Saltar para o conteúdo
8,1
Cineplayers
8 votos
8,0
Usuários
86 votos
?
Sua nota
Direção
Béla Tarr, Ágnes Hranitzky
Roteiro:
Béla Tarr (roteiro), László Krasznahorkai (roteiro)
Gênero:
Drama
Origem:
Estados Unidos, Alemanha, França, Hungria, Suíça
Duração:
146 minutos

Filmes Relacionados

Em Turim, em 1889, Nietzsche protege um cavalo que é brutalmente espancado. Depois desse episódio, perderá a razão. No campo, um camponês, a filha e o velho cavalo. Lá fora, uma tempestade.

Elenco

János Derzsi
Ohlsdorfer
Mihály Kormos
Bernhard
Erika Bók
Filha de Ohlsdorfer
Mihály Ráday
Narrador (voz)

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Qualquer que seja a leitura da obra (ausência de Deus ou o fim da humanidade), o que fica é o rigor cênico com que Tarr conta sua história: profundidade de campo, planos-sequências, dilatação do tempo, e fluidez da câmera. Filme difícil mas fundamental.

  • O último filme de Tarr é mais uma estado de sensorialidade, um mito de Sísifo elevado ao extremo do niilismo, uma amargura estilística do que propriamente um filme. Não deixa de ser cinema, mas parece ser tantas outras coisas que se torna um monstro.

  • Impressiona o quanto se aproxima de uma estética que ao natural se assemelha ao cinema mudo, como arte visual mesmo, em um mundo essencialmente concreto e materialista em estado de suspensão como que não pertencendo a nenhum tempo em específico.

  • Filmes como este me fazem lembrar o porquê Cinema é muito mais do que um passatempo passageiro em uma sala infestada de pessoas. As cenas aqui, o sentimento de dizer tanto ao falar tão pouco, são pura Arte.

  • A densidade das imagens de Béla Tarr e a atmosfera mórbida em que sobrevivem seus raros personagens transformam O Cavalo de Turim em um legítimo filme de horror.

Comentários (0)

Faça login para comentar.