Saltar para o conteúdo
7,5
Cineplayers
1 votos
8,4
Usuários
22 votos
?
Sua nota
Direção
Vittorio de Sica
Roteiro:
Cesare Zavattini (romance, roteiro), Vittorio de Sica (roteiro), Mario Chiari (roteiro), Adolfo Franci (roteiro)
Gênero:
Drama, Comédia, Fantasia
Origem:
Itália
Duração:
100 minutos
Prêmios:
4° Festival de Cannes - 1951

Uma mulher adota um bebê abandonado em sua horta. Depois de sua morte, o garoto é enviado para o orfanato. Ao completar 18 anos, Totó (Francesco Golisano) vai para Milão, onde passa a morar num terreno ocupado por miseráveis, mudando a vida de todos com sua bondade. Após descobrirem petróleo, os moradores são ameaçados pelo proprietário, que manda a polícia desocupar o local. Quando tudo parece perdido, Totó recebe uma ajuda dos céus, começando a fazer muitos milagres.

Elenco

Emma Gramatica
Lolotta
Francesco Golisano
Totò
Paolo Stoppa
Rappi
Guglielmo Barnabò
Mobbi
Brunella Bovo
Edvige
Anna Carena
Marta

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Vittorio de Sica é um herói, junta seu realismo doído com uma fantasia tão simples quanto bela, um filme ingenuo e encantador.

  • Totò é o personagem mas gente boa da história do Cinema, impossível não adorar essa obra do Neorrealismo Italiano.

  • Tendo o humanismo como base de seu Cinema, Vittorio de Sica realizou aqui uma fábula social, um olhar singelo para com os desfavorecidos, com muito humor e fantasia, mas que não se furta em escancarar a realidade miserável de seus personagens. Muito bom!

  • Sem nunca deixar de escancarar a realidade, De Sica cria uma fábula inocente que consome o espectador num misto de esperança utopia, alegria, tristeza, amargura e felicidade. Se não há espaço em terra então voemos. É lindo.

  • 14/08/11 -O filme mais otimista de De Sica, em uma fábula onde há magia, momentos de humor, um personagem cativante que exala pureza e o bem vencendo o mal. A crítica à desigualdade social e à ganância está presente de maneira explícita.

Comentários (0)

Faça login para comentar.