Saltar para o conteúdo
?
Sua nota
Direção
Mary Harron
Roteiro:
Bret Easton Ellis (romance), Mary Harron (roteiro), Guinevere Turner (roteiro)
Gênero:
Suspense, Drama
Origem:
Estados Unidos, Canadá
Duração:
101 minutos

Lupas (45)

  • um dicionário de mazelas modernas do ser humano competitivo, indiferente e solitário; paranoia, narcisismo, delírios de grandeza e humor ácido no que continua sendo a melhor atuação da carreira de Bale. decai no final, quando não sabe muito bem o que fazer com o universo que criou

    Olivio Gavassi Netto | Em 11 de Dezembro de 2023 | NOTA: 7.5
  • Filme sobre a futilidade e vazio da vida moderna que foi feito tipo 300 vezes nos anos 90/começo de 2000. Este aqui tem bons momentos, especialmente quando o personagem fica mais confortável e começa a se divertir com seus instintos homicidas, mas o final é anticlímax e nem de perto tão inteligente quanto devem ter achado que era.

    Pedro | Em 20 de Setembro de 2023 | NOTA: 5.0
  • Filme subestimado. Bale muda de prateleira a partir daqui...

    MOA MROCHA | Em 22 de Julho de 2021 | NOTA: 8.0
  • Bale na pele de um executivo sem sentimentos e sem escrúpulos é simplesmente demais, o cara simplesmente vestiu o personagem. ótima edição, ótima trilha sonora, e o final nos guarda um plot twist até certo ponto previsível. No fim o maior pecado do filme fica no elenco de apoio, pouco aproveitado e quase sem peso na obra, po**a os caras tem o Dafoe, tsc tsc um apena.

    Luiz Fernando Perugia | Em 06 de Maio de 2020 | NOTA: 7.0
  • Uma deliciosa sátira ao mundo yuppie dos anos 80 com seus clichês de obsessões dentro do mundo corporativo, o valor material acima do moral e o hedonismo sexual. De bônus ainda conta com alusões a pomposidade da crítica musical da época. O ritmo e o roteiro tem alguns problemas mas que não comprometem o resultado final

    Daniel Lucena | Em 04 de Maio de 2020 | NOTA: 7.5
  • Muito bom, muito louco, esperava até por mais sangue, adorável psicopata...

    Rosana Botafogo | Em 19 de Outubro de 2019 | NOTA: 8.5
  • Filme mega esquisito, a começar pela direção e montagem q me causaram estranhamento. É tosco, não ficou claro p/mim se foi proposital (melhor se for), mas é bem raso, na crítica e no personagem (talvez por isso a opção dos anos 80). O q salva é a atuação escrachada/over de Bale e algumas tosqueiras de humor negro, tipo a cena do cartão de visita. Bizarro seu gosto por música brega mela cueca anos 80 (elogiar P.Collins em prol do Genesis foi demais p/mim kk). Filme bagaceira mas tem personalidade

    Josiel Oliveira | Em 25 de Setembro de 2019 | NOTA: 6.5
  • Delirante,e um show de Bale.

    Araquem da Rocha | Em 14 de Janeiro de 2018 | NOTA: 7.0
  • Impossível não ser fisgado pelo rumo dado à história. Portanto, é de se assistir sem ver o tempo passar. A direção tbm é responsável por isso. A narração não é tão expositiva, mas quando o é, é excessivamente. Talvez por isso, enfraqueça sua dubiedade.

    Kennedy | Em 29 de Dezembro de 2017 | NOTA: 8.0
  • O roteiro inteligentíssimo é um deleite cinematográfico de estudo de personagem, ricamente encorporado por Bale, que constrói um vilão icônico sob camadas de humor negro e críticas afiadas ao mundo da riqueza: ele mata num saco do Jean-Paul Gaultier.

    Gustavo Hackaq | Em 16 de Setembro de 2017 | NOTA: 8.5
  • A bela atuação de Bale, bem como a dubiedade de suas ações na história fazem o fime muito interessante. Ah, e ainda de quebra tem a cena com a motossera... Show! Abraços!

    Marco Roberto de Oliveira | Em 13 de Março de 2017 | NOTA: 7.0
  • O filme se resume à uma boa atuação.

    André Araujo | Em 05 de Fevereiro de 2017 | NOTA: 5.5
  • As partes em que a psicose do personagem sai da fantasia e entra em ação na realidade são as melhores. Um psicopata intelectual, narcisista e fã de Phil Collins e Whitney Houston _ adorei! Pena que o filme se resume a isso.

    Leandro Lucena | Em 24 de Abril de 2016 | NOTA: 6.5
  • Moderninho, pobre e desinteressante. O filme se apropria da mistificacão em torno do psicopata e engloba uma crítica babaca a sociedade com um twist final tosco. Pena que já em 2000 esse tipo de coisa estava completamente datada...

    Daniel Mendes | Em 04 de Novembro de 2015 | NOTA: 4.5
  • Prende a atenção e é um bom estudo de personagem.Podia ter um final melhor.

    Walisson Samuel Rezende da Silva | Em 09 de Setembro de 2015 | NOTA: 7.0
  • Anos oitenta, Wall Street, violência e muito humor negro. Combinação que garante um bom divertimento graças a Bale que está muito bem. O final poderia ser melhor.

    Bruno Ricardo de Souza Dias | Em 20 de Julho de 2015 | NOTA: 7.5
  • O que foi isso?!

    Paulo Henrique de Aragão | Em 09 de Maio de 2015 | NOTA: 5.0
  • Uma crítica forte aos executivos de Wall Street!!! Mas, além disso, Christian Bale magistralmente interpreta uma mente perturbada, que merecia, pelo menos, ser indicado ao Oscar.

    André Luís da Silva Coutinho | Em 20 de Abril de 2015 | NOTA: 8.5
  • Filmaço, Bale está no minimo fenomenal, pena que o final não seja tão bom quanto o resto do filme.

    Leo | Em 23 de Janeiro de 2015 | NOTA: 7.5
  • Uma espécie de 'O Lobo de Wall Street', trocando o excesso de sexo por violência, e embora exista mérito por não ser gratuita, é por demais sugestiva, tornando-o entediante. Porém Christian Bale está excelente, e é facilmente o melhor do filme.

    Bruno Cavalcanti | Em 17 de Janeiro de 2015 | NOTA: 7.5