Saltar para o conteúdo
7,3
Cineplayers
10 votos
7,7
Usuários
544 votos
?
Sua nota
Direção
Gus Van Sant
Roteiro:
Dustin Lance Black
Gênero:
Biografia, Drama
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
20/02/2009
Duração:
128 minutos
Prêmios:
66° Globo de Ouro - 2009, 81° Oscar - 2009

Filmes Relacionados

Ativista dos direitos gays. Amigo. Amante. Unificador. Político. Lutador. Ícone. Inspiração. Herói. A vida de Harvey Milk mudou a história, e sua coragem mudou vidas. No início dos anos 70, um nova-iorquino que resolveu viver em São Francisco com o namorado, abrindo a pequena loja de revelação fotográfica Castro Camera num bairro operário, surpreendeu a todos ao se tornar um verdadeiro agente de mudanças. Numa época em que o preconceito e a violência contra homossexuais eram aceitos abertamente como norma, Milk buscou direitos iguais e oportunidades para todos, mergulhando de cabeça nas turbulentas águas da política.

Elenco

Sean Penn
Harvey Milk
Emile Hirsch
Cleve Jones
Josh Brolin
Dan White
Diego Luna
Jack Lira
James Franco
Scott Smith
Alison Pill
Anne Kronenberg
Victor Garber
Prefeito George Moscone
Denis O'Hare
Senador John Briggs
Lucas Grabeel
Danny Nicoletta
Eric Stoltz
Tom Ammiano
Brandon Boyce
Jim Rivaldo
Kelvin Yu
Michael Wong
Boyd Holbrook
Denton Smith
Peter Jason
Alan Baird
Dave Franco
Telefone Tree
Joseph Cross
Dick Pabich
Scott Patrick Green
house boy

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Sean Penn está excelente: contido, sem exageros, na medida. Destaque também para a ambientação da São Francisco nos anos 70, especialmente a Rua Castro. Ao final, contudo, Milk é convencional em excesso. De Van Sant, gay assumido, esperava maior ousadia.

  • Sean Penn é fantástico. O ator compõe um personagem que foge da caricatura, apoiando-se em sutilezas e na emoção. É o coração de um filme corajoso, que trata de um tema relevante de maneira séria e sem exageros. Belíssimo trabalho de todos os envolvidos.

  • Sean Pean fabuloso, uma recriação de época e imagem dos anos 70 absolutamente perfeitas e um roteiro que capta bem a importância da situação. Só mesmo a montagem e a estrutura que ficaram um pouco frias.

  • Com os clichês típicos das boas (e más) cinebiografias, Milk é muito mais político do que humano - seu objetivo é muito mais passar a mensagem pró-gay do que estabelecer uma ligação dos personagens com os espectadores. Mas isso é feito de forma muito boa.

  • Vai além da biografia e vira um verdadeiro manifesto à favor dos direitos dos gays. Mesmo assim, talvez pudesse ser ainda mais ousado e incisivo em determinados pontos.

  • um filme histórico. muito bem montado que retrata com um misto de drama e humor a sociedade e a politica da década de 70. magnifica atuação de sean penn. 10 pela atuação. roteiro bem empolgante.

  • Sean Penn, numa interpretação inesquecível, não é o único atrativo deste que é o melhor trabalho de Gus Van Sant no cinema. Elenco de primeira, roteiro bem amarrado e ótima reconstrução de época fazem de Milk um filmão.

  • Sean Penn nos mostra uma ótima atuação e é o ponto mais forte do filme, mas ainda temos algumas cenas poderosas e que não serão esquecidas. A frieza presente em boa parte do filme prejudica um pouco a obra que poderia ir mais além.

  • Sean Penn em estado de graça neste que mais que uma cinebiografia convencional é um poderoso filme que chama à luta por um ideal em comum falando da importância - tanto a nível coletivo quanto pessoal - de manter-se de pé pelo que se acredita.

  • Sean Penn e a recontituição de época são o ponto alto,nessa boa cinebiografia.

  • Ótimas atuações de Sean Penn e Emile Hirsch.

  • O Sean Penn é um ator que dispensa comentários. Ele destruiu mais uma vez! Atuação espetacular. Aliás, todos os atores foram muito bem! O filme contou-nos esta história inspiradora de forma brilhante!

  • o comprometimento, e as belas atuações fazem em conjunto um belo filme, com mensagens que cabem nos dias atuais.

  • Não é um filme para gays como muitos vendem por aí, é também, mas para quem não se incomada de ver cenas de beijos gays ardentes, há uma boa história. A atuação de Penn impressiona, sem ser exagerado, mas o resultado final do filme é apenas médio.

Comentários (0)

Faça login para comentar.