Saltar para o conteúdo
8,7
Cineplayers
5 votos
8,4
Usuários
317 votos
?
Sua nota
Direção
Hayao Miyazaki
Roteiro:
Hayao Miyazaki, Diana Wynne Jones (romance)
Gênero:
Aventura, Fantasia, Animação, Guerra, Romance
Origem:
Japão
Estreia:
01/07/2005
Duração:
119 minutos
Prêmios:
78° Oscar - 2006

Graças a uma maldição, a jovem Sophie transforma-se numa velha senhora. Incapaz de continuar trabalhando na loja de chapéus de sua mãe, ela passa a morar no castelo do notável bruxo Howl e faz amizade com o demônio de fogo Calcifer, que está ligado a Howl por meio de um contrato. Calcifer e Sophie, então, prometem ajudar-se mutuamente - ele quebrará a maldição, e ela o ajudará a fugir do castelo. Entretanto, Howl percebe que Sophie está amaldiçoada e apaixona-se por ela. Adaptação do livro da escritora Diana Wynne Jones.

Elenco

Chieko Baisho
Sofi (voz)
Daijiro Harada
Hin (voz)
Akio Ôtsuka
Kokuô (voz)
Yo Oizumi
Kakashi no Kabu (voz)
Mitsunori Isaki
Koshô (voz)
Ryunosuke Kamiki
Marukuru (voz)
Tatsuya Gashuin
Karushifâ (voz)
Akihiro Miwa
Arechi no Majo (voz)
Takuya Kimura
Hauru (voz)
Haruko Kato
Sariman (voz)
Ken Yasuda
Soldado (voz)
Shigeyuki Totsugi
Vozes adicionais (voz)

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Se A Viagem de Chihiro é Alice no País das Maravilhas, O Castelo Animado é O Mágico de Oz de Miyazaki: um grupo de disfuncionais que revertem suas maldições pela convivência. Um de seus filmes mais visualmente carregados, intensamente absurdo e delirante.

  • O ápice na técnica de Miyazaki, e um primor narrativo, onde suas inúmeras tramas e subtramas jamais se fecham ou se resolvem, apenas vão ganhando vida ilimitada em traços e cores cada vez mais pulsantes. "O coração é um fardo pesado" - lindo!

  • É sempre interessante ver Miyazaki discutir história em metáforas surrealistas com seus mundos coloridos e visualmente fantásticos, além de personagens ultra carismáticos. O Castelo Animado tem muito disso, mas também tem muita sobriedade contra a Guerra.

Comentários (0)

Faça login para comentar.