Saltar para o conteúdo
6,1
Cineplayers
7 votos
6,5
Usuários
406 votos
?
Sua nota
Direção
Colin Trevorrow
Roteiro:
Colin Trevorrow (roteiro), Derek Connolly (roteiro), Rick Jaffa (roteiro e argumento), Amanda Silver (roteiro e argumento), Michael Crichton (personagens)
Gênero:
Ação, Aventura, Ficção Científica
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
11/06/2015
Duração:
124 minutos

Filmes Relacionados

Na Ilha Nublar dos dias atuais, o Parque dos Dinossauros foi inaugurado, seguindo os planos originais de John Hammond. O parque temático recebe 10 milhões de visitantes todos os anos e é completamente seguro. Mas a presença de um dinossauro híbrido, geneticamente modificado, ameaça derrubar toda a segurança. E tudo tinha de acontecer bem no dia em que os sobrinhos da administradora, Claire, visitam o lugar.

Elenco

Chris Pratt
Owen Grady
Bryce Dallas Howard
Claire Dearing
Nick Robinson
Zach Mitchell
Ty Simpkins
Gray Mitchell
Omar Sy
Barry
Irrfan Khan
Simon Masrani
Vincent D'Onofrio
Vic Hoskins
B.D. Wong
Dr. Henry Wu
Jake Johnson
Lowery Cruthers
Lauren Lapkus
Vivian Krill
Katie McGrath
Zara Young
Judy Greer
Karen Mitchell
Andy Buckley
Scott Mitchell
Brian Tee
Katashi Hamada
James DuMont
Hal Osterly
Eric Edelstein
Nick, supervisor do padoque
Colby Boothman
Leon, domador de velociraptor
Michael Papajohn
Funcionário da InGen
Kelly Washington
Namorada de Zach
Jimmy Fallon
Jimmy Fallon

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Por praticamente refilmar o original, JW é, no fim das contas, o bom e velho cinema pipoca, ainda que reciclado e sem brilho próprio. Bryce Dallas Howard fugindo do T-Rex de salto agulha compensa o roteiro clichê, o suspense fraco e o excesso de CGI.

  • Mais um exemplar da leva atual dos blockbusters, com roteiro preguiçoso e crença de que o CGI vai salvar tudo. É uma pena, pois o ponto de partida do parque em funcionamento é interessante, mas só. Caricato, previsível e genérico - bem longe do original.

  • É tanto carinho e boas recordações com o original que, mesmo sabendo da artificialidade e falta de originalidade, é difícil resistir a esse pipocão assumido e sobrecarregado. Não chega perto do de Spielberg, mas faz jus à fama da série, definitivamente.

  • A luta feroz entre os dois dinossauros é um momento histórico: belíssimo ao mesmo tempo que vazio; é completamente imbecil, na verdade, mas extremamente grandioso. A mim, o impacto foi fatal, como se estivesse vendo o trem chegar à estação pela 1ª vez.

  • A história custa a engrenar, a rivalidade do casal central é clichê, a heroína é incoerente, o roteiro abusa de piadinhas "espertas" e de plots inúteis (o divórcio dos pais), e as cenas de ação são genéricas e impessoais. Spielberg, meu filho, cadê você?

  • Um bom entretenimento, com efeitos realistas, bom uso do 3D e cenas de ação competentes. Os momentos nostálgicos são o ponto alto da projeção. Porém o roteiro e a montagem deixam a desejar e o elenco irregular. Melhor que o terceiro, apenas.

  • Um blockbuster terrivelmente previsivel que depende, quase exclusivamente, da inventividade da ação, só que não há inventividade em lugar algum do filme. Pode ser considerado o anti-Mad Max.

  • Uau, imagens espetaculares, cenas de ação perfeitas, suspense, angustia, amo dinossauros, tão fofos, acabo por torcer por eles, mas o malvado é sinistro de mal, as crianças perdidas deram um toque especial e infantil ao clássico... Poxa, podia ter um parq

  • Tem tanta coisa ruim que eu nem saberia por onde começar, mas sem duvida terminaria pelo pior... Chris Pratt!

  • Tem aquele clima de nostalgia e surpreende com uma carga de tensão bem dosada. Tem suas tosqueiras, mas é um divertido blockbuster.

  • Ta divertido e não esquece dos antecessores soltando sempre uma referência.

  • Sobrevive pelas referências ao original e ataques dos dinossauros, porque é um furo/forçada atrás do outro, personagens nulos, CGI acabando com a veracidade, ação e perigo que empolgam em pequenos intervalos, desperdiçando o bom começo e a mitologia.

  • Sim, há subtramas piegas e desnecessárias. Sim, os personagens são mal desenvolvidos. Sim, o vilão é tosco. Mas, sim, a ação é empolgante e há personagens carismáticos. Sim, os momentos de tensão funcionam. Sim, os de humor também funcionam. Aprovado.

  • RAWR! <3

  • Preocupação mínima com os personagens ou o roteiro. Vale pela nostalgia e pelos dinossauros.

Comentários (0)

Faça login para comentar.