Saltar para o conteúdo
7,6
Cineplayers
13 votos
7,7
Usuários
861 votos
?
Sua nota
Direção
Woody Allen
Roteiro:
Woody Allen
Gênero:
Romance, Drama, Comédia
Origem:
Estados Unidos, Espanha
Estreia:
14/11/2008
Duração:
96 minutos
Prêmios:
66° Globo de Ouro - 2009, 81° Oscar - 2009

Vicky e Cristina, jovens americanas, viajam de férias para Barcelona. Vicky é sensata e está prestes a se casar; Cristina é impulsiva e curte aventuras amorosas. Ao conhecer o sensual pintor Juan Antonio numa galeria, Cristina se sente imediatamente atraída por ele. Seu interesse só aumenta quando fica sabendo que ele tem uma relação intempestiva com a ex-mulher, Maria Elena. Juan convida as duas para um fim-de-semana na montanha, bebendo e fazendo amor. Vicky fica horrorizada, mas Cristina a persuade de entrar na aventura.

Elenco

Rebecca Hall
Vicky
Scarlett Johansson
Cristina
Javier Bardem
Juan Antonio
Penélope Cruz
María Elena
Chris Messina
Doug
Patricia Clarkson
Judy Nash
Kevin Dunn
Mark Nash
Josep Maria Domènech
Julio
Pablo Schreiber
Ben
Christopher Evan Welch
Narrador (voz)
Manel Barceló
Médico
Julio Perillán
Charles
Carrie Preston
Sally
Zak Orth
Adam
Abel Folk
Jay
Jaume Montané
amigo de Juan Antonio
Joel Joan
amigo de Juan Antonio
Sílvia Sabaté
amiga de Juan Antonio

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Sem ser um novo "Match Point", o filme está bem acima dos últimos trabalhos de Woody Allen. Ainda assim, o diretor dá uma patinda ao exagerar na narração em off e no estereótipo dos latinos sensuais e conquistadores.

  • O novo trabalho de Allen é delicioso, divertido e charmoso, com ótimos personagens e boas colocações sobre relacionamentos. Porém, a narração expositiva prejudica o filme, privando-nos de acompanhar a transformação dos personagens em momentos cruciais.

  • O choque da moralidade americana com a cultura europeia blasé e permissiva. Vicky se martiriza por sua pulada de cerca, e Cristina não é tão liberal quanto pensa, enquanto para Juan e Elena tudo é muito natural. Filme charmoso, sexy e irresistível.

  • Impressiona a regularidade de Woody Allen. Mesmo sem filmar obras-primas há anos, seus filmes são consistentes e geralmente muito divertidos. Esse aqui é um dos melhores dessa década.

  • Charmoso, sensual e impagável, Woody Allen troca os holofotes para Barcelona e rouba, mesmo que provisoriamente, os de Almodóvar. Penélope Cruz sensualíssima, um Javier sedutor e uma Scarlet catalisadora e frágil. Só o título que tinha que ser diferente.

Comentários (0)

Faça login para comentar.