Saltar para o conteúdo
6,8
Cineplayers
6 votos
6,6
Usuários
100 votos
?
Sua nota
Direção
Michael Winterbottom
Roteiro:
John Curran (roteiro), Jim Thompson (romance)
Gênero:
Suspense, Policial, Drama
Origem:
Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Suécia
Estreia:
10/12/2010
Duração:
109 minutos

Filmes Relacionados

Lou Ford é o xerife de uma pequena cidade do Texas. Ele tem uma vida pacata ao lado de sua esposa, Amy Stanton, mas vê toda a sua vida desmoronar quando conhece a bela prostituta Joyce Lakeland que desperta seus instintos mais selvagens.

Elenco

Casey Affleck
Lou Ford
Kate Hudson
Amy Stanton
Jessica Alba
Joyce Lakeland
Ned Beatty
Chester Conway
Elias Koteas
Joe Rothman
Tom Bower
Xerife Bob Maples
Simon Baker
Howard Hendricks
Bill Pullman
Billy Boy Walker
Liam Aiken
Johnnie Pappas
Brent Briscoe
Estranho

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Uma trama prolixa. Casey Affleck interpreta um personagem cheio de potencial de maneira irregular, o que diminui o interesse na trama. No mais, uma boa história mal contada, mas com um punhado de boas cenas.

  • Um filme medíocre, em que o protagonista e a direção não dão conta da complexidade da história.

  • Um filme frio e sem alma, assim como seu protagonista, mas não no sentido bom e sim no de se desocupar em aprofundar o perfil subjetivo de Lou - que é todo construído no talento de Casey Affleck. A hiper violência representada, no fim, soa gratuíta

  • Sombrio e angustiante.

  • Merece algum crédito pelos personagens e até boas atuações, mas a história é de um tédio absurdo, daquelas que você torce p/ pegar no sono logo e acordar no final....

  • Irregular é o seu nome.Tem boas cenas,idéias bem lançadas e grandes figuras em Koteas e Beatty.Mas é esburacado,mal definido,um tanto sem sentido e tem um final risível.Sem contar a trilha deslocada. Não sei se é válido usar o sadismo dessa forma.

  • Injeta alta voltagem de violência na plateia e atordoa com a narrativa de um homem que dá vazão à vileza sem culpa aparente, além de demonstrar outra vez o enorme talento de Casey Affleck.

  • Até que parecia bom no início, mas vai perdendo o potencial ao longo da história arrastada. Mas, até aí tudo bem... No entanto, tinha que dar esse final cretino?

  • a retratação de um homem sem passado,tido como um moço bom,que quando decide soltar os leões que o habitam, se mostra muito mais agressivo,pscicotico e "maluco" que qualquer um na tal cidadezinha do filme.Um filme sobre o ser que resolve ser ele mesmo

  • A construção de Lou é um dos pontos altos do cinema do ano de 2010 - sua personalidade é de uma complexidade gigantesca. Uma pena que o desenrolar da história seja tão confuso e aquém de seu verdadeiro potencial.

Comentários (0)

Faça login para comentar.