Saltar para o conteúdo
6,7
Cineplayers
15 votos
7,1
Usuários
305 votos
?
Sua nota
Direção
Ryan Coogler
Roteiro:
Ryan Coogler (roteiro), Joe Robert Cole (roteiro), Jack Kirby (quadrinhos), Stan Lee (quadrinhos)
Gênero:
Ficção Científica, Drama, Ação
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
15/02/2018
Duração:
134 minutos
Prêmios:
76° Globo de Ouro - 2019, 91° Oscar - 2019

Filmes Relacionados

T'Challa (Chadwick Boseman), o novo governante do avançado reino de Wakanda, deve defender a sua terra após ter sido banido por seus inimigos de dentro, e fora de seus domínios.

Elenco

Chadwick Boseman
T'Challa / Pantera Negra
Michael B. Jordan
Erik Killmonger
Lupita Nyong'o
Nakia
Danai Gurira
Okoye
Letitia Wright
Shuri
Daniel Kaluuya
W'Kabi
Martin Freeman
Everett K. Ross
Andy Serkis
Ulysses Klaue
Angela Bassett
Ramonda
Forest Whitaker
Zuri
Winston Duke
M'Baku
Florence Kasumba
Ayo
John Kani
T'Chaka
Atandwa Kani
T'Chaka - jovem
Sterling K. Brown
N'Jobu
David S. Lee
Limbani
Nabiyah Be
Linda
Danny Sapani
Ancião da Tribo da Fronteira
Isaach De Bankolé
Ancião da Tribo do Rio
Sope Aluko
Xamã

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Tem um tom menor e mais pé no chão, perto do circo Marvel que os últimos filmes vinham apresentando. Esse é o ponto forte (!), mas o roteiro faz pouco sentido e a ação é bem enfadonha.

  • Os elementos políticos e raciais de "Pantera Negra" o colocam num nível levemente acima na franquia Marvel. Mas isso não esconde alguns de seus defeitos, como a narrativa apressada e personagens mal desenvolvidos. Prêmio de filme mais superestimado do ano

  • O filme se reconhece como uma produção industrial e consegue articular muito bem esse reconhecimento com a construção dos personagens que ele apresenta. Para mim, o melhor filme do MCU.

  • No Vingadores tinha achado o personagem bem sem sal, mas com esse filme solo ele cresce bastante. Não apenas por sua representatividade ao público, é um filme realmente muito bom, redondinho, bons efeitos, ambientação legal... Um dos melhores do MCU.

  • É um filme Marvel com todos os problemas desse universo, como conveniências bobas de roteiro e cenas de ação apoiadas apenas no CGI. Mas também fica clara a preocupação em construir algo com significado, no que é bem-sucedido. Acima da média do gênero.

  • Destaca-se por se preocupar em contar uma boa história, em encontrar um contexto adequado e honrá-lo, e também desenvolver grandes personagens, especialmente os femininos. Representativo, está além da mesmice dos filmes de herói.

  • Como produto cultural, um dos filmes mais importantes da Marvel. Como filme, o vilão Kilmonger se destaca, mas o drama pungente se perde em coadjuvantes rasos, heroísmo deslocado e roteirismo cafona que denotam o desgaste da linha de produção do estúdio.

  • Com direito a todos os clichês do cinema americano perante a cultura africana, pelo menos é um dos filmes da Marvel que mais capricham em uma roupagem que fuja um pouco da fórmula do estúdio, ainda que no fim se mostre limitado dentro desses padrões.

  • A Marvel explora aqui um viés politizado, contemporâneo e necessário. No mais, não apresenta nada de novo em relação à recente safra de filmes de super-heróis.

  • 2 filmes em 1. O da Marvel, sem meias palavras, é ruim: clímax anódino, com CGI excessivo, heroísmo do homem branco, humor deslocado, reviravoltas falsas. O de Ryan Coogler já é uma porrada! A cultura negra e suas questões em esplendor e um vilão real.

  • Um ótimo desenvolvimento de personagens e uma história toda inspirada na comunidade negra. Há tempos a Marvel não fazia um filme solo tão bom.

  • Um dos melhores filmes de super heróis que já vi. Com uma excelente produção de arte, conflitos familiares bem desenvolvidos, e um viés político de tirar o chapéu.

  • Tirando a representatividade sensacional nesse nicho tão branco e a trilha sonora, Pantera Negra é sem substância, carisma e razões para ser tão longo. E é imperdoável efeitos visuais tão ruins com um orçamento de mais de $200 milhões.

  • Talvez seja o melhor filme do universo compartilhado da Marvel. Infelizmente faz parte desse mesmo universo e ficou preso a algumas mesmices. É muito bom, mas poderia ser melhor como filme independente.

  • Realmente, é um filme meio fora da caixinha do universo Marvel. O conceito e a construção de mundo são interessantes, mas os conflitos e suas resoluções caem no mesmo clichê batido, e a ação, afetada por bastante CGI em vários momentos, não empolga.

  • Precisava ter saído um pouco mais da casinha de comodidades da Marvel. Mas provavelmente é o filme mais relevante já lançado pelo estúdio. Wakanda forever! (não resisti).

  • Por trás de toda sua importância histórica é somente mais um filme da Marvel com piadas desnecessárias e um vilão horrendo.

  • Ótimo filme.

  • O filme funda uma dimensão fabular e utópica (Wakanda) a discussões sociais atuais. O cuidado estético homenageia uma importante matriz cultural. A concepção de Pantera Negra, por si só, já o torna importante e distinto dentre outros filmes do gênero.

  • O cinema de herói também pode ser intimista e atemporal, basta ser executado com coragem, por ora abrindo mão de convenções desse tipo de produção. Coogler transforma o Pantera num produto, ao mesmo tempo que comercial, relevante e necessário.

Comentários (0)

Faça login para comentar.