Saltar para o conteúdo
Suspense Aventura Ação

Missão: Impossível - Efeito Fallout

(Mission: Impossible - Fallout, 2018)
7,0
Cineplayers
7 votos
7,6
Usuários
132 votos
?
Sua nota
Direção
Christopher McQuarrie
Roteiro:
Christopher McQuarrie (roteiro), Bruce Geller (série de tv original)
Gênero:
Suspense, Aventura, Ação
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
26/07/2018
Duração:
157 minutos

Filmes Relacionados

Ethan Hunt e sua equipe do IMF, junto com alguns aliados, correm contra o tempo após uma missão dar errado.

Elenco

Tom Cruise
Ethan Hunt
Henry Cavill
August Walker
Rebecca Ferguson
Ilsa Faust
Simon Pegg
Benji Dunn
Ving Rhames
Luther Stickell
Vanessa Kirby
Alanna Mitsopolis, a Viúva Branca
Sean Harris
Solomon Lane
Alec Baldwin
Alan Hunley
Angela Bassett
Erica Sloane
Michelle Monaghan
Julia Meade
Wes Bentley
Erik
Frederick Schmidt
Zola Mitsopolis
Kristoffer Joner
Nils Debruuk
Wolf Blitzer
Wolf Blitzer
Liang Yang
'John Lark'
Alix Bénézech
A policial francesa
Charlie Archer
O entregador
Joey Ansah
capanga de Zola
Velibor Topic
capanga de Zola
Christopher McQuarrie
Instruções da missão em Belfast (voz)

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • O desgaste natural de uma franquia, já com poucas boas ideias novas, é bem gerenciado através de boas sequências de ação (melhor do que a média do gênero dos últimos anos) e reviravoltas absurdas - como sempre.

  • Há um excesso de personagens sem função, e a trama é um pouco confusa e redundante além da conta, mas as incríveis cenas de ação, reais estrelas do gênero, compensam todas essas falhas. Inferior a MI:5, o melhor da franquia, mas ainda assim bem digno.

  • É mais do mesmo, mas da melhor qualidade. A quantidade de sequências impressionantes é absurda, uma atrás da outra.

  • A trama não faz o menor sentido, mas o filme sabe disso e até brinca com o fato, e muita coisa é apressada (apesar da longa duração), mas o ritmo é incessante e as cenas de ação nada menos que espetaculares. Diversão de alto nível - como o resto da série.

  • A série sobrevive com dignidade, respirando com novidades e garantindo espetaculares cenas de ação. Tom Cruise com seu Ethan Hunt, aparentemente, ainda tem o que oferecer.

  • Quem assiste a uma sessão de "Missão: Impossível - Efeito Fallout" talvez faça uma pergunta: Tom Cruise precisava ter feito mais uma vez o papel do agente Ethan Hunt? Ou, indo além: o mundo precisava de um sexto episódio da franquia "Missão: Impossível"?

  • Orgulhoso por suas grandes reviravoltas, e em especial do ótimo momento que a saga alcançou, poucos filmes de ação contemporâneos tem sua adrenalina esquematizada de forma tão gostosa, e inteligente. O melhor blockbuster de 2018 - até agosto do mesmo.

  • O melhor filme da saga. Tom Cruise com o ego mais controlado, os coadjuvantes com ótimos momentos e as cenas de ação mais intensas e realistas dos últimos anos. A franquia mostra que ainda tem muito a oferecer.

  • O melhor da franquia e graças ao Christopher McQuarrie, que estiliza sua direção de uma forma brilhante.

  • O filme é brilhante naquilo que se propõe. As cenas de ação estão entre as melhores dos últimos anos. A franquia segue viva e relevante.

  • Na precisão e ritmo nas cenas de ação, na construção da tensão, na forma de usar clichês e exageros sem comprometer a coerência; é uma aula de filme de ação. Captura a essência de duas décadas de franquia e entrega um filme marcante e de qualidade.

  • Muito bom filme.

  • McQuire e Cruise brincam em suas pirotecnias em cenas muito bem trabalhadas que garantem a diversão do longa. Não inova narrativamente, mas mantém o bom nível de entretenimento. Que venham mais assim.

  • Mais uma vez, espetacular na ação e com histórias e façanhas absurdas maravilhosas de acompanhar. Cruise é diversão certa. Sean Harris, senhor vilão. Abertura à Bond, sequência final empolgante - sorte no level máximo e combate entre helicópteros!

  • Gatilhos repetitivos, transmutações óbvias e previsíveis, personagens requentados e/ou diminuídos, dramatização exagerada, egocentrismo. Belas cenas de ação aeromâniacas e final grandiloquente no estilo Nolan. Não tem charme, mas vive de sua virilidade...

Comentários (0)

Faça login para comentar.