Saltar para o conteúdo
5,4
Média
664 votos
?
Sua nota
Direção
M. Night Shyamalan
Roteiro:
M. Night Shyamalan
Gênero:
Drama, Ficção Científica, Suspense
Origem:
Estados Unidos, Índia
Estreia:
31/12/1969
Duração:
91 minutos

Lupas (55)

  • Admito que achei engraçado

    Luis Felipe | Em 10 de Fevereiro de 2020 | NOTA: 6.0
  • conceito bem diferente e exótico. Mas a atuação muito ruim de quase todo mundo. Além de algumas decisões nada a ver.

    João Davi Minuzzi | Em 12 de Dezembro de 2019 | NOTA: 5.0
  • Grande ironia de Shyamalan. O filme sobre uma busca inconsciente, de uma fuga física que vai de encontro a um reecontro psicológico. A reestruturação através do caos e da destruição, a perseguição das qualidades humanas, essenciais à sobrevivência.

    Ravel Macedo | Em 22 de Abril de 2019 | NOTA: 8.5
  • Através de uma ousada homenagem às produções B do gênero de terror e ficção científica (como Hitchcock fez com Os Pássaros - sua principal inspiração), Shyamalan realiza, com exímio domínio da linguagem, uma fábula de horror social que exorciza fatos como a paranóia do pós 11 de setembro e suas cicatrizes. Apesar do humor discutível e do tom oscilante, possui uma inteligente crítica social, técnica primorosa e momentos de grande impacto, o que compensa muita coisa. E que trilha sonora fenomenal.

    Luiz F. Vila Nova | Em 19 de Abril de 2019 | NOTA: 7.5
  • A sequência com a velha, no ato final, valeria um filme mais absurdo, abertamente paródico e estiloso. De certo modo, esse ato final serviu de embrião para A VISITA. No mais, bons e maus momentos, mas muito irregular em sua estrutura.

    Fabio Bach | Em 11 de Janeiro de 2019 | NOTA: 6.5
  • Um erro.

    Araquem da Rocha | Em 29 de Abril de 2018 | NOTA: 5.0
  • 18/02/2018

    Antonio Celio Borges | Em 19 de Fevereiro de 2018 | NOTA: 4.5
  • O fiapo de ideia é absurdamente mal desenvolvido, os diálogos vão do risível ao constrangedor e o desfecho é uma bobagem só. Pelo menos dura pouco.

    Patrick Corrêa | Em 27 de Julho de 2017 | NOTA: 1.0
  • Tao (terrivelmente) ruim que é hilario. Verei várias vezes alcoolizado, uma experiencia incrivel.

    Alexandre N. Magno | Em 11 de Maio de 2017 | NOTA: 2.0
  • ARQUIVO.

    Davi de Almeida Rezende | Em 25 de Abril de 2017 | NOTA: 3.0
  • No conto apocalíptico ambientalista de Shyamalan, a natureza é juíza e executora, e só o amor e a alteridade salvam. Belo filme, apesar de exagerar um pouco no hermetismo.

    Felipe Lima | Em 31 de Março de 2017 | NOTA: 7.5
  • Seria bom se assumisse ser um filme B, mas é só ruim. Ruim de verdade

    Paulo Matheus | Em 27 de Março de 2017 | NOTA: 3.0
  • Muito Ruim

    Lucas Moreira | Em 24 de Março de 2017 | NOTA: 3.5
  • O clima de tensão é ótimo e sustenta o filme. Pena que alguns diálogos são tão fracos. Zooey Deschanel em uma atuação bem afetada ainda atrapalha a química do casal principal, mesmo com Mark Wahlberg se esforçando. Ainda assim, o resultado é positivo.

    Renan Paiva | Em 22 de Março de 2017 | NOTA: 7.0
  • O filme é estranhamente ambíguo. Algumas ideias são boas, porém mal executadas e a história é muito prejudicada. O elenco também está mal. Abraços!

    Marco Roberto de Oliveira | Em 26 de Fevereiro de 2017 | NOTA: 5.0
  • A construção dos personagens é falha, o roteiro possui alguns diálogos risíveis e as atuações de Wahlberg e Deschanel são horrorosas; mas Shyamalan consegue, pelo menos, trabalhar bem a proposta inicial, principalmente no terço final.

    Gabriel Frati | Em 26 de Janeiro de 2017 | NOTA: 6.5
  • "What? No!" Mark Wahlberg bisonho e Zooey Deschanel, incrivelmente, consegue estar pior, mas é um filme divertido apesar de tudo.

    Jorge Henrique | Em 09 de Janeiro de 2017 | NOTA: 8.0
  • A cena dos corpos caindo na construção mostra como Shyamalan sabe dirigir uma boa cena! Pena que o filme se transforme quase em uma comédia no restante da duração! Whalberg está péssimo, e o restante do elenco tbm não se salva não! Ridículo!

    João Ferreira | Em 25 de Novembro de 2016 | NOTA: 5.0
  • Superou minhas baixas expectativas. A direção do Shyamalan, como sempre, é boa, mas dessa vez sustentada por um roteiro razoável, apesar de ter algumas incongruências (como todos conseguiram carros?). A unidimensionalidade dos personagens é o problema.

    Kennedy | Em 23 de Outubro de 2016 | NOTA: 7.0
  • Catástrofe completa, onde nada está isento de problemas, com um roteiro absurdo, atuações desastrosas e direção de péssimo gosto. Não é pior porque infelizmente existem outros, mas, com certeza, chega bem perto.

    Gabriel Drummond | Em 29 de Abril de 2016 | NOTA: 1.0