Saltar para o conteúdo
6,9
Média
88 votos
?
Sua nota
Direção
Roteiro:
Bernard Rose (roteiro), Clive Barker (história)
Gênero:
Origem:
Duração:
99 minutos

Filmes Relacionados

Lupas (13)

  • Bom terror, quase no nível de clássicos desse tipo - não é muito detalhado. Os sustos repentinos funcionam e o caráter de maldição também. O sinistro Candyman é um belo vilão, sua voz etérea e profunda é marcante.

    Adriano Augusto dos Santos | Em 16 de Novembro de 2021 | NOTA: 7.5
  • Surpreendentemente brutal, tanto no seu horror, como na sufocante ambientação e como na crítica social, do monstro invisível que habita os guetos que quem está de fora não tem noção da violência que está ali do lado, ou, pelo menos, finge desconhecer.

    André Araujo | Em 30 de Agosto de 2021 | NOTA: 9.0
  • O terror assume contornos muito mais subjetivos, explorando a criação do mito com camadas cada vez mais tangíveis, nem todas perfeitamente claras. É uma surpresa que realmente precisa ser redescoberta, ter novos pontos de vista, assim como nossa História. Muita coisa ainda precisa ser contada.

    Guilherme Algon | Em 29 de Agosto de 2021 | NOTA: 7.5
  • Muitíssimo interessante filme de terror/suspense. Gostei muito da temática racial e a questão dos mitos, folclore de um povo como uma forma de contar história. Isso é um grande plus desse filme aqui.

    Bruno Justo | Em 07 de Novembro de 2020 | NOTA: 7.5
  • Uma fabula moderna que se emaranha tão profundamente nas mazelas da sociedade que ganha vida própria.

    Wellington Junior | Em 14 de Junho de 2020 | NOTA: 8.5
  • Grande filme de terror dos anos 90. Na linha pra competir com Freddy Krueger e outras franquias da época, uma figura baseada em lendas urbanas, mas aqui colocando o tema do racismo e dos subúrbios em primeiro plano. Clássico merecedíssimo, e a trilha do Philip Glass é uma obra prima!

    Josiel Oliveira | Em 02 de Março de 2020 | NOTA: 8.5
  • Começa bem, depois....Tem alguns bons momentos, mas esperava mais.

    Araquem da Rocha | Em 10 de Fevereiro de 2019 | NOTA: 5.0
  • Muito melhor do que eu esperava! Há toda uma simbologia por trás da libertação feminina - além de muitas outras analogias -, já que quando Helen já não tem mais nada com o seu marido, ela pode tudo, até mesmo morrer. Bela análise de libertação material.

    Mateus da Silva Frota | Em 13 de Dezembro de 2018 | NOTA: 7.0
  • Gostei, antiguinho, mas os efeitos são bonzinhos, algumas ceninhas fail, mas no geral um filme de terror delicinha de assistir, adoro o estilo, bem sangrenta, lenda urbana, amei...

    Rosana Botafogo | Em 20 de Agosto de 2018 | NOTA: 8.0
  • São facilmente reconhecíveis os pontos em que o filme dá certo: a abordagem social dos mitos de terror e a perspectiva dúbia dos eventos, embaralhando realidade e delírio. E, por não apostar com mais força nisso, o longa acaba perdendo parte do fôlego.

    Gabriel Frati | Em 30 de Abril de 2018 | NOTA: 6.5
  • Uma joia perdida do anos 90, unindo a classe da direção de Rose com a poesia mórbida da prosa de Barker, originando um discurso riquíssimo sobre segregação racial, visibilidade e medos urbanos, só faltando mesmo cenas de horror mais fortes.

    Bruno Kühl | Em 16 de Março de 2018 | NOTA: 9.0
  • esse clássico do sbt é um filme bobo pra caramba. A trilha se salva.

    Daniel Martins | Em 29 de Agosto de 2017 | NOTA: 5.0
  • Muito bom! A abertura impediu que o final fosse ambíguo e do filme ser uma obra prima.

    Mike Rodrigues | Em 15 de Janeiro de 2015 | NOTA: 7.0