, pois o filme ficou com cara de Marvel e sabemos o que esperar disso. Paul Rudd é muito carismático e Michael Pena se sai muito bem como o alivio cômico, os outros tantos de personagens são bem mornos com exceção do vilão, que é ruim, lembra muito o personagem de Bridges em homem de ferro, só que ruim.

  • Uma exceção da Marvel, tem-se aqui um ótimo filme, com uma excelente abordagem, bem como personagens, tipos e situações divertidas e engraçadas. Humor e drama se casando muito bem, graças a boas atuações na medida do possível. Até agora, a surpresa do ano

  • Tem problemas evidentes de roteiro (vilão caricato ao extremo e melodrama familiar raso e desnecessário) e direção (o tom do filme é uma bagunça), mas Paul Rudd foi uma ótima escolha, e o filme, quando opta por ser leve e despretensioso, é bem divertido.

  • Tem clichês bem previsíveis mas compensa com inovações e misturas Marvelescas. O tom descontraído é perfeito e o background familiar é tocante (mas logo esquecemos se não mencionado novamente). Deixa uma boa impressão que, com certeza, te levará ao 2º.

  • Superficial e previsível. As cenas de ação poderiam ser melhores. Triste

  • Sofre de uma grave crise de identidade; às vezes é uma comédia, por outras um filme de roubo, e até mesmo um drama. Todos eles raramente funcionam.

  • Se o roteiro não foi bem trabalhado e deixa a desejar, tanto na construção dos personagens caricatos, quanto da trama (o vilão é muito ruim), a parte técnica equilibra o conjunto, e a direção e o elenco de 2ª linha (nada empolgado) ficam no meio termo.

  • Rudd é carismático e segura as pontas, os efeitos são ótimos e Peña rouba a cena, mas é o filme menos empolgante da Marvel! Esquecível.

  • Primeiro filme dessa segunda (ou terceira) fase da Marvel que a diversão parece forçada. A cena da banheira é foda, o trenzinho, mas... "artificial" define.

  • Previsível

Comentários (0)

Faça login para comentar.