Saltar para o conteúdo
Direção
Spike Lee
Roteiro:
Alex Haley (livro), Malcolm X (livro), Arnold Perl (roteiro), Spike Lee (roteiro)
Gênero:
Biografia, Drama
Origem:
Estados Unidos
Duração:
202 minutos
Prêmios:
50° Globo de Ouro - 1993, 65° Oscar - 1993

Lupas (11)

  • O homem e a dedicação a uma causa. O homem e suas ideias, seu sacrifício, seu legado. O homem potencializado por sua palavra, pela imagem. O filme para manter vivo o discurso, a luta, para continuar expondo as entranhas históricas do racismo. A história precisava ser contada, o sistema precisa ser questionado, o ímpeto do homem é um exemplo a ser seguido. Spike Lee estava em grande forma, direção imponente, belas composições. Denzel Washington é uma força avassaladora em cena. Filme de respeito!

    Zacha Andreas Lima | Em 29 de Abril de 2023 | NOTA: 8.5
  • O irmão Baines, que conduz Malcolm X à Nação do Islã, é um personagem fictício. Em sua autobiografia, Malcolm X diz que foi levado à Nação do Islã por meio de cartas de seu irmão e irmã. Enquanto Malcolm estava preso, ele conheceu um homem chamado John Bembry, a quem se atribui a sede voraz de Malcolm por leitura e conhecimento.

    LUCIANO BAHIA | Em 11 de Junho de 2021 | NOTA: 8.0
  • Nem a direção fraca do Spike Lee conseguiu estragar a força da figura do Malcom X e a atuação soberba do Denzel.

    Phellipe Araujo | Em 11 de Outubro de 2020 | NOTA: 8.0
  • Denzel com sua verve dramática em pleno domínio, auxiliado por um elenco imerso e Lee arregaçando mangas para edificar um épico biográfico que muitos renegariam. Com amadurecimento de discurso progressivo e estudo de personagem exemplar, X ganha toda a complexidade e humanidade que merece, profundidade essa que teimam em apagar.

    Guilherme Algon | Em 19 de Agosto de 2020 | NOTA: 8.0
  • É o Spike Lee fazendo a biografia do Malcolm X, modafoca!! Só isso já é foda, e a história de vida do Malcolm X é incrível. Gostei muito da opção de trabalhar o gênero gangster na primeira parte, homenageando Public Enemy e os filmes dos anos 30 (a participação do Spike Lee é style). E o discurso é impecável, ficam muito claras as suas ideias e a posição política que ele teve. E Denzel Washington arrebenta. Pesa contra q realmente é difícil ver tudo numa tacada, mas é um filme gigante!

    Josiel Oliveira | Em 12 de Julho de 2020 | NOTA: 8.0
  • Como sempre em sua filmografia, até é bem interessante, bem filmado, desenvolvendo a história, excelente ritmo. Jamais perde o interesse, mesmo com um personagem terrível. Denzel é espetacular demais - nenhuma vez é menos que incrível. Mas moralmente é vergonhoso. Tenta transformar um criminoso violento e fanático num símbolo de liberdade. Uma das figuras deturpadas pelo progressismo mundial.

    Adriano Augusto dos Santos | Em 26 de Maio de 2019 | NOTA: 8.0
  • É incompreensível que com mais de 3 horas de duração Spike Lee deixe o roteiro tão apressado, abrupto e com furos em alguns momentos. Ainda assim, o resultado final é bom, muito por Denzel Washington.

    Bruno Ricardo de Souza Dias | Em 12 de Dezembro de 2016 | NOTA: 7.0
  • Obra-prima do Spike Lee.

    Júnior | Em 28 de Outubro de 2016 | NOTA: 9.5
  • Importante documento histórico e uma interpretação fantástica de Denzel Washington.

    Daniel Oliveira | Em 01 de Junho de 2014 | NOTA: 9.0
  • 03/09/11

    Eduardo Scutari | Em 15 de Março de 2014 | NOTA: 8.0
  • Uma figura inspiradora, e acima de tudo humana, alguem que influenciou uma geração, transmitiu uma mensagem importante e é retratado por Denzel Washington com uma força extraordinária, grande atuação.

    Fabio Luis Martins Rafo | Em 05 de Outubro de 2012 | NOTA: 8.5